Goiânia atrai pessoas do todo o Brasil e também estrangeiros

Qualidade de vida, oportunidades de emprego, opções de estudos e diversidade de mercados para investir chamam a atenção dos novos moradores da cidade

A procura por imóveis em uma nova cidade ou país é um processo demorado, mas quando feita da forma correta, pode trazer bons frutos para a qualidade de vida. No Brasil, um dos municípios que têm atraído brasileiros de outras regiões e até mesmo estrangeiros é Goiânia, capital do estado de Goiás. 

Segundo o último censo de migração realizado pelo IBGE na cidade, divulgado em 2013, mais de 1 milhão de brasileiros foram morar na capital do estado, enquanto mais de 3 mil estrangeiros saiam de seus países para fazer o mesmo. Na época, a capital foi considerada a segunda que mais atraiu migrantes no Brasil, perdendo apenas para Brasília. 

Um dos motivos que chamam a atenção dos futuros moradores, fazendo com que a venda de imóveis em Goiânia aumente, é a sua participação no ranking de capitais brasileiras para se viver. A cidade foi eleita a oitava melhor capital em estudo realizado pela Organização de Desafios da Gestão Municipal (DGM), divulgado em 2021. 

O município conta com infraestrutura sofisticada e ampla variedade de comércio e lazer que agrada pessoas de diferentes faixas etárias e origens. A cidade também é frequente alvo de escolha devido às oportunidades profissionais, à diversidade nas opções de estudo e à possibilidade de investimentos para crescer financeiramente. 

Oportunidade de emprego 

Quem decide mudar de uma cidade ou país procura por um local com boas oportunidades profissionais. Goiás é um estado de destaque por oferecer vagas para pessoas que chegam de outras regiões. 

Segundo tese da pesquisadora Lilian Suzuki, defendida no Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal de Goiás (UFG), entre 2009 e 2016, a população de estrangeiros empregados aumentou 319% no estado. Os dados foram obtidos com base da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) do Ministério do Trabalho.

Um dos destaques do estado em relação à expansão do mercado de trabalho e abertura de novas vagas de emprego é Goiânia. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o município ocupou o quinto lugar no ranking das capitais que mais abriram oportunidades de empregos no primeiro trimestre de 2022, com aproximadamente 12.312 vagas.

Diferentes opções de estudo 

Além do mercado de trabalho, Goiânia também é um local interessante para estudantes naturais de outros estados e países. A capital dispõe de diferentes instituições de ensino que atendem às mais variadas idades e estilos de pessoas. 

As universidades são responsáveis por trazer estudantes de diversos pontos do mapa para a capital. Entre ensinos públicos e privados, a cidade conta com cursos variados, infraestrutura de qualidade e diversos projetos que ajudam os futuros profissionais a conhecerem mais a fundo a área que escolheram. 

A cidade têm instituições avaliadas com nota 4 de 5 no Índice Geral de Cursos (IGC), realizado pelo Ministério da Educação. É o caso da Universidade Federal de Goiás (UFG), Faculdade Unida de Campinas (FacUnicamps), Instituto de Pós-graduação & Graduação (IPOG) e Faculdade Noroeste (FAN).

As universidades podem ser ainda o lar de muitos intercambistas. A UFG, por exemplo, conta com programas de intercâmbio com parceria com instituições internacionais para receber e enviar estudantes. A lista de convênios tem países como Argentina, Alemanha, Bélgica, Canadá, Colômbia, Espanha, Estados Unidos, França e Portugal. 

Além disso, a capital também oferece uma ampla diversidade de bibliotecas. As biblioteca Marieta Telles Machado, Municipal Cora Coralina, Estadual Pio Vargas e do Centro Cultural Oscar Niemeyer são alguns exemplos.

Possibilidades diversas de investimentos 

Muitas pessoas mudam-se de estados ou países com o intuito de começar uma vida nova, o que na maioria das vezes está relacionado a trocar de área de profissional ou realizar investimentos em outras oportunidades de crescimento. Em Goiânia, isso é possível e é o foco de diversos moradores da cidade.

Segundo o estudo Melhores Cidades para Fazer Negócios (MCN) desenvolvido pela Urban Systems e divulgado em 2021, a capital é a sexta cidade brasileira mais indicada para investir no comércio. Ainda de acordo com o levantamento, Goiânia é a sétima melhor cidade para empreender na construção civil.

A capital de Goiás também tem o sétimo melhor mercado imobiliário, a nona área educacional, o 33º setor de serviços e o 92º melhor mercado agropecuário, entre os municípios brasileiros.