Papel do Cuidador no Suporte à Saúde Mental e Física de Idosos

A terceira idade é uma realidade para todos que possuem o privilégio de envelhecer. Mas, é certo que esse privilégio também vem com alguns vários desafios, principalmente voltados para a saúde. 

Com isso, torna-se necessário, em alguns casos, a contratação de cuidadores para ajudar com a saúde física e mental dessa população.

Introdução: A Importância dos Cuidadores de Idosos

Envelhecer é um acontecimento natural na vida do ser humano, e com isso vêm também a necessidade de haver mais cuidado com a forma que nos alimentamos, que nos movimentamos, etc.

Em muitos casos, as pessoas não sabem como lidar com esses desafios, o que torna necessário a contratação de cuidadores de idosos para ajudar com as tarefas diárias, como administrar os medicamentos, fornecer a alimentação adequada, dar passeios, dentre outras.

O papel desses cuidadores é fundamental para ajudar com a saúde física e mental de idosos, garantindo que eles tenham todo o suporte necessário, em diversos aspectos, no seu dia a dia.

Contribuições dos Cuidadores para a Saúde Física dos Idosos

Garantindo a Alimentação Adequada

Manter uma alimentação adequada para idosos é fundamental para uma terceira idade mais saudável e ativa, afinal, os alimentos são cruciais para a nossa saúde e bem-estar.

Com uma nutrição adequada, é possível ter muito mais saúde e energia para as atividades diárias, possibilitando uma vida até mesmo mais ativa.

Os cuidadores auxiliam nessa área garantindo que os idosos estejam se alimentando bem e de forma adequada para cada caso, de acordo com suas necessidades dietéticas individuais.


Assim, os cuidadores podem ajudar o idoso a se alimentar pela via oral ou até mesmo pelo uso da nutrição enteral quando esta se faça necessária.

Promovendo a Atividade Física Regular

A prática de atividade física regular é de grande importância para todos, independente da fase vivída. Ela ajuda no fortalecimento do sistema imunológico, além de ajudar no fortalecimento da musculatura e impedir casos de obesidade.

Na terceira idade, a atividade física é menos intensa, mas isso não significa que não deva ser praticada. A fundação do cuidador é garantir que eles se exercitem, como através de uma caminhada acompanhada.

Gerenciando Medicações e Acompanhando Consultas Médicas

Muitos idosos precisam tomar medicamentos diariamente, além de irem em consultas médicas de forma mais frequente. Para isso, é preciso ter alguém ajudando na administração desses medicamentos e garantindo que o idoso tenha quem levá-lo nas consultas. Esse será o papel do cuidador também.

Papel dos Cuidadores na Saúde Mental dos Idosos

Estimulando a Socialização e Atividades Cognitivas

Infelizmente, é muito comum que ocorra um certo isolamento social quando envelhecemos, seguido de um sentimento de solidão. Isso pode ser um grande agravante para a saúde mental, e física, de uma pessoa idosa.

Neste caso, o cuidador será uma companhia para essas pessoas e ainda poderá estimular o convívio com grupos de amigos e outras pessoas que tenham algo em comum com esses idosos.

Providenciando Suporte Emocional e Companhia

O cuidado também está ligado em estar presente, afinal, muitos idosos acabam ficando muito sozinhos, seja por falta da família ou até mesmo de amigos neste nível da vida.

Nestes casos, o cuidador também provê o suporte emocional necessário, além de ser uma companhia para a pessoa de quem está cuidando.

Garantindo um Ambiente Seguro e Acolhedor para o Idoso

O cuidador de idosos precisa criar um ambiente seguro e acolhedor para a pessoa que está sob sua responsabilidade. Isso irá permitir que ele esteja mais confortável, o que contribui para que o seu trabalho seja mais fácil.

Desafios Enfrentados pelos Cuidadores e Como Superá-los

Cuidar de outra pessoa pode ser um grande desafio, principalmente se tratando de alguém que possui certas limitações e necessita de cuidados frequentes.

Por isso, é comum que os cuidadores passem por diversos desafios, como conseguir equilibrar a sua própria vida pessoal com o trabalho, o que pode acabar afetando tanto a saúde física quanto mental dessas pessoas.

Mas, para superar esses desafios, é importante criar uma rotina e ter algumas estratégias essenciais.

Manejo do Estresse e Autocuidado para Cuidadores

É comum haver estresse quando se está cuidando de outra pessoa, principalmente se for um idoso mais difícil de lidar, com alguma doença que atrapalhe algumas funções diárias, etc.

Por isso, é preciso entender e reconhecer seus limites para evitar chegar a um ponto crítico para buscar ajuda. Acompanhamento psicológico é indispensável para cuidadores de idosos, afinal, é muita informação e uma vida nas mãos.

A prática do autocuidado, seja tirando um momento para descansar, ir na academia diariamente ou praticar algum ritual de cuidado com o físico e o mental, é fundamental para uma vida mais equilibrada e, consequentemente, possibilitando um trabalho satisfatório.

Conclusão: A Valorização do Trabalho dos Cuidadores de Idosos

Para concluirmos, precisamos ressaltar o quanto este trabalho precisa ser valorizado, afinal, estamos falando de pessoas que se disponibilizam a cuidar de outras em situação de vulnerabilidade.

Certamente, é um trabalho de grande importância e que possibilita que tantas pessoas tenham uma vida mais digna e cheia de vida até seus últimos momentos.

Artigo anteriorDecoração de ambientes para jovens
Próximo artigoCONCEIÇÃO DE MACABU É O DESTINO DE MILHARES DE MOTOCICLISTAS
Avatar
Lucas W. Pelisari é escritor, formando em Investigação Forense e Perícia Criminal. Cursa Direito e atua profissionalmente no marketing. Sua especialidade é empreendedorismo e marketing digital.