Nos últimos anos, tem se reforçado a ideia do consumo sustentável. Com a sociedade cada vez mais preocupada com os impactos humanos no meio ambiente, população e empresas têm buscado adotar atitudes que possam diminuir esses danos ao planeta.

O consumo consciente pode ser feito de diversas formas. Atitudes como a reciclagem do lixo, o planejamento das compras e até mesmo a compra de artigos seminovos, incluindo carro de luxo de segunda mão são formas de incentivar esse modelo econômico mais sustentável.

No texto abaixo, entenda melhor do que se trata essa filosofia, sua importância e práticas que podem ser adotadas para praticá-la no dia a dia.

O que é?

Esse conceito se baseia na reflexão de que os hábitos humanos de consumo impactam no meio ambiente, atingindo a continuidade da vida animal e vegetal. Dessa forma, a ideia de consumo consciente e sustentável visa a adoção de um estilo de vida no qual o consumo de serviços e produtos deve ser feito de tal maneira que os efeitos práticos para o meio ambiente sejam mínimos.

Para alcançar essa meta, é importante que aconteça o uso racional dos recursos naturais, com a intenção de minimizar o desperdício tanto na produção quanto no consumo em si. Isso visa não apenas a preservação do planeta para o presente, mas também para as gerações futuras.

Qual é a sua importância?

O consumo sustentável é algo que deve ser adotado por indivíduos e empresas para a construção de uma sociedade melhor, gerando mudanças positivas para o planeta. Sua importância principal é preservar o meio ambiente, reduzindo a poluição em todas as frentes e, com isso, agredindo menos o planeta.

No entanto, a adoção de hábitos de consumo sustentáveis também é importante por outro motivo: o econômico. Isso porque, como essa filosofia estimula um consumo equilibrado, a pessoa repensa tudo o que vai consumir, diminuindo o número de compras desnecessárias e optando por produtos que durem mais. Assim, os gastos são reduzidos e há uma economia perceptível para o bolso.

Como praticar o consumo consciente?

Existem diversas atitudes que podem ser feitas para implementar esse estilo de vida sustentável no seu dia a dia. Conheça algumas delas abaixo.

Descarte o lixo corretamente

Um dos pilares do consumo consciente é diminuir a quantidade de lixo produzida. Além dessa redução, também é importante que o descarte desse lixo seja feito corretamente, uma vez que não basta simplesmente juntar tudo em um único saco: deve-se fazer a separação e localização correta de cada tipo de lixo.

Por exemplo, o óleo de cozinha não pode ser despejado no ralo da pia, pois ele polui a água. É importante pesquisar pelo local adequado para fazer esse descarte. O mesmo vale para pilhas e o lixo eletrônico, que também possuem elementos tóxicos para o meio ambiente e devem ser descartados em locais especializados para isso.

Já quanto ao lixo orgânico, também há a possibilidade dele ser utilizado em uma composteira para gerar adubo. Além de diminuir a poluição do solo em lixões, essa também é uma atitude que incentiva o plantio de mudas em casa.

Foque na reutilização e reciclagem

Outro ponto importante está ligado a reutilização e reciclagem dos produtos, dando um novo propósito para um objeto que você já tem. Assim, você pode reutilizar embalagens, comprar aquelas que tenham refil ou reformar móveis em vez de comprar um novo.

Também é recomendado adquirir produtos que sejam feitos de material reciclado, como roupas e calçados. Participar de programas de reciclagem de marcas é outra atitude válida para incentivar essa nova mentalidade.

Inclusive, é interessante focar no consumo de artigos seminovos, desestimulando assim a produção de novos produtos e, consequentemente, diminuindo a poluição. Isso vale para a compra de eletrônicos, roupas, carros e móveis, que ainda proporcionam uma economia para o bolso, já que são mais baratos que produtos novos.

Planeje suas compras

Já que o objetivo é diminuir o consumo, sobretudo dos itens que você não precisa tanto, é fundamental planejar melhor as suas compras para evitar compras desnecessárias ou exageradas. Para isso, é importante fazer uma lista com tudo o que você realmente precisa comprar, evitando assim cair em tentações.

A lista de compras também é necessária para que você coloque exatamente a quantidade exata do que precisa comprar. Isso é fundamental sobretudo com alimentos, para evitar que eles sejam desperdiçados. Também é recomendado fazer uma pesquisa para comparar não apenas o preço, mas também saber quais são as marcas que oferecem melhor custo-benefício, são responsáveis e agridem menos o meio ambiente.