Picanha é a 2ª melhor comida do mundo, segundo o pelo Tasteatlas Awards

A culinária brasileira é, sem dúvidas, uma das mais saborosas e diversas do mundo. E, não à toa, a comida brasileira é elogiada e premiada mundo afora por sua mistura de sabores, texturas e combinações. O churrasco brasileiro, por exemplo, que é o queridinho dos nascidos em terra verde e amarela, ganhou um privilégio a mais em 2022: a picanha brasileira aparece em 2º lugar entre os melhores pratos do mundo pelo Tasteatlas Awards. 

O ranking das melhores receitas do Tasteatlas, que é uma plataforma croata, é acessado por frequentadores, profissionais e também turistas internacionais de todo o mundo, e funciona como um mapa gastronômico interativo. 

Lá, quem o acessa pode ver receitas, artigos, críticas de pratos e informações sobre ingredientes utilizados – e também pode avaliar as receitas exibidas. A picanha brasileira ganhou a segunda melhor crítica da plataforma entre as 100 melhores comidas tradicionais do mundo. 

Por que a picanha é tão popular?

De acordo com dados do Ministério do Turismo do Brasil, a carne bovina segue padrões rigorosos para ser produzida e entregar um alto valor de qualidade, inclusive para os padrões do mercado exterior. Cerca de 25% das 9,7 milhões de toneladas produzidas pelo Brasil são exportadas para outros países. Isso faz com que a picanha se torne famosa não só aqui, mas também em várias partes do mundo que apreciam pratos à base de carne bovina brasileira.

Ceres Rebêlo, premiada chef do Piauí e que trabalha há 28 anos no setor gastronômico, destacou a popularidade da picanha vinculada aos elementos socioculturais, que influenciam a escolha das pessoas. Ela enfatiza que o sabor, o hábito de comer carne e a saciedade são fatores que determinam as características de uma culinária local – e a picanha atende muito bem aos critérios de saciar, ter um sabor suculento e estar dentro do hábito de comer carnes da sociedade brasileira. 

E isso é benéfico para a saúde quando aliado a uma boa dieta, baseada em orientações de um nutricionista, visto que o consumo de proteínas é incentivado para quem treina. Em alguns casos, também pode ser benéfico aliar à alimentação o whey protein e outros suplementos, para impulsionar o desempenho.

Outros pratos brasileiros, como a vaca atolada, a moqueca de peixe e o feijão tropeiro, também estão no ranking do Tasteatlas em posições de destaque. O primeiro lugar ficou para o karê, prato típico do Japão que leva cebola, legumes, carnes, arroz e curry.