Os periquitos são aves especiais e queridas em todo o mundo, principalmente no Brasil, pois se trata de uma raça carinhosa e amável, permitindo que as pessoas consigam criá-los de forma prática e acessível dentro de casa. 

No Brasil, ter um animal de estimação está longe de ser algo que foge da nossa realidade, pelo contrário, é mais comum do que possamos imaginar e quando falamos da criação de aves, os brasileiros sabem como cuidar das mais diversas dentro de casa, como: 

  • Calopsitas;
  • Papagaios;
  • Patos;
  • Galinhas;
  • Galos;
  • Pintinhos;
  • Entre outros. 

Entretanto, ainda assim é importante entender a fundo como cuidar dos seus periquitos, pois mesmo sendo uma ave como outra qualquer, também possui características únicas e uma personalidade muito diferente da do restante das aves que vemos. 

Os periquitos são pássaros bem pequenos e coloridos, com tons vibrantes e conhecidos por terem um piado bem alto, fino e forte, que faz qualquer pessoa se dar conta de que naquela casa tem uma ave alegre e divertida. 

Assim como profissionais da área da saúde contam com uma etiqueta hospitalar para conseguir diferenciar seus pacientes, existem donos que contam com determinadas características de seus periquitos para conseguir identificá-los. 

Alguns donos colocam um nome específico, se atentam a alguma marca de nascença ou até mesmo usam pequenos acessórios que identifiquem o seu periquito, caso ele venha a fugir e precise ser procurado. 

Acontece que, mesmo com tudo isso, é de suma importância que você saiba como cuidar do seu periquito da forma correta, por isso, hoje iremos apresentar algumas dicas que serão essenciais para te ajudar nessa missão. 

Conheça a origem e personalidade dos periquitos 

Para começo de conversa, é importante que entendamos um pouco mais sobre a origem dos periquitos e sobre a personalidade deles, afinal de contas, assim como qualquer pessoa, eles também possuem uma personalidade própria. 

É possível encontrar gaiolas de qualidade para seus periquitos na internet com a mesma facilidade em que encontra caixas em acrílico que podem ser usadas até mesmo para armazenar algumas coisas da sua ave. 

As gaiolas são extremamente importantes para que eles possam viver em paz, fora isso, é importante que eles se sintam confortáveis em qualquer espaço, pois vieram de um país onde o clima era muito favorável para sua espécie, estamos falando da Austrália. 

Eles, que viviam em grandes bandos no país de origem, começaram a chamar a atenção dos europeus e comerciantes, que acharam as aves lindas e passaram a ver como elas poderiam ser usadas como moedas de troca e mercadoria. 

Sendo assim, os periquitos passaram a ocupar diversos países do mundo como produtos à venda e vieram parar no Brasil, um país tropical que fazia com que eles pudessem viver em paz em meio a tanta natureza. 

Não é à toa que, hoje, diversos projetos ambientais desenvolvidos no Brasil se preocupam em como os periquitos irão ser impactados, afinal de contas, se trata de uma ave com uma personalidade tequila, carinhosa e amigável, que raramente fará mal a alguém. 

Esse é um dos principais motivos pelos quais tantas pessoas se apaixonam por essa ave, pois se trata de uma que é amigável e carinhosa, perfeita para ter dentro de casa como uma boa companhia, mas isso não significa que os cuidados são dispensáveis. 

Tendo isso em vista, é importante que entendamos como os cuidados com os periquitos é muito mais do que um capricho, mas uma necessidade que visa uma melhor qualidade de vida para eles. 

10 dicas para cuidar do seu periquito 

Agora que você já conhece mais sobre a origem e a personalidade dos periquitos, chegou o momento de entender como cuidar deles da forma correta, para isso, selecionamos 10 dicas que irão ser essenciais nesse processo. Confira: 

1 – Tenha uma gaiola apropriada 

A primeira delas é justamente contar com uma gaiola apropriada, pois ela será a casa do seu animal, assim como uma pessoa deseja um transporte rodoviário confortável para viajar, ela também deve oferecer o melhor para a sua ave. 

Sendo assim, você pode procurar por diversas opções de tamanhos e materiais de gaiolas e até mesmo os famosos viveiros, que são bem espaçosos e farão com que o seu periquito se sinta bem mais confortável e feliz naquele espaço. 

2 – Apare as asas de tempos em tempos 

Por se tratar de uma ave, é claro que os periquitos possuem asas que, se não forem devidamente aparadas, poderão ser usadas para que ele consiga levantar voo e fugir de casa na primeira oportunidade que ver. 

Pensando nisso, é de extrema importância que você apare as asas do seu periquito de tempos em tempos, pois assim, ele não consegue levantar voo para fugir. Caso não saiba aparar, leve-o a um veterinário ou profissional que poderá te ajudar com isso. 

3 – Ofereça brinquedos para eles 

Além disso, é extremamente importante que o seu periquito se divirta, seja dentro ou fora da gaiola, seja em sua casa ou até mesmo em sua empresa de gerenciamento de impressão, para isso, os brinquedos são indispensáveis. 

Por incrível que possa parecer, os periquitos amam brincar com pequenos objetos, principalmente os fofos e moles que ele pode bicar sem medo, sendo assim, contar com alguns deles é essencial para que o seu animal se sinta ainda mais feliz. 

4 – Evite pegá-los com luvas 

Na hora de tirar o seu periquito da gaiola, é preciso que tome muito cuidado, pois nem sempre pegá-lo com uma luva, como a maioria das pessoas fazem, é o ideal, pois isso acaba assustando a ave, que pode pensar o pior. 

Por isso, o ideal é que você use um pequeno pano ou até mesmo um acessório específico para retirar o animal da gaiola, pois assim, você evita que ele fique muito assustado e possa te machucar ou até machucar ele mesmo. 

5 – Não dê alimentos que fogem de sua dieta 

Quando falamos de cuidados com os periquitos, não podemos deixar de falar sobre a importância da alimentação, assim como é importante contar com uma dedetizadora São Paulo de tempos em tempos, é importante cuidar da alimentação de suas aves. 

Normalmente, os periquitos se alimentam de sementes naturais, sendo assim, tal dieta deve ser respeitada, é importante que você evite dar quaisquer alimentos que fujam desses, pois isso pode acabar gerando graves problemas de saúde neles.

6 – Mantenha o espaço deles bem limpo 

Fora isso, também não podemos deixar de falar sobre a importância de manter o espaço em que seus periquitos ficam bem limpo e organizado, pois assim, eles se sentirão bem mais felizes e você terá uma casa bem mais higiênica. 

O recomendado é que as gaiolas sejam limpas todos os dias e lavadas todas as semanas, pois assim, você evita o acúmulo de sujeira, de sementes lançadas e até mesmo das próprias necessidades das aves, que são feitas dentro da gaiola. 

7 – Solte-os com frequência, mas com cuidado  

Outra dica muito importante é soltar os seus periquitos, mas com cuidado, pois caso tenha a suspeita de uma possível praga no ambiente, chame uma empresa de controle de pragas antes para que elas não tragam problemas para a sua ave. 

Com isso, você poderá soltar o seu periquito em um espaço aberto ou em um cômodo fechado para lhe fazer companhia, além de ser algo novo para ele, que só fica dentro da gaiola todos os dias. 

8 – Se puder, tenha mais de um 

Os periquitos são animais que amam viver em comunidade, normalmente, eles se sentem muito tristes e solitários quando não possuem um outro animal da mesma raça para compartilhar o dia a dia, mesmo que dentro de uma gaiola. 

Por isso, se você puder e quiser, tenha mais de um periquito, pois assim, você garante que ambos poderão fazer companhia um ao outro e se divertirem na maior parte do tempo, trazendo mais qualidade de vida para cada um deles. 

9 – Mantenha a frequência no veterinário 

Contar com bons profissionais é essencial para qualquer tipo de ação, contamos com profissionais de qualidade para ministrar um curso de saneamento ambiental e também com profissionais especializados nos cuidados com os animais.

Sendo assim, é de suma importância que você mantenha a frequência no veterinário, levando o seu periquito para realizar consultas e exames constantemente, pois assim, consegue evitar problemas e já tratá-los, se detectados.

10 – Tenha paciência e ame o seu animal 

Por fim, mas longe de ser menos importante, tenha muita paciência para cuidar do seu periquito, pois assim como qualquer outro ser vivo, trata-se de um animal que precisa de cuidado e amor para viver com qualidade.

Com dicas como essas, será mais do que possível cuidar muito bem do seu periquito e garantir que ele tenha uma vida longa e saudável como um de seus melhores amigos e o protagonista de momentos especiais ao seu lado. 

Considerações finais 

Dessa forma, você conseguirá não só cuidar do seu periquito, mas garantir que ele tenha uma boa qualidade de vida e ainda aprenderá mais sobre a importância de cuidar de quem amamos e mantê-los sempre saudáveis e seguros. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.