O Dia Mundial da Energia, celebrado em 29 de maio, tem como objetivo ampliar a discussão sobre a importância do uso de energia renovável, e da importância do uso consciente de energia. Com a guerra da Ucrânia, o consumo de energia sofreu impacto mundialmente, e desde o início da crise, os custos aumentaram. A Petrobras anunciou o aumento dos preços da gasolina em 18,8%, do gás de cozinha 16,1% e do diesel 24,9%, em março de 2022.

Diante de todos esses desdobramentos, repensar sobre o consumo da energia, fazendo seu acompanhamento e gestão se torna essencial para os negócios e sociedade.
 

Fujitsu General do Brasil já vem trabalhando com fonte de energia renovável, convertendo a eletricidade usada em suas atividades comerciais para energia 100% renovável. A marca também vem atuando sobre a meta de tornar-se “Neutra em Carbono” até 2025 aderindo à política do Carbono Zero para neutralizar a emissão de gases do efeito estufa. Os novos condicionadores de ar Teto e Cassete são um exemplo disto, com o novo sistema de climatização por meio do refrigerante R-32, os produtos possuem menor impacto ambiental e elevada economia de energia quando comparado a outros produtos do mercado.
 

No Brasil, apesar de toda atenção e cautela que as pessoas e gestores de indústrias/empresas dão sobre o uso de energia, o consumo só cresce. A CCEE (Câmara de Comercialização de Energia Elétrica) divulgou no dia 20 de abril de 2022, que o Brasil registrou o consumo de 68.095 megawatts médios de energia elétrica no 1º trimestre deste ano, uma alta de 0,9% em relação ao mesmo período de 2021.

Fujitsu General do Brasil, possui constante preocupação em desenvolver soluções voltadas à eficiência energética, com produtos que possuem alta performance e favorecem o meio ambiente.
 

“Compreendemos que ao criarmos produtos que atuam a favor do meio ambiente, com melhor eficiência energética, estamos reforçando aos nossos clientes as vantagens de economizar ainda mais e atuarem em prol de seu habitat. Contribuímos com o bem-estar e saúde. Mais do que oferecer nossos equipamentos como um meio de climatizar um ambiente, conscientizamos, através deles, a importância de valorizar ainda mais os nossos recursos naturais, sobretudo a vida, a fim de diminuir a poluição e o desperdício de energia”, ressaltou Sr. Akihide Sayama, presidente da Fujitsu General do Brasil.

Poupar energia melhora a vida financeira da empresa, a economia do país e, sobretudo, o meio ambiente, sobrando recursos para o envolvimento em outras questões, sociais ou mesmo de sustentabilidade.

Gostou dessas dicas? Se sim, compartilhe com seus familiares e amigos, e também em suas redes sociais. Receba conteúdo gratuito, diariamente, e siga-nos no Google News.