Notícias Meio Ambiente Redação

Cidades de 10 estados vão receber mais de 14,6 milhões para continuar obras de saneamento

Cidades de 10 estados vão receber mais de 14,6 milhões para continuar obras de saneamento

Quinze cidades brasileiras vão receber, juntas, mais de R$ 14,6 milhões para a continuidade de obras de saneamento básico. Os recursos serão destinados a empreendimentos de saneamento integrado, esgotamento sanitário, abastecimento de água e manejo de águas pluviais, além da elaboração de estudos e projetos, em 10 estados das cinco regiões do País. 

O maior repasse, de R$ 5,78 milhões, será destinado ao município de Rorainópolis, em Roraima. Os recursos serão usados na implantação de sistema de esgotamento sanitário em três bairros da cidade. Mais de 10,1 mil pessoas, em cerca de 2,5 mil domicílios, serão atendidas com o sistema. 

Em Goiás, a cidade de Goiânia vai contar com R$ 2,38 milhões para ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES). Já para Catalão, serão repassados R$ 17,6 mil para elaboração de projeto de engenharia para ampliação do SES da sede municipal. 

Para a cidade de São Paulo (SP), serão destinados R$ 2 milhões para a canalização de córregos, implantação de reservatório de amortecimento e implantação de parque linear ribeirinho e sistema viário no Córrego Paciência e afluente, além da construção de reservatórios de controle de cheias na Bacia do Aricanduva. 

Ainda no estado de São Paulo, a cidade de Barretos vai contar com R$ 453,5 mil para ampliação do Sistema de Abastecimento de Água (SAA) da sede municipal. Já Botucatu terá acesso a R$ 565,1 mil para drenagem urbana nos córregos Lavapés, Água Fria, Cascata, Antártica e Tenente. 

No Ceará, a cidade da Itaitinga vai receber mais de R$ 1 milhão para implantação do SES na sede municipal. Já no Rio Grande do Sul, Pelotas terá acesso a R$ 911 mil para implantação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Novo Mundo e do Coletor Geral 3 (CG3). 

Para o Espírito Santo, serão destinados R$ 547,6 mil. Os recursos serão usados em ações de saneamento integrado na capital Vitória, atendendo a região da Poligonal 1, que inclui os bairros São Benedito, Consolação, Bonfim, Penha, Itararé e Gurigica, além das comunidades Jaburu, Floresta e Engenharia. 

Já o estado de Rondônia vai contar com dois repasses. Serão R$ 238,7 mil para implantação do SES no perímetro urbano da cidade de Vilhena e R$ 151,6 mil para ampliação do SES do município de Ji-Paraná.

Mato Grosso do Sul também contará com dois repasses. Corumbá vai receber R$ 354,4 mil para ampliação do SES na sede municipal. Já Três Lagoas vai contar com R$ 106,6 mil para ampliação da ETE Paraná. 

Por fim, também receberão repasses as cidades de Muriaé, em Minas Gerais (R$ 44,1 mil), para ações de drenagem urbana sustentável, e Belém, no Pará (R$ 53,2 mil), para elaboração de estudos e projetos de engenharia para esgotamento sanitário da 2ª etapa da ETE Uma.

Avatar

Sobre o autor Redação | Website

Para falar conosco basta enviar um e-mail para redacaomeioambienterio@gmail.com ou através do nosso whatsapp 021 989 39 9273.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.