Bio product emblems flat icon set. Eco organic logo, natural fresh food stamps isolated vector illustration collection. Nature products and vegetarian concept

Ao longo dos últimos anos, muitas marcas saíram da caixa de papelão e olharam o mundo com outros olhos. Ou seja, entenderam que há um importante movimento ecológico acontecendo. Existe, portanto, uma nova consciência para essas questões que, por sua vez, afetam a saúde humana. Mas o que é preciso para uma marca realmente eco-friendly?

Os consumidores estão mais informados do que nunca. As plataformas de mídia social, juntamente com grupos responsáveis por esta vigilância, capacitaram o público de uma maneira inimaginável há apenas alguns anos.

Eles também são mais seletivos quando se trata de seu poder de compra. Como resultado, a demanda molda este impacto social nos negócios. Desta forma, é fundamental que sua missão, visão e valores, sejam autênticos na forma como retratam tal assunto. Quer entender melhor sobre o tema? Então, vem com a gente!

Mude para ser eco-friendly

Mudar sua empresa de automação residencial para se tornar uma marca ambientalmente responsável é mais do que incorporar uma linguagem moderna. É uma ação de longo prazo!

Mas é importante entender o que esses termos realmente significam para que se posicione de forma autêntica. Até porque, o uso indevido da linguagem é inútil para o público que deseja fazer escolhas de compra ambientalmente seguras.

Desta forma, certamente usará termos como:

  • Ambientalmente Sustentável: quando um produto ou serviço pode ser mantido sem esgotar os recursos naturais. Segundo pesquisas, existem quatro pilares da sustentabilidade:
  • desenvolvimento de produtos;
    • gestão da cadeia de suprimentos;
    • redução de resíduos e;
    • parcerias beneficentes.

Uma marca precisa incorporar práticas éticas em cada uma dessas áreas para ser verdadeiramente sustentável.

  • Eco-Friendly: o tema dessa postagem, tem a ver com produtos e serviços que não são prejudiciais ao meio ambiente. Esta é uma definição ampla, mas é possível definir as iniciativas eco-friendly com certificações oficiais. Sejam elas de nichos como moda ou de datador automático.
  • Sustentabilidade em cada ciclo – Este termo se aplica a produtos que são, como o próprio nome diz, sustentáveis ​​em cada estágio do ciclo de vida: design, fornecimento, fabricação, uso do consumidor e pós-consumo. Um exemplo disso seriam as roupas projetadas para longo prazo e que podem ser descartadas com segurança.

Outros pontos importantes

Há determinados padrões onde uma marca promete manter as diretrizes ambientais de uma forma enganosa. Isso pode ser visto no marketing, em produtos ou em empresas inteiras.

Os consumidores geralmente confiam na publicidade para formar suas escolhas. Por isso, é importante que eles se sintam confiantes quando sua marca fala sobre fatores ecológicos.

As marcas podem evitar isso usando os seguintes casos:

  • Compartilhando fatos e dados reais com os consumidores;
  • Entendendo, de fato, o que é eco-friendly e usando a linguagem com cuidado e respeito;
  • Garantindo que sejam ecologicamente corretos em cada etapa do ciclo de vida de um produto;
  • Apenas comercializar produtos sustentáveis quando eles foram projetados com o meio ambiente em mente.

Com isso dito, fica fácil compreender todos os prós do conceito não é mesmo? Pense no agora para que o futuro seja respeitado.

Esperamos ter ajudado com essa postagem, caso tenha gostado, comente e compartilhe em suas redes sociais.