A recente onda de calor no norte da Índia elevou a demanda por energia a níveis sem precedentes, anunciou o governo na terça-feira. Com temperaturas ultrapassando os 45 graus Celsius por mais de um mês, a região enfrentou condições extremas que desafiaram o fornecimento de energia e água.

Desde 17 de maio, o Ministério da Energia relatou que a região tem lutado com uma demanda significativamente maior, levando à importação de energia em até 30% das áreas vizinhas para suprir as necessidades. Apesar dos desafios, o pico histórico de 89 gigawatts foi atendido com sucesso na segunda-feira.

Impacto das Mudanças Climáticas e Compromissos Ambientais da Índia

A Índia, um dos maiores emissores globais de gases de efeito estufa, está enfrentando ondas de calor mais longas e intensas devido às mudanças climáticas. Embora tenha se comprometido a alcançar emissões líquidas zero até 2070, o país ainda depende fortemente do carvão para a geração de energia.

Desafios Locais em Nova Deli e Medidas de Contenção

Em Nova Deli, os residentes enfrentaram cortes de energia localizados e recorreram a caminhões-cisterna para suprir a falta de água. A cidade, com mais de 30 milhões de habitantes, depende quase inteiramente do abastecimento de água de estados vizinhos, cuja capacidade foi sobrecarregada pelo calor intenso e alta demanda.

Previsão Meteorológica e Alertas de Saúde Pública

O Departamento Meteorológico da Índia alertou para a continuidade das condições severas de ondas de calor até a próxima quinta-feira, com um risco elevado de doenças relacionadas ao calor e insolação. É recomendado um cuidado extremo para pessoas vulneráveis durante esse período.

Espera-se que as temperaturas diminuam gradualmente com a chegada das chuvas das monções ao norte, proporcionando algum alívio à região afetada.

Fonte: Google News

Sem avaliações ainda