continua após a publicidade

Se você está procurando uma maneira segura e acessível de investir seu dinheiro, o Tesouro Direto pode ser uma excelente opção. E, se você é cliente do Nubank, saiba que é possível investir no Tesouro Direto diretamente pelo aplicativo do banco digital.

Neste guia completo, vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre como investir no Tesouro Direto pelo Nubank, desde o que é o Tesouro Direto até como escolher os títulos mais adequados para seus objetivos financeiros.

O que é o Tesouro Direto?

O Tesouro Direto é um programa do governo federal que permite que qualquer pessoa invista em títulos públicos federais. Isso significa que você empresta dinheiro ao governo em troca de uma rentabilidade previamente acordada. É uma opção de investimento de baixo risco e rentabilidade previsível.

Existem diferentes tipos de títulos públicos, com prazos e rentabilidades variados. Ao investir em um título público, você empresta dinheiro ao governo e, em troca, recebe uma remuneração de acordo com as condições estabelecidas no momento da compra.

Como investir no Tesouro Direto pelo Nubank?

Investir no Tesouro Direto pelo Nubank é fácil e rápido. Basta seguir os passos abaixo:

  1. Abra o aplicativo do Nubank e acesse a área de investimentos. Se ainda não tiver acesso, é necessário solicitá-lo.
  2. Na área de investimentos, selecione a opção “Tesouro Direto”.
  3. Escolha o título público que deseja comprar. É importante lembrar que cada título tem suas próprias características, prazos e rentabilidades.
  4. Selecione a opção de compra e defina o valor que deseja investir.
  5. Confirme a operação e pronto! Seu investimento será realizado.

Quais são os títulos públicos disponíveis no Tesouro Direto?

Existem diferentes tipos de títulos públicos disponíveis no Tesouro Direto, cada um com suas próprias características e rentabilidades. Conheça os principais tipos de títulos:

  1. Tesouro Selic: este título acompanha a taxa Selic, que é a taxa básica de juros da economia brasileira. É indicado para quem deseja investir por prazos mais curtos.
  2. Tesouro IPCA: este título tem sua rentabilidade atrelada à variação da inflação medida pelo IPCA. É uma opção indicada para quem deseja proteger o poder de compra do dinheiro no longo prazo.
  3. Tesouro Prefixado: este título possui uma taxa de rentabilidade fixa e definida no momento da compra. É indicado para quem quer saber exatamente quanto vai receber no vencimento do título.

Qual é o valor mínimo para investir no Tesouro Direto pelo Nubank?

O valor mínimo para investir no Tesouro Direto pelo Nubank é de R$ 30,00. Esse é um valor bastante acessível e que permite que qualquer pessoa possa investir no Tesouro Direto, independentemente do seu patrimônio.

Vale ressaltar que o Tesouro Direto é uma opção de investimento de baixo risco, mas não é isenta de riscos. Como em qualquer investimento, há a possibilidade de perda de dinheiro, principalmente se você precisar resgatar o título antes do vencimento. Por isso, é importante que você esteja ciente dos riscos e invista de acordo com seus objetivos financeiros e perfil de investidor.

Quais são as taxas envolvidas no investimento no Tesouro Direto pelo Nubank?

Ao investir no Tesouro Direto pelo Nubank, você pagará duas taxas:

  1. Taxa de custódia: essa é uma taxa obrigatória, cobrada pela B3 (Bolsa de Valores do Brasil), responsável por armazenar e registrar os títulos públicos. A taxa de custódia é de 0,25% ao ano sobre o valor total dos títulos investidos, com cobrança semestral.
  2. Imposto de Renda: como todo investimento, o Tesouro Direto também está sujeito à cobrança de Imposto de Renda. A alíquota varia de acordo com o prazo do investimento e segue a tabela regressiva do Imposto de Renda. Quanto maior o prazo do título, menor será a alíquota de Imposto de Renda.

Como escolher os títulos mais adequados para seus objetivos financeiros?

Ao investir no Tesouro Direto, é importante escolher os títulos que mais se adequam aos seus objetivos financeiros e perfil de investidor. Aqui estão algumas dicas para ajudá-lo a escolher os títulos mais adequados:

  1. Defina seus objetivos financeiros: antes de escolher um título público, é importante definir seus objetivos financeiros. Você quer investir no curto ou no longo prazo? Qual é o seu perfil de investidor? Quanto risco você está disposto a assumir?
  1. Entenda as características de cada título: cada título público tem suas próprias características, prazos e rentabilidades. Por isso, é importante estudar cada opção e escolher aquela que mais se encaixa nos seus objetivos financeiros.
  2. Considere a rentabilidade: a rentabilidade é um fator importante a ser considerado na hora de escolher um título público. Porém, não é o único fator a ser levado em conta. É importante entender que quanto maior a rentabilidade, maior também pode ser o risco envolvido.
  3. Avalie o prazo do investimento: o prazo do investimento também é um fator importante a ser considerado. Se você precisa do dinheiro no curto prazo, é indicado escolher títulos com prazos mais curtos. Se você está pensando no longo prazo, pode optar por títulos com prazos mais longos.

Investir no Tesouro Direto pelo Nubank pode ser uma excelente opção para quem busca uma aplicação financeira segura e com rentabilidade previsível. Com o aplicativo do Nubank, investir no Tesouro Direto se torna ainda mais fácil e acessível.

Porém, é importante lembrar que o Tesouro Direto, assim como qualquer outro investimento, possui riscos e é necessário estudar as opções disponíveis e escolher aquela que mais se adequa aos seus objetivos financeiros e perfil de investidor.

Com as informações e dicas apresentadas neste guia, você está preparado para investir no Tesouro Direto pelo Nubank e começar a trilhar o caminho rumo à sua independência financeira.

continua após a publicidade