Mateus Pereira/Governo da Bahia Fonte: Agência Câmara de Notícias

A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara dos Deputados realiza nesta quarta-feira (12) uma audiência pública para discutir os impactos da desertificação na Caatinga. O debate, solicitado pelo deputado Fernando Mineiro (PT-RN), visa abordar as consequências dos processos de desertificação nesse importante bioma brasileiro.

Apesar da relevância da Caatinga, o deputado Mineiro ressalta que ela não é reconhecida como patrimônio nacional, destacando a importância da PEC 504/10, em tramitação no Congresso Nacional, para corrigir essa lacuna.

O parlamentar alerta que a Caatinga é o bioma mais afetado pelos efeitos da desertificação, causados principalmente pelas mudanças climáticas e pela exploração inadequada dos recursos naturais.

Com mais de um quarto da população da região trabalhando no setor agropecuário, a Caatinga abriga 32% das propriedades rurais do Brasil e 18% da população rural mais carente do país, com os agricultores familiares representando mais de um terço de todos os produtores rurais do bioma.

Segundo Fernando Mineiro, a Caatinga abrange uma área de cerca de 844.453 km², equivalente a 11% do território nacional, e engloba estados como Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Piauí, Sergipe e parte do norte de Minas Gerais. Além disso, possui uma rica biodiversidade, abrigando centenas de espécies de plantas e animais.

A audiência contará com a participação de diversos convidados e está agendada para as 11 horas, no plenário 8 da Câmara dos Deputados.

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Sem avaliações ainda