A busca pela sustentabilidade atualmente é um ponto chave dentro de qualquer empresa ou instituição, seja por metas sustentáveis ou utilizando materiais recicláveis, mas essa busca é bem mais expansiva, sendo aplicada em diversas áreas, como o marketing.

Por isso, várias empresas já buscam trabalhar com materiais sustentáveis e renováveis, atribuindo o “selo verde” à sua imagem por meio do marketing verde, que também é conhecido como marketing ambiental e ecomarketing. Mas como ele funciona? Continue lendo!

Marketing sustentável: o que é e como funciona?

Por não ser mais uma prática tolerável, empresas investem anualmente em marketing verde para evidenciar a sua adequação com a preservação do meio ambiente, que há alguns anos era bem mais negligenciada. Isso significa dizer que é preciso desenvolver campanhas voltadas para que seja freada a degradação do meio ambiente.

Para isso foi criado o marketing sustentável, que prioriza campanhas com o intuito de mostrar as qualidades de um produto ou serviço que seja ecologicamente correto, além de deixar visível a preocupação da empresa com o ambiente ao seu redor e mundial. Isso vai trazer benefícios para todos os envolvidos, como:

  • Confiabilidade com a empresa;
  • Segurança e preservação com o meio ambiente;
  • Indústrias mais verdes e sustentáveis;
  • Controle dos problemas ambientais;
  • Seguridade da consciência ecológica do mercado.

Essas são algumas das vantagens que são levantadas pelo marketing verde, que pode desenvolver campanhas voltadas para o descarte de lixo eletrônico correto que uma empresa de tecnologia promove, por exemplo.

Seu objetivo é proporcionar uma vantagem competitiva e modificação na visão do consumidor sobre as marcas, por meio de estratégias que vão visar um apelo ecológico e mais amigáveis com o meio ambiente, proporcionando uma conscientização e ensinando como se pode produzir de maneira efetiva e limpa.

Geralmente, suas campanhas são voltadas para grandes empresas com um alto consumo ambiental, como a indústria têxtil, e mostrar meios de fazer uma confecção de uniformes mais sustentável e que não possua, ou não tenha tanto, descarte de material. E aqueles que não poderão ser reciclados, enviar para locais onde serão reaproveitados.

Princípios do marketing sustentável

Esses princípios irão girar em torno da funcionalidade da empresa e do que ela produz, por isso o marketing sustentável vai dar enfoque para alguns pontos necessários na proteção do meio ambiente, como estar:

  • Ecologicamente correto;
  • Ecologicamente praticável;
  • Socialmente justo;
  • Culturalmente aceito.

Ou seja, essa prática se pauta não apenas pela responsabilidade ambiental, mas vai se preocupar com a sociedade, questões financeiras e formas de respeito cultural. Por isso, as empresas devem se atentar ao uso de algumas letras especiais:

Os 5 R’s:

  • Repensar;
  • Recusar;
  • Reduzir;
  • Reutilizar;
  • Reciclar.

Os 4 S’s:

  • Segurança;
  • Sustentabilidade;
  • Satisfação do consumidor;
  • Aceitação social.

Dessa forma, uma empresa consegue aproveitar para usufruir dessas formas verdes de produzir. Várias áreas já atuam nesse meio, proporcionando uma melhora da qualidade de serviços e produtos, como ocorre com a manutenção de elevadores, que ajudam na manutenção do equipamento e já contribui de maneira ativa na preservação do meio ambiente.

Gostou dessas dicas? Se sim, compartilhe com seus familiares e amigos, e também em suas redes sociais. Receba conteúdo gratuito, diariamente, e siga-nos no Google News.