O Bolsa Família, programa de transferência direta de renda do Governo Federal, se destaca como um dos principais instrumentos de proteção social no Brasil. Auxiliando milhões de famílias em situação de pobreza e extrema pobreza, o programa garante renda básica e acesso a serviços essenciais, promovendo a inclusão social e combatendo a desigualdade.

Qual é o valor do Bolsa Família do mês de julho?

Os pagamentos do mês de julho estão chegando, com início no próximo dia 17 e se estendendo até o dia 28. A Caixa Econômica Federal, responsável pela administração do programa, garante que o valor mínimo recebido pelas famílias será de R$ 600,00.

Além do valor base de R$ 600,00, diversas famílias também receberão um bônus adicional de R$ 102,00 em julho. Esse valor corresponde ao Vale Gás, benefício social pago a cada dois meses em conjunto com o Bolsa Família. O bônus visa auxiliar as famílias na compra do botijão de gás de 13 kg e foi concedido em fevereiro deste ano, com base na média de preço do produto na época.

Como faço para receber o Auxílio Gás?

Para ser um beneficiário do Auxílio Gás, as famílias devem estar inscritas no Cadastro Único e cumprir com requisitos específicos, como renda per capita menor ou igual a meio salário mínimo. O programa não requer inscrição direta, mas sim a atualização constante dos dados junto ao CadÚnico.

Calendário do Bolsa Família julho 2024:

Para saber o dia exato em que você receberá o seu benefício, consulte o calendário oficial do Bolsa Família, disponível no site da Caixa Econômica Federal. O calendário é organizado de acordo com o Número de Identificação Social (NIS) de cada beneficiário, garantindo a organização e transparência nos pagamentos.

  • Beneficiários de último dígito NIS 1 – 17 de julho;
  • Beneficiários de último dígito NIS 2 – 18 de julho;
  • Beneficiários de último dígito NIS 3 – 19 de julho;
  • Beneficiários de último dígito NIS 4 – 20 de julho;
  • Beneficiários de último dígito NIS 5 – 21 de julho;
  • Beneficiários de último dígito NIS 6 – 24 de julho;
  • Beneficiários de último dígito NIS 7 – 25 de julho;
  • Beneficiários de último dígito NIS 8 – 26 de julho;
  • Beneficiários de último dígito NIS 9 – 27 de julho;
  • Beneficiários de último dígito NIS 0 – 28 de julho.

Em meio à expectativa por um possível pagamento do 13º salário do Bolsa Família em 2024, o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), sob a liderança do ministro Wellington Dias, emitiu um comunicado oficial. No documento, fica claro que, por se tratar de um programa de auxílio social, o Bolsa Família não contempla direitos trabalhistas, como o 13º salário. Dessa forma, o pagamento extra não será realizado neste ano.

Como consultar o Bolsa Família?

Você tem diversas opções para consultar o seu Bolsa Família:

  1. Aplicativo Bolsa Família:
    • Baixe o aplicativo gratuito na App Store ou Google Play.
    • Acesse com seu CPF ou NIS.
    • Veja a situação do seu benefício, acompanhe as últimas parcelas pagas e tenha acesso ao calendário de pagamentos.
  2. Portal Cidadão da Caixa:
    • Acesse o site da Caixa: Portal Cidadão
    • Clique em “Entrar no Cidadão”.
    • Use seu CPF e senha para fazer login.
    • Na aba “Bolsa Família”, consulte as informações sobre seu benefício.
  3. Telefone:
    • Ligue para a Central de Atendimento da Caixa no número 111.
    • Informe o seu CPF ou NIS quando solicitado.
    • Siga as instruções da gravação para consultar o seu benefício.
  4. Cadastro Único:
    • Acesse o site do Cadastro Único: Cadastro Único
    • Clique em “Consultar Dados”.
    • Informe seu CPF ou NIS.
    • Veja a situação do seu Cadastro Único e do Bolsa Família.
  5. CRAS (Centro de Referência de Assistência Social):
    • Procure o CRAS da sua cidade.
    • Leve consigo documento de identidade, CPF e NIS.
    • Solicite a consulta da situação do seu benefício.

Conclusão

O Bolsa Família se destaca como um programa de grande impacto social no Brasil, proporcionando acesso a direitos básicos e promovendo a inclusão social de milhões de famílias em situação de pobreza e extrema pobreza. Através da transferência direta de renda, o programa contribui significativamente para a redução da desigualdade social no país.

Sem avaliações ainda