O meio ambiente é o conjunto de todos os elementos naturais que nos cercam e que são essenciais à vida, por isso devemos cuidar dos impactos ambientais. A proteção do meio ambiente é, portanto, indispensável para a manutenção da vida no planeta. 

No entanto, com o crescimento da população mundial e o desenvolvimento da tecnologia, as atividades humanas têm causado cada vez mais danos ao meio ambiente. Muitas dessas iniciativas focam em frases de impacto para alertar o público da importância da preservação.

Em tempos em que as pessoas conversam com estranhos em aplicativos como o Omegle Brasil ao invés do velho e bom bate papo presencial, o uso de recursos ambientais principalmente por conta de servidores web está cada vez maior.

Para reverter esse quadro, é preciso que todos os seres humanos assumam a responsabilidade de cuidar do planeta. Seja reduzindo o consumo de água e energia, separando o lixo para reciclagem ou plantando árvores, todas as atitudes contribuem para a preservação do meio ambiente.

Neste artigo, você confere 5 dicas para proteger o meio ambiente no seu dia a dia. Siga as nossas sugestões e contribua para um mundo melhor!

  1. Reduza o lixo que você produz
  2. Reutilize e recicle o lixo que você produz
  3. Economize água
  4. Economize energia elétrica
  5. Ande de bicicleta, ande a pé ou utilize transporte público

A ecologia sustentável é o ramo da ecologia que se dedica à manutenção da diversidade biológica e dos serviços ecossistêmicos. O objetivo da ecologia sustentável é assegurar que os seres humanos possam continuar a usufruir dos benefícios provenientes da natureza, sem prejudicar o meio ambiente e comprometer as condições de vida das gerações futuras.

Avaliação de Impactos Ambientais

As atividades que são principais causadoras de impactos ambientes no planeta são a exploração florestal, mineração, agricultura, produção de energia, construções e indústrias metalúrgicas e químicas.

Depois da Revolução Industrial, o meio ambiente sofreu fortes agressões do ser humano graças ao aumento populacional e do consumo desenfreado nos países industrializados.

Com o tempo, as pessoas estão entendendo que o planeta precisa de fôlego e mesmo um ganhador da mega da virada 2022 provavelmente não vai sair por ai fazendo loucuras apenas porque tem um grande capital e possibilidades. Eu morava num prédio de alto padrão e tive de fazer churrasco na airfryer, pois os empreendimentos eram ecologicamente corretos e não permitiam o uso de churrasqueiras a carvão em suas sacadas.

A tendência é que ele faça o caminho inverso do hiper consumismo, pois na maioria dos casos, essas pessoas tendem a ter hábitos mais saudáveis de vida, pois as possibilidades que o prêmio dão o fazem pensar nisso a longo prazo.

Pessoas com alto poder aquisitivo vão consumir bastante, mas ao mesmo tempo, são pessoas que querem viver bem e isso faz com que elas busquem morar fora dos grandes centros, vivendo uma vida mais tranqüila, muitas vezes contribuindo com a natureza já que costumam construir imóveis que não comprometem a fauna e a flora de determinada região.

Pelo contrário, mais uma vez aqui o poder aquisitivo pode ser utilizado para reconstruir algo que foi atacado de forma desordenada por outro grupo social. Nós devemos cuidar do nosso planeta e fazer o possivel para diminuir os impactos ambientais.

Como ter bons hábitos ambientais?

Existem diversas formas de adotar uma postura mais sustentável em relação ao meio ambiente e as práticas de impactos ambientais. Algumas dicas para reduzir os impactos ambientais são:

– Reduzir o consumo de energia: desligue luzes e aparelhos eletrônicos quando não estiverem sendo utilizados; opte por lâmpadas LED, que consomem menos energia; evite usar ar-condicionado;

– Reduzir o consumo de água: evite deixar a torneira aberta enquanto lava louça ou escova os dentes; instale um dispositivo regulador de vazão na torneira do banheiro; faça regas durante a noite para minimizar a evaporação;

– Separe os resíduos orgânicos dos inorgânicos: compostos restos de comida para transformá-los em adubo natural; recicle papel, vidro, metal e plástico;

– Reduzir o consumo de produtos derivados do petróleo: prefira produtos feitos à base de vegetais; use bicicletas ou transporte público para se deslocar; diminua o uso do carro.

Podemos dizer que os hábitos de consumo podem se adaptar, independente de qual seja o segmento. Digamos que você esteja pesquisando qual a melhor cadeirinha para automóvel no momento e em sua pesquisa, quer saber se existem modelos que se preocupam com sustentabilidade em sua fabricação.

Uma breve pesquisa vai mostrar que existem produtos fabricados com plástico pet 100% reciclado. Pode parecer pouco, mas as reciclagens de garrafas PET reduzem em 85% o consumo de água, 70% em energia e 75% nas emissões de CO2.

E porque manter a preocupação com o meio ambiente apenas na cadeirinha? Que tal trocar também seu veículo por um modelo elétrico e menos poluente? São pequenos hábitos do dia a dia que fazem toda a diferença na hora de reduzir os impactos ambientais de uma cidade, estado ou país.

Educando desde cedo

E para que possamos ter esses hábitos, eles devem ser inseridos em nossa vida desde a educação infantil. Conforme seu filho for crescendo, explique para ele que optou pela cadeirinha sustentável por alguns motivos que ele levará para a vida:

Reciclagem

Você deve ensinar a criança a separar vidro, papel e plásticos desde sempre e mostrar para os pequenos as coisas incríveis que podem ser transformadas através de algo que aparentemente era lixo.

Cultivo de Alimento

Monte um jardim ou uma pequena caixa para que seus filhos possam ver o passo a passo do processo de plantação, desde a semente até a planta adulta. 

Economize Energia

Desligar aparelhos eletrônicos ou luzes quando não estão no ambiente é um hábito que deve ser instigado desde cedo.

Economizar água

Banhos mais rápidos ou manter a torneira fechada enquanto escova os dentes são coisas simples mas que podem fazer a diferença no impacto ambiental como um todo.

A economia é um assunto que está em pauta em todo o mundo. Mas, e a economia ambiental? O que podemos fazer para economizar os recursos naturais e reverter os danos causados à natureza? Essa é uma questão importante, e todos nós devemos nos conscientizar sobre os impactos ambientais.

Por isso, é preciso ter empatia com a natureza e buscar formas de economizar os recursos naturais, que segundo a ONU são bem escassos. Se todos fizerem a sua parte, poderemos ter um mundo melhor para as futuras gerações reduzindo os impactos ambientais.