Imagem: Pixabay

Com a preocupação com a longevidade e a adoção de uma vida mais saudável, muitas pessoas passaram a conhecer melhor os poderes dos alimentos e dos suplementos alimentares no corpo, como os multivitamínicos.

Vitaminas e minerais são essenciais para o bom funcionamento do organismo, principalmente para combater ou retardar efeitos do envelhecimento, auxiliar o tratamento de algumas doenças e realizar a manutenção da saúde.

Se você deseja saber para que servem os multivitamínicos e conferir seus benefícios, continue a leitura!

O que é multivitamínico?

O multivitamínico é um suplemento alimentar composto por vitaminas e minerais fundamentais para o bom funcionamento do corpo. Ele pode ser potencializado ainda com aminoácidos, plantas e outros variados nutrientes ¹.

Para ser considerado multivitamínico, ele precisa ser elaborado para consumo oral, em formato de cápsulas, comprimidos, goma, pó, barra energética ou bebida ¹.

De acordo com a Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde (SVS/MS), os suplementos vitamínicos são ⁶:

  • “alimentos que servem para complementar com estes nutrientes a dieta diária de uma pessoa saudável, em casos onde sua ingestão, a partir da alimentação, seja insuficiente ou quando a dieta requerer. Devem conter um mínimo de 25% e no máximo até 100% da Ingestão Diária Recomendada (IDR) de vitaminas e/ou minerais, na porção diária indicada pelo fabricante, não podendo substituir os alimentos, nem serem considerados como dieta exclusiva”.

Mas, para que serve o multivitamínico? O seu principal objetivo é complementar a dieta alimentar de pessoas que possuem alguma deficiência nutricional ou que precisam se beneficiar com algum nutriente especificamente ².

Entenda quais são os principais tipos de multivitamínicos ou suplementos alimentares ¹:

  • vitamínicos e minerais;
  • fitoterápicos: elaborados em diversos formatos, eles são compostos por materiais vegetais, algas, fungos, entre outros;
  • aminoácidos: são essenciais para a síntese proteica e a saúde de ossos e músculos;
  • enzimáticos: contribuem para as reações bioquímicas.

Para que serve o multivitamínico?

São diversas indicações para o consumo de multivitamínicos, como ¹:

  • complementação nutricional;
  • tratamento de doenças;
  • hábitos alimentares limitados;
  • aumento de energia;
  • melhora da imunidade;
  • combate à insônia;
  • menopausa;
  • envelhecimento;
  • gestação;
  • entre outras.

Os suplementos alimentares são benéficos à saúde pelos mais variados motivos. Afinal, cada tipo de vitamina e mineral oferece nutrientes específicos com determinada finalidade.

Por exemplo: o ácido fólico é muito utilizado por mulheres que pretendem engravidar ou por gestantes para ajudar a diminuir o risco de algumas doenças congênitas ¹.

Já a B12 é ótima para pessoas acima de 50 anos, já que o envelhecimento pode comprometer a absorção dessa vitamina de forma natural ¹. 

Ou então as vitaminas C, E e A que têm sido comprovadas como antioxidantes, contribuindo para a defesa do organismo contra os radicais livres ⁷. 

A maior quantidade de pesquisas realizadas sobre suplementos multivitamínicos é voltada ao processo de envelhecimento. 

Por ser um fenômeno mundial, especialistas sentem a necessidade de entender melhor como esses micro e macronutrientes atuam no organismo após os 50 anos ⁸.

Afinal, há a detecção de deficiência de vitaminas e minerais associada a algumas doenças, afetando, portanto, a qualidade de vida, a longevidade e o bem-estar geral da população. 

A nutrição geriátrica desempenha um papel fundamental para prevenir, retardar e tratar alguns estados de saúde para propor um envelhecimento com mais saúde ⁸.

Quais são os benefícios do multivitamínico?

Como já falamos aqui neste texto, os benefícios do multivitamínico variam de acordo com a composição de cada suplemento ³. 

Mas, de uma forma mais geral, podemos citar os principais benefícios gerados pelos minerais e pelas vitaminas mais utilizados na produção de suplementos ³: 

  • melhora da imunidade;
  • aumento de energia;
  • combate à insônia;
  • equilíbrio do humor e do estresse;
  • fortalecimento dos ossos, evitando doenças como osteoporose;
  • ganho de massa magra e de massa muscular;
  • prevenção de doenças cardiovasculares, como pressão alta;
  • melhora da concentração, da memória e da atenção;

Vamos a exemplos mais práticos? Para fortalecer os ossos, por exemplo, é indicado o suplemento de cálcio ⁴ e vitamina D ⁵.

Já a suplementação de magnésio contribuir para a inibição de radicais livres, regulação da contração muscular e redução de lesões musculares ⁴, Ele ainda atua no controle da pressão arterial, na regulagem do estresse e no tratamento de diabetes tipo 2 e depressão ⁶.

Para finalizar, podemos citar também os benefícios do multivitamínico com omega-3, que ajuda a prevenir parto prematuro, aterosclerose e doenças como resistência à insulina, hipertensão, artrite reumatoide e obesidade. Ele possui propriedades anti-inflamatórias que contribuem para a saúde em geral ¹².

Ou seja, antes de escolher um multivitamínico, consulte um médico e entenda quais são os benefícios desejados.

Como tomar multivitamínico?

Muitas pessoas têm dúvidas sobre o modo correto de ingerir os multivitamínicos. Até porque é preciso conhecer as necessidades particulares do organismo para saber como tomar multivitamínico da forma correta.

A primeira recomendação que damos é: procure um médico ou nutricionista para entender a dosagem adequada à sua idade, à sua condição de saúde e ao seu estilo de vida.

A indicação geralmente é de um a dois comprimidos por dia, durante ou após as refeições. Mas, é sempre válido conferir a bula do suplemento multivitamínico para saber o horário mais adequado de ingestão e quantidade de consumo ⁸.

Por exemplo, a Direção-Geral da Saúde recomenda diariamente ⁸:

  • 700-800UI de vitamina D e 1000-1200mg de cálcio nos idosos para evitar fraturas, quedas e osteoporose;
  • 1mg/dia de vitamina B12 para anemias megaloblásticas;
  • 2.000 mg/dia de ômega-3 para ajudar a aumentar a massa muscular, reduzindo a demanda de oxigênio durante o exercício físico, melhorando ainda a função física ¹³

Quais são os multivitamínicos mais recomendados?

Conforme citamos neste artigo, a recomendação de suplementos alimentares varia de acordo com cada indivíduo e suas necessidades ou seus objetivos.

As suas necessidades podem incluir aumento de energia e concentração, fortalecimento de ossos e músculos, mais imunidade, baixa da pressão arterial, melhora do desempenho físico, ganho de massa muscular, entre outras.

Por isso, além de manter uma alimentação saudável e a prática regular de atividades físicas, é importante consultar um especialista que indique qual é o melhor suplemento multivitamínico para você.

Gostou de entender mais sobre multivitamínicos e sua extensa variedade de benefícios à saúde? Cuidar da saúde física e mental deve ser uma prioridade diária, não é mesmo?