continua após a publicidade

CEO da Logcomex explica como eles são fundamentais para o comércio exterior

O modal marítimo responde por cerca de 90% da movimentação de cargas no mundo. Não é à toa, portanto, que os portos têm papel fundamental no comércio internacional.

De acordo com Helmuth Hofstatter, CEO e fundador da Logcomex, empresa que oferece tecnologia para o comércio exterior por meio de uma plataforma completa end-to-end, ajudando gestores a planejar, monitorar e automatizar o seu supply chain, os dez maiores portos do mundo controlam grande parte da movimentação financeira no comex. “A maior parte desses portos está na China, o que se deve a uma combinação de fatores estratégicos, econômicos e geográficos”, afirma.

Confira os dez maiores portos do mundo considerando-se valores de importação e exportação:

  1. Xangai (China) – O maior porto do mundo está em Xangai e movimentou, em 2022, mais de 47 milhões de TEUs em tráfego. “Esse porto serve o Delta do Rio Yangtze, que é o maior centro econômico da China e alberga a maior concentração de produção avançada, de acordo com a CCID Consulting”, explica Hofstatter.
  2. Cingapura (Cingapura) – O segundo colocado no ranking movimenta mais de 37 milhões de TEUs em razão de sua localização, que permite a seu porto servir como o maior centro de transbordo do mundo. “As mercadorias produzidas em outros lugares da Ásia são descarregadas em navios maiores em Singapura e enviadas para a Europa, aproveitando a eficiência e a profundidade do porto”, afirma o CEO da Logcomex.
  3. Ningbo-Zhoushan (China) – O terceiro maior porto do mundo tem movimentação de 33,35 milhões de TEUs e serviu como alternativa ao porto de Xangai quando a cidade foi atingida pelos bloqueios da COVID. Além disso, a região ao redor é um importante polo industrial e comercial.
  4. Shenzhen (China) – A área do porto, Delta do Rio das Pérolas, abrigou a primeira zona econômica especial da China, uma ilha onde o país poderia experimentar abertura econômica. “É através do porto de Shenzhen que os produtos manufaturados chineses são despachados e iniciam a sua viagem para o resto do mundo”, conta Hofstatter. O porto movimentou 30,03 milhões de TEUs em 2022.
  5. Qindao (China) – Com movimentação de 25,67 milhões de TEUs, este porto se localiza na terceira maior província da China em termos de PIB, tendo recebido investimentos diretos de países como Japão e Coreia do Sul. Tem ampla variedade de capacidades de movimentação de carga, como carvão, minério de ferro, petróleo bruto e contentores.
  6. Guangzhou (China) – Localizado em uma das cidades mais ricas da China, também serve outras megacidades. Em 2022, sua movimentação totalizou 24,863 milhões de TEUs. Entre suas principais exportações estão o chá, a seda, o papel, o cobre, o ferro, o ouro e a prata.
  7. Busan (Coreia do Sul) – Tendo movimentado 22,08 milhões de TEUs, Busan possui instalações logísticas avançadas, contribuindo para sua reputação como importante centro logístico e comercial. Além disso, sua capacidade de lidar com grandes volumes de carga e a eficiência nas operações solidificam sua posição entre os maiores portos do mundo.
  8. Tianjin (China) – Maior porto do norte da China, Tianjin serve a capital Pequim, além dos portos secos em todo o interior do país asiático, que estão ligados por meio de uma extensa rede ferroviária. Com movimentação de 22,02 milhões de TEUs, o porto de Tianjin também está conectado a uma extensa rede de transporte terrestre, que inclui ferrovias e rodovias.
  9. Hong Kong (China) – Movimentou 16,69 milhões de TEUs ao longo de 2022 e se mantém como uma das artérias fundamentais que ligam a potência asiática ao resto do mundo. “É conhecido por sua importância histórica e como um centro financeiro e de comércio exterior”, define Hofstatter.
  10. Rotterdam (Holanda) – Situado na desembocadura do rio Reno, é um ponto crucial para o comércio internacional na Europa, abrigando uma ampla variedade de instalações, que incluem terminais especializados para contêineres, carga a granel, produtos químicos e petróleo. Movimentou mais de 14 milhões de TEUs em 2022.
continua após a publicidade