Fluminense

Um funcionário do Fluminense entrou com uma ação contra o clube carioca pedindo indenização por danos morais e materiais. Ele sofreria um acidente de trabalho próximo ao Estádio das Laranjeiras. O valor solicitado é de R$ 1,7 milhão.

O homem ficou tetraplégico após cair de uma altura de 26 metros. Ao podar uma árvore perto do estádio, a corda que a segurava quebrou. O funcionário acusa o Fluminense de negligência no caso. O acidente aconteceu em 2018, mas o caso só foi aberto agora. As informações são do UOL Esportes.

Após o acidente, o homem ficou afastado por dois anos e recebeu auxílio doença por incapacidade temporária para o trabalho. Ele recebeu uma pensão por invalidez no ano passado, aos 45 anos.

O caso começou na Justiça na semana passada. Ele solicita danos morais de R$ 160 mil, danos estéticos de R$ 160 mil, salários com base na expectativa de vida atual da população brasileira segundo o IBGE ou até 73 anos, totalizando mais R$ 1,2 milhão, e plano de saúde vitalício à filha e honorários de R$ 230 mil aos advogados.

Procurado Fluminense disse que o acidente aconteceu na gestão anterior e que deve primeiro tomar conhecimento da ação por meio do departamento jurídico antes de se pronunciar sobre o caso.

Não deixe de acompanhar mais detalhes sobre times brasileiros aqui no Meio Ambiente Rio. As principais notícias do futebol nacional são atualizadas diariamente.