Depilação a laser

Um dos principais problemas que as pessoas costumam enfrentar em relação à depilação e a pele é o escurecimento que a região pode ter. Nesse sentido, surgem dúvidas se a depilação a laser deixa a pele escura, pois hoje, este tipo de procedimento é um dos mais utilizados do mercado.

De forma simples, podemos dizer que a resposta para essa pergunta é: depende! Isso porque, a depender de qual seja o local escolhido para realização da depilação a laser, ele pode causar um escurecimento. Contudo, as tecnologias oferecidas pelo mercado atual permitem que seja possível fazer a depilação a laser sem deixar a pele escura, de modo que as pessoas possam contar com os melhores resultados de todo o mercado. 

Dessa forma, a depilação a laser deixa a pele escura caso não sejam utilizados equipamentos de ponta para isso. Nesses casos, você precisa aprender mais sobre os métodos de depilação a laser mais novos e escolher uma opção que esteja em conformidade com a sua pele, pois algumas dessas tecnologias fazem com que você obtenha até mesmo um clareamento da região.

Pensando nisso, criamos este texto para falar um pouco mais sobre o tema e esclarecer sobre o funcionamento da depilação a laser. Portanto, para ficar por dentro de todas as informações que nós reunimos, continue lendo o texto a seguir e saiba mais.

Sobre o procedimento de depilação a laser

Para que você consiga entender sobre a depilação a laser deixa a pele escura, é de suma importância saber sobre o seu funcionamento na pele. Esta técnica de depilação usa a energia de um laser para depilação, com o intuito de atingir o chamado folículo piloso, a área responsável por fazer o crescimento dos pelos.

Ao entrar em contato com a sua raiz, ele atrai a melanina do cabelo, fazendo com que aconteça uma reação térmica capaz de danificar este folículo. A longo prazo, à medida que o cliente passa por um procedimento de depilação, o dano pode se tornar muito grande e, na verdade, impedir que os folículos produzam pelos.

Essa ação costuma durar de 8 a 10 sessões, dependendo da quantidade de pelos que cada pessoa produz e do laser utilizado no procedimento. No caso de alguns lasers, o tom de pele da pessoa também pode intervir no procedimento e na quantidade de sessões necessárias para uma depilação completa e satisfatória.

Problemas com a cor podem ser bastante recorrentes em alguns lasers porque ele pode confundir a melanina do cabelo com a cor da pele. Esses lasers não são recomendados para pessoas que têm a pele escura, pois pode causar queimaduras onde for aplicado.

Porém, os lasers com tecnologia mais avançada não sofrem com este tipo de limitação, tendo em vista que a grande maioria possui uma tecnologia de resfriamento da ponteira, fazendo com que o procedimento seja quase indolor, bem como evitando queimaduras ao paciente que passar pelo tratamento.

Depilação a laser deixa a pele escura?

Se você entende como os lasers funcionam, pode estar se perguntando como funciona na pele. A resposta a esta pergunta é: A depilação a laser usando um laser de última geração não escurece a pele. Muito pelo contrário: o que esse método faz é fazer com que a área que foi depilada acabe ficando mais branca!

Com a depilação a laser, você inicia a manutenção contínua para remover os pelos. Ao final do processo, o método de depilação usado para escurecer a pele não fará mais parte da sua rotina.

Além disso, a depilação ajuda na hidratação da pele e reduz a foliculite. A foliculite é uma inflamação causada por pelos encravados, uso de lâminas, etc. Além dessas ações, para alcançar o efeito da depilação a laser, é necessário tomar algumas medidas. Abaixo, você confere os principais cuidados que devem ser tomados:

  • Evite passar por sessões de bronzeamentos antes e após o procedimento de depilação a laser;
  • Evite fazer depilação das áreas com métodos que retiram os pelos pela raízes até que você finalize todas as sessões;
  • Crie uma rotina de esfoliação da pele, de modo a mantê-la sempre hidratada;
  • Siga as orientações profissionais e respeite o período que compreende as sessões;
  • Use roupas mais leves, de preferência aquelas com algodão, que não sejam capazes de provocar atrito na sua pele.

Entre outros tratamentos, o último dos itens é o mais importante, pois mantém a área de depilação saudável, visto que evita a asfixia da região, de modo que a sensibilidade da pele não aumente. Além disso, ela também ajuda a manter a coloração da sua pele, pois as roupas apertadas costumam agredir e até mesmo escurecê-la.

Quais são os tipos de depilação capazes de escurecer a pele?

A depilação a laser é um dos melhores métodos para remoção de pelos presente no mercado. Você já sabe que a depilação a laser deixa a pele escura. Contudo, outros métodos de depilação também podem fazer com que haja um escurecimento profundo na região. Abaixo, você pode conferir quais são esses métodos:

Barbeador e lâmina

O barbeador e a lâmina para depilação são grandes vilões no que diz respeito a deixar a pele escura, além de fazer com que os pêlos fiquem encravados e até mesmo cause danos à região através dos cortes. Esses cortes deixam cicatrizes e fazem com que a pele do local perca a sua boa aparência. Portanto, é um dos métodos de depilação menos indicados pelos especialistas.

Cera

A cera quente é mais um dos métodos que favorecem o escurecimento da sua pele. O motivo para isso não é difícil de se entender. Isso porque a cera quente acaba queimando a área e prejudicando a pele do local. Com isso, se inicia o processo de produção de melanina com o intuito de proteger a região. Logo, você irá notar um escurecimento gradual.

Conclusão 

Como visto, a depilação a laser deixa a pele escura, dependendo de qual tipo de equipamento for utilizado. Além do mais, outros métodos de depilação também contribuem para um escurecimento gradual da região, como é o caso da depilação com lâmina barbeadora, assim como a cera quente. Portanto, é de suma importância que você busque um laser para depilação com tecnologia suficiente para evitar que isso aconteça.