My Green Lab Certification
My Green Lab Certification

Laboratórios de desenvolvimento de cosméticos precisam cumprir etapas para participarem do programa

Com a tecnologia alcançando novos patamares, em parte muito motivada pelo crescimento exponencial do consumo de skincare no Brasil, regulamentações se fazem necessárias para garantir uma indústria mais consciente. Porém, desenvolver produtos sustentáveis não é apenas usar cores de tons verdes e não testar em animais, e o My Green Lab Certification prova isso. 

Funcionando em etapas, a certificação é alcançada por laboratórios de desenvolvimento de materiais e produtos de diversas áreas, que inclui a de produtos cosméticos, e visa reduzir e compensar os efeitos no ambiente pelo gasto de energia, descarte de lixo e resíduos de produção e ações sociais.

My Green Lab Certification: o que é e como é possível obter

A certificação emitida pelo programa Green Lab visa identificar e incentivar empresas de diversos setores de atuação a adotarem práticas de produção mais sustentáveis. Isso significa estar de acordo com todas as etapas do programa. A inscrição pode ser feita por qualquer pessoa interna da empresa, de estagiários a líderes de produção.

A inscrição é feita online, a partir de um questionário que se propõe a avaliar a sustentabilidade atual nos métodos de produção do laboratório e criar um banco de dados de como as empresas interessadas chegam até o programa. 

Depois de analisar as informações do laboratório, o Green Lab sugere uma série de mudanças necessárias para que a empresa avance de nível no programa.

Ao total são cinco certificações que podem ser obtidas pelos laboratórios, que vão do bronze ao verde.

  • Green Lab bronze: no mínimo 40% do laboratório atua de acordo com as diretrizes do programa (reciclagem, tratamento de esgoto, etc);
  • Green Lab prata: mais de 50% da empresa cumpre requisitos do Green Lab (utiliza energia renovável, compensação de carbono, etc);
  • Green Lab ouro: obrigatoriamente mais de 60% da empresa funcionando conforme os padrões Green Lab;
  • Green Lab platina: 70% de ações sustentáveis habituais da empresa
  • Green Lab verde: é a certificação mais valiosa, com nível de sustentabilidade superior a 80% de acordo com o Green Lab.

Por que investir esforços em tornar uma empresa sustentável?

De acordo com uma pesquisa divulgada pela Fiep (Federação das Indústrias do Estado do Paraná) em 2021, 87% dos brasileiros dão mais valor a produtos produzidos de forma sustentável ou relacionados a empresas com essa consciência.

Se antes era bem visto plantar uma árvore, agora se tornou uma obrigação fortemente cobrada pelos consumidores, que acompanham de perto se as ações correspondem de fato à redução de impactos ambientais.

Muitas empresas ainda investem pouco ou sequer dão importância para se tornarem sustentáveis, e isso pode refletir negativamente no financeiro da empresa. De acordo com a mesma pesquisa da Fiep, consumidores tendem a confiar mais em laboratórios com práticas sustentáveis comprovadas.

Sustentabilidade é tendência ou algo sério?

É relativamente comum ouvir sobre obsolescência programada e falsos rótulos sustentáveis que visam apenas lucrar, sem reais preocupações com o meio ambiente.

Uma empresa sustentável, por exemplo certificada pelo Green Lab, tem muito mais aberturas para buscar inovação constante, fazendo uso da tecnologia em prol do meio ambiente e da melhora na produtividade. 

As novas gerações provaram que é possível desenvolver diversos recursos de tecnologia usando energia limpa, que se igualam ou até mesmo superam o nível de produtividade de um mesmo procedimento empresarial.

O mercado de forma geral faz uso de formas indevidas da imagem da sustentabilidade, mas a alta nos preços de alimentos e itens básicos já mostra a necessidade de uma melhor distribuição dos recursos naturais e produção mais consciente.

Gostou dessas dicas? Se sim, compartilhe com seus familiares e amigos, e também em suas redes sociais. Receba conteúdo gratuito, diariamente, e siga-nos no Google News.