Imagem: Pixabay

Um telhado verde é uma camada de vegetação plantada sobre um sistema de impermeabilização que é instalado em cima de um telhado plano ou levemente inclinado. 

Os telhados verdes também são conhecidos como vegetativos ou ecotelhados. Eles se enquadram em três categorias principais – extensivo, intensivo e semi-intensivo. 

Embora não haja definições precisas deles, um telhado verde extenso tem um meio de crescimento raso – geralmente menos de seis polegadas – com uma carga de telhado modesta, diversidade de plantas limitada, requisitos mínimos de irrigação e muitas vezes não é acessível. 

Como é o solo do telhado verde?

Os telhados verdes intensivos têm mais solo e um meio de crescimento mais profundo – às vezes vários metros – que pode suportar uma seleção de plantas mais diversificada, incluindo pequenas árvores. 

Assim, eles têm cargas estruturais mais substanciais e precisam de manutenção e rega mais frequentes. Geralmente são acessíveis. Os telhados verdes semi-intensivos incluem características de ambos os tipos. 

A profundidade apropriada de qualquer telhado verde depende da estrutura do telhado, das plantas escolhidas, da precipitação anual e dos requisitos de desempenho das águas pluviais.

Como é uma área que não chama a atenção demais, por se tratar de material orgânico, não é necessário proteger o ambiente com portas blindadas , por exemplo.

Todos os três tipos de telhados requerem camadas específicas de materiais de cobertura não encontrados em telhados regulares

A anatomia básica de um telhado verde consiste em vegetação, meio de cultivo, membrana filtrante, camada de drenagem, camada impermeável/repelente de raízes, suporte de membrana de cobertura para plantios acima, isolamento térmico, camada de controle de vapor e suporte estrutural do telhado. 

Cada uma dessas camadas desempenha uma função específica para manter as plantas vivas e proteger a estrutura abaixo.

Caso não seja possível entrar com os vegetais pela entrada do prédio ou casa, existem formas de fazer içamentos dos materiais orgânicos através da fachada dos estabelecimentos.

O meio de cultivo não é o mesmo material usado para uma planta de casa ou um jardim

O solo tradicional é pesado e compacto após chuvas repetidas, reduzindo a retenção de água e a aeração das raízes das plantas. 

O meio de cultivo do telhado verde é composto de agregados minerais e apenas uma pequena quantidade de material orgânico. Deve ter uma boa drenagem e arejamento consistentes com uma estrutura que lhe permita reter a água. Também deve ser leve, resistente à decomposição e compressão e física e químicamente estável.

Alguns telhados verdes são instalados em uma grande seção integrada, enquanto os telhados verdes modulares usam pequenos canteiros portáteis colocados juntos para criar um telhado verde maior. As unidades modulares são frequentemente bandejas de plástico ou metal cheias de meio de cultivo. 

Os telhados verdes modulares podem ser instalados de forma incremental e são facilmente removidos para manutenção e inspeção das camadas do telhado por baixo. Além disso, as seções modulares muitas vezes podem ser cultivadas em uma estufa e estar “prontas para plantar” no telhado verde. 

Como as plantas já estão estabelecidas, há menos problemas com plantas substitutas que não criam raízes ou prosperam. Uma desvantagem, no entanto, é que a umidade não pode fluir entre as unidades, aumentando os impactos de períodos úmidos e secos nas plantas.

Gostou dessas dicas? Se sim, compartilhe com seus familiares e amigos, e também em suas redes sociais. Receba conteúdo gratuito, diariamente, e siga-nos no Google News.