Finanças e RH: integração dos setores para o desenvolvimento e crescimento da empresa

Crédito: iStock

Dois setores importantes dentro de uma empresa são os departamentos de Recursos Humanos (RH) e financeiro. O ideal é que eles estejam integrados e alinhados, para que as estratégias sejam estabelecidas em conjunto, possam melhorar o fluxo de informação e colaborar com o desenvolvimento sustentável da empresa.

Apesar de parecerem áreas distintas, sendo que uma lida com pessoas e a outra com dinheiro, as duas devem caminhar juntas. A pandemia do coronavírus, por exemplo, mostrou a importância desses dois setores dentro da empresa. Elas tiveram que fazer reajustes tanto em relação ao capital humano quanto ao capital monetário.

A gestão financeira deve se integrar ao RH, para que o planejamento de metas seja comum. Enquanto o setor financeiro faz planejamentos estratégicos, contabilidade, gestão fiscal e tributária e projeções financeiras, o RH é responsável por funções como recrutamento e seleção, treinamento e desenvolvimento, planos de cargos e salários.

O dinheiro investido nas pessoas deve ser planejado para que haja um retorno para a empresa e que se trace metas a serem conquistadas. Uma empresa também precisa ter jogo de cintura para se adaptar a crises econômicas e retraçar os objetivos e as expectativas de seus profissionais.

No financeiro, é preciso ter atenção para gerenciar as finanças empresariais, como eventualmente fazer uma consulta CNPJ score para saber se está tudo certo com as contas da empresa. A organização é essencial para que os negócios tenham um futuro próspero.

As duas áreas podem juntas otimizar a segurança na análise de dados com sua integração. As ações estratégicas de crescimento dependem do capital investido, bem como dos profissionais que trabalham na empresa. A tomada de decisão se torna mais fluida com a participação desses dois setores.

Além de objetivos alinhados, é preciso que a comunicação seja eficaz. O diálogo deve ser transparente para que as informações sejam precisas. Também se faz necessário automatizar algumas das tarefas de rotina para que a troca de informações seja ágil.

Usar sistemas integrados faz com que haja aumento da produtividade, bem como a redução de esforços para completar determinada tarefa. Também há mais confiabilidade nos dados e mais dinamismo na troca de informações. Assim, pode-se ver mais resultados positivos dentro da empresa.

O setor financeiro deve valorizar o RH e os profissionais da empresa para que estejam satisfeitos e trabalhando de forma eficiente. É preciso valorizar os colaboradores e investir para que permaneçam na empresa. A retenção de talentos é um fator essencial para o avanço da empresa.