Notícias Esportes Redação

Como as empresas estão se preparando para torcer pela seleção este ano?

Como as empresas estão se preparando para torcer pela seleção este ano?

As bandeiras do Brasil estendidas nas janelas e pessoas vestindo a amarelinha nas ruas representam hoje, mais do que um posicionamento político, que o grande campeonato mundial de futebol já está começando. E, como em todas as edições do torneio, as empresas também já começam a se preparar para entrar no clima da competição. No entanto, o “novo normal” trazido pela pandemia, modificou (e muito) os padrões de trabalho dos brasileiros, que passaram a conhecer e aderir ao turno remoto, em muitos casos. 

Assim, a pergunta que fica é: como as empresas estão se adaptando para engajar os colaboradores, mesmo os que permanecem em casa, sem perder a animação trazida por uma das maiores paixões nacionais? A tradicional torcida no meio do expediente ainda faz sentido? Para empresas como Ajinomoto do Brasil, Allianz Partners Brasil, Banco Cetelem, Grupo SEB, Prati-Donaduzzi e Verzani & Sandrini, a resposta é sim: ainda vale a pena investir em ações de engajamento para ver a seleção entrar em campo. No entanto, a forma como isso será feito, irá depender da dinâmica de trabalho de cada setor e da quantidade de colaboradores presentes nas companhias ao longo da semana.

Assistir jogos em grupo ainda é opção

Para empresas que ainda possuem grande parte dos colaboradores em regime presencial, as TVs não deixaram de ser uma opção simples e eficaz durante os jogos. A farmacêutica Prati-Donaduzzi, o Grupo SEB, lider mundial em eletroportáteis e detentora das marcas Arno, Rochedo, Panex, Clock e Krups, no Brasil, e a Allianz Partners Brasil, que é líder em assistência 24h e referência em seguro viagem, estão apostando nas tradicionais projeções para permitir que a equipe presencial, formada principalmente por profissionais de atendimento e operações assistam aos jogos durante o expediente. A Superintendente de RH da Allianz Partners Brasil, Simone Rezende, explica que a empresa não para: “O foco da nossa empresa é no atendimento ao cliente, 24h por dia e sete dias por semana. Mas, ainda assim, existe a preocupação em oferecer aos analistas a possibilidade de assistirem aos jogos na empresa, sintonizando as TVs de nossas operações nos jogos. Também vamos ter carrinhos de pipoca e um dia especial temático para entrarmos no clima do campeonato. Dessa forma conseguimos conciliar nosso negócio com o bem-estar e engajamento dos colaboradores”, reforça.

Apostando na sorte

Sorteios e competições internas passam a ser uma opção versátil para empresas que possuem em seu quadro uma mistura de trabalhadores híbridos e outros 100% presenciais.  Com a campanha intitulada “Copa #Ajilover Na Torcida Com Vocês”, a Ajinomoto do Brasil está desenvolvendo diversas ações para o público interno, que incluem ambientações na empresa,  sorteios, com produtos do grupo como o SAZÓN Pipoca, além do bolão virtual por área, em que os times vencedores irão concorrer à bola oficial do torneio. O Grupo SEB também quer estimular a torcida dos colaboradores sorteando um produto da empresa a cada gol do Brasil. Além disso, haverá um bolão do placar de cada jogo, para concorrer aos produtos SEB.

Figurinhas em alta

Tradição durante os torneios mundiais de futebol, as figurinhas das seleções também começaram a fazer sucesso nos corredores das empresas. A Allianz Partners Brasil, por exemplo, está promovendo sorteios de álbuns oficiais do campeonato de futebol para o público interno. Já na Verzani & Sandrini, empresa líder na prestação de serviços, além da organização semanal de pontos para troca de figurinhas durante o mês de outubro, foi elaborada uma figurinha customizada da Ani, a assistente virtual da empresa, e na última rodada da ação, colaboradores foram contemplados com a bola oficial da competição, a Al Rihla.

Jornada reduzida

No Banco Cetelem o investimento será principalmente focado na jornada reduzida nos dias e horários dos jogos do Brasil, aproveitando para usar o benefício da “Short Friday”, no qual os colaboradores trabalharão até às 13h nos dias que os jogos ocorrerem às 16hrs. Nos dias de jogos às 13h, eles irão oferecer televisores por todo o banco, além de comes e bebes durante o jogo. Todos os jogos da Copa serão transmitidos nas TVs espalhadas pelo escritório para que possam acompanhar os resultados. Na Verzani & Sandrini, os colaboradores do escritório poderão deixar seus trabalhos às 12h para acompanhar os jogos do Brasil com seus amigos e familiares, e os que não puderem sair neste horário, poderão assistir aos jogos nas televisões espalhadas pela sede da empresa com refrigerante e pipoca preparados pela equipe do Espaço Gourmet.

Curtindo com a galera 

Verzani & Sandrini está incentivando seus colaboradores a postarem vídeos e fotos nas redes sociais assistindo aos jogos da Seleção Canarinho e marcando a empresa, os melhores serão divulgados nas redes sociais oficiais da companhia. “O foco da Verzani & Sandrini, após seu reposicionamento, tem sido na humanização e na inovação. Por isso, queremos levar a animação dos nossos colaboradores para as redes sociais, nosso compromisso também é com a sintonia da nossa equipe”, comenta Luciana Faccini, gerente de Recursos Humanos da Verzani & Sandrini.

Avatar

Sobre o autor Redação | Website

Para falar conosco basta enviar um e-mail para redacaomeioambienterio@gmail.com ou através do nosso whatsapp 021 989 39 9273.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.