Para os fãs do aconchego, conheça o estilo rústico!

A decoração rústica é sinônimo de conforto. Antes de entendermos a proposta desse tipo de decoração, precisamos nos atentar ao significado da palavra “rústico”. Esse termo remete ao campo, isto é, à zona rural; na arquitetura, essa vida no campo se reflete nos projetos com a materialização do que é natural: elementos naturais, texturas mais próximas de sua forma original, ou seja, brutas. 

Tudo isso nos ajuda a pensar na decoração rústica como um décor que tenha ares do campo, seja natural e simples. Com isso, também criam-se ambientes acolhedores e confortáveis.

Abaixo, vamos ver algumas de suas principais características.

Cores

Os tons terrosos e o branco são as principais escolhas do estilo rústico. Nisso, entram cores como: bege, terracota, caramelo, marrom, amarelo-mostarda e verde-musgo. Tendo tais cores como base para a composição, os principais elementos da decoração devem apresentá-las, como paredes bege, poltronas ou sofá marrom, entre outros. 

Depois de inseridos os itens nessas tonalidades, é possível adicionar elementos de menor peso que sejam de outras cores diferentes a essas, mas esse não deve ser o ponto focal da decoração.

Iluminação acolhedora

A iluminação no estilo rústico tende a ser aconchegante e suave. Para criar ambientes apostando nesse estilo, aposte em luminárias de piso, teto ou mesmo de mesa, abajures e pendentes, para criar efeito de meia-luz. 

Você também pode escolher lâmpadas de iluminação amarelada ou mesmo de uma potência mais fraca, que vão criar um clima mais suave e intimista. O efeito será a de uma casa de fazenda.

Natureza sempre presente

Como já dissemos, o estilo rústico contempla o que é do campo, ou seja, natural. Portanto, a natureza deve se fazer presente em peso! E o principal elemento que remete a ela são as plantas. Em decorações rústicas, plantas de diferentes espécies, folhagens e tamanhos podem (e devem) ser inseridas em qualquer cômodo da casa.

Outra dica é fazer uma mistura de diferentes espécies e também abusar dos diferentes tipos de vasos e suportes. Dê preferência para vasos, cestas e cachepots com aspecto natural, como os de madeira, barro, fibras e palhas naturais. 

Artesanato

O que também não pode faltar é o fator feito à mão. Objetos decorativos e itens têxteis feitos à mão atribuem muito o aspecto natural à casa. Além disso, tais itens imprimem muita personalidade e agregam um valor estético muito importante para a composição.

Dessa forma, aposte em objetos decorativos de cerâmica, dando preferência para os advindos do artesanato local, itens de crochê, tricô, trançados de palha e também quadros e outros artigos de arte. 

Móveis

A madeira é o principal material dos móveis rústicos. É ela que imprime aos ambientes o caráter rural. Portanto, seja em salas, cozinhas ou quartos, use e abuse da madeira em suas diferentes tonalidades na decoração. O cobre também é bem visado na decoração rústica; assim, banquetas, mesas e outros móveis, por exemplo, podem ter elementos de cobre. Ainda, você pode buscar comprar móveis rústicos disponíveis para venda, lembrando sempre de portar uma trena na hora da compra, para checar que o seu cômodo comporta o item, ou também encomendar a produção desses itens com artesãos e marceneiros, trabalhando ainda mais o caráter natural da decoração.