Pesquisa revela que maioria bipartidária dos americanos é contra resgate de bancos com dinheiro dos contribuintes

Uma pesquisa Reuters/Ipsos concluída na quarta-feira mostra que uma maioria bipartidária dos americanos é contra a ideia de os contribuintes pagarem a conta quando a má administração leva à falência de um banco. 84% dos entrevistados, incluindo uma forte maioria de republicanos e democratas, acreditam que os contribuintes não deveriam pagar por problemas causados por administração bancária irresponsável.

Os resultados da pesquisa apontam para um potencial problema político para o governo do presidente norte-americano democrata, Joe Biden, caso a instabilidade no setor bancário dos EUA piore e leve a uma ação mais agressiva do governo.

A pesquisa mostra ainda que 49% dos americanos — 40% dos republicanos e 55% dos democratas — disseram ser a favor de resgates governamentais de instituições financeiras. No entanto, o apoio a resgates era ainda mais morno uma década antes, quando os Estados Unidos saíam de uma crise financeira contra a qual o governo lutou gastando centenas de bilhões de dólares em resgates bancários.

Cerca de metade dos entrevistados na pesquisa disse ter ouvido falar em pelo menos uma quantidade razoável sobre a implosão do Silicon Valley Bank. Entre os entrevistados, 68% disseram ter pelo menos um nível razoável de confiança na estabilidade de seu próprio banco, e a mesma porcentagem tinha pelo menos esse nível de confiança nos bancos em geral.

Cerca de 77% dos entrevistados disseram que os acionistas e executivos que lucraram com um banco nos dias anteriores à falência deveriam devolver esses fundos aos depositantes.

Os reguladores dos EUA prometeram recuperar todos os depositantes do Silicon Valley Bank e Signature Bank, mesmo aqueles com contas acima do limite padrão de 250.000 dólares do Federal Deposit Insurance Corp, sem que os contribuintes tenham que cobrir quaisquer custos. Empresas constituem muitos dos clientes bancários cujo dinheiro não havia sido previamente garantido pelo governo.

A pesquisa Reuters/Ipsos mostrou amplo apoio bipartidário aos depósitos bancários de apoio de Washington: 78% dos consultados disseram que o governo deveria garantir os depósitos de indivíduos e 70% disseram que Washington deveria apoiar os depósitos de empresas.

Sem avaliações ainda
Redação
Para falar conosco basta enviar um e-mail para redacaomeioambienterio@gmail.com ou através do nosso whatsapp 021 989 39 9273.