A perda de cabelo é um assunto extremamente difundido quando você chega na marca dos 30. Se antes você tem algumas preocupações mais simples, como o  time do coração, ou mesmo discussões com a pessoa amada, depois dos 30 basicamente sua preocupação vira boletos, manutenção da casa e queda de cabelo.

Mas brincadeiras à parte, a queda de cabelo pode ser um problema sério para algumas pessoas, a autoestima é diretamente afetada, e por isso o melhor a se fazer é se informar sobre o assunto para saber lidar com a queda das madeixas.

Muitas pessoas acham que a quebra de cabelo é inevitável, e por mais que existam sim condições mais difíceis de se combater, isso não é regra. Uma pessoa pode, sim, procurar um tratamento para a queda de cabelo, e conseguir impedir e até restaurar os cabelos perdidos.

E não estamos falando de procedimentos estéticos como o implante ou algo assim, estamos falando de tratamentos naturais que fazem com que seu cabelo pare de cair e comece a crescer com mais firmeza. 

As mulheres já fazem recarga de creatina para deixar os cabelos mais fortes, mas existem mais coisas que podem ser feitas, tanto para homens quanto para mulheres. E hoje estamos aqui para ajudar.

Hoje vamos falar sobre isso, hoje vamos citar as causas mais comuns da perda de cabelo, falar um pouco sobre elas e também explicar o que você pode fazer para tratar, e manter a sua autoestima lá no alto. 

Alopecia

Vamos começar falando então da causa mais comum de perda de cabelo. Muitas pessoas não sabem, mas a alopecia é o problema geral de calvície, tanto em homens quanto em mulheres. É um problema extremamente comum que afeta pessoas de todas as idades, raças e nacionalidades.  

Mesmo sendo um problema comum, as pessoas desconhecem que o que é uma condição genética, e que até pode ser tratada dependendo do caso, e exatamente por não saberem que é uma condição genética, não sabem que existe tratamento.

E mais de um na verdade, o primeiro tratamento, e também o mais famoso, envolve usar Minoxidil para tratar as áreas que estão mais afetadas no couro cabeludo da pessoa, sendo um tratamento que gera efeito.

Mas, além disso, é possível também que a pessoa tome um medicamento para que ela bloqueie a produção de di-hidrotestosterona, que por sua vez pode ajudar o cabelo a crescer, ou no mínimo fazer com que ele pare de cair. 

No entanto, é importante lembrar que tudo isso deve ser feito apenas com a recomendação de médicos, principalmente porque medicamentos do tipo podem ter efeitos colaterais dependendo da situação.

Estresse

Outro clássico caso de perda de cabelo é por conta do estresse. Você já pode ter percebido que aquela semana onde as coisas estão mais difíceis no trabalho, aquela semana estressante que você não consegue fazer nada, a sua mesa e a sua roupa ficam cheias de cabelo caído. Justamente porque o estresse pode fazer com que a sua imunidade caia, e você fique mais fragilizado fisicamente.

E nesse caso você vai ter queda de cabelo, vai ter unhas mais quebradiças, vai ficar mais suscetíveis a viroses e resfriados. E claro, a queda capilar é uma das consequências mais complicadas que a pessoa vai ter que encarar.

E para resolver a questão não tem segredo, menos estresse, mais saúde, que você pode conseguir através de boas noites de sono, boa alimentação e prática de esportes, praticamente tudo que faça com que seu corpo fique forte novamente.

Claro que você pode ter também o acompanhamento de uma terapeuta para lidar com as questões de estresse, e resolver o problema que te causa outros problemas, mas o recomendado é que você consiga cuidar da sua saúde física e mental juntas. 

Falta de ferro e vitaminas

Pode ser que seu corpo esteja sim fraco, mas não necessariamente por uma questão psicológica. Pode ser que o grande motivo seja a falta de algumas coisas vitais para o nosso corpo, como falta de vitaminas.

Existem algumas vitaminas que são essenciais para que nosso cabelo fique forte, e se o nosso corpo está em falta delas, o cabelo fica fraco, quebradiço e cai, além de crescer mais lentamente.

Um bom exemplo é a vitamina D, aquela que a gente precisa ficar um pouco no sol para ativar, mostrando que banhos de sol regulares fazem bem para o cabelo. Além disso, vitaminas do complexo B podem ajudar o couro cabeludo a ficar mais saudável, fazendo com que os fios também fiquem mais saudáveis.

A falta de ferro também pode levar a perda severa de cabelo, e nesse caso é necessário que não só a alimentação mude para ter mais alimentos com ferro, mas que também exista uma consulta com médicos, para que ele possa receitar um suplemento alimentar que combine com você.