Você sabe diferenciar o que é um backlink tóxico de um backlink de qualidade? Se a resposta é não, não tem problema! Vamos te trazer algumas informações preciosas sobre esse assunto e como não cair nessa armadilha virtual.

O backlink é um link que entra no seu site, ou seja, o link de outro portal apontando para o seu. Pelo lado positivo, é algo que beneficiará muito o ranqueamento de sua página nos buscadores, já que permite medir a popularidade e a qualidade. Por outro lado, esses links podem ser tóxicos, prejudicando o posicionamento e até mesmo penalizando a página. 

Por conta desse problema, é recomendável fazer uma detalhada análise dos backlinks para identificar aqueles problemáticos e eliminar para que não tragam impactos negativos. Esses problemas podem vir de diversas origens, como links antigos provenientes de sites abandonados, estratégia errada de marketing e tentativas de BlachHat. Quer saber mais? Siga com a leitura!

O que são os Backlinks Tóxicos

Para identificar os backlinks tóxicos, é preciso analisar o conjunto. Normalmente eles vêm de páginas sobre as quais muitos links estão presentes e portais com spam ou também penalizados. 

Uma dica valiosa é observar se levam a spam, como jogos online, produtos milagrosos (como aqueles para emagrecer, por exemplo) ou outro encaminhamento suspeito. Se sua página de mangueira de incêndio, tem esses tipos de links é preciso prestar atenção para não ser prejudicado. 

Também é necessário verificar se o tema da página tem alguma relação com sua atividade. Os backlinks devem ser de qualidade, pois assim a chance de serem tóxicos é menor. Outro ponto fundamental é a ancoragem do link: quando a estratégia de marketing digital é feita corretamente, o backlink deve ser integrado naturalmente ao conteúdo.

Como identificar um backlink tóxico

Um backlink tóxico é normalmente reconhecido por ser muito artificial, como citamos acima. Sabe aquele creme que seca a barriga em um mês? Esse é um bom exemplo para você ficar atento e não cair nessa armadilha.

A posição do backlink na página também pode ter impacto significativo no posicionamento de seu site, ou seja, deve estar corretamente contextualizado no conteúdo para ser de fato benéfico. 

Quando seu site estiver no ar, há algumas estratégias para analisar e identificar possíveis backlinks tóxicos: se sua empresa de câmaras de refrigeração, por exemplo, faz negócios apenas no Brasil, os backlinks não podem vir de fora do país. Se o portal não foi indexado, pode ter sido penalizado pelos mecanismos de pesquisa. Por fim, a autoridade do site deve ser muito boa, já que é um indicador fundamental.

E se você identificar esses problemas em seu portal? Remova! A primeira etapa é verificar se o site está inserido no Search Console do Google para ter certeza da toxicidade do backlink. Também entre em contato com o desenvolvedor para que ele seja imediatamente excluído.

Viu como é simples reduzir os riscos de backlinks tóxicos? É recomendado ter apenas aqueles de qualidade e vindos de sites confiáveis e de credibilidade. Atraia mecanismos de busca, principalmente o Google, e consiga atrair seu público-alvo, traduzindo em boas vendas e ótimos negócios! Tem um site de tela fachadeira? Com certeza ele terá muito sucesso seguindo essas preciosas dicas! 

O que achou do texto de hoje? Se gostou, não se esqueça de enviar para os seus amigos e compartilhar em suas redes sociais, até a próxima!

Sem avaliações ainda