Crédito: iStock

Se há algo que faz toda a diferença na jornada do cliente do e-commerce, esse fator é, sem dúvidas, a logística de entrega. O processo é um dos aspectos mais importantes para o sucesso de qualquer comércio eletrônico, posto que os consumidores dessa modalidade estão cada vez mais exigentes em relação ao prazo e à qualidade da entrega dos produtos comprados. 

Um produto que não foi bem embalado ou com uma caixa avariada pode impactar a experiência do cliente e, por consequência, diminuir o alcance do e-commerce. Vale lembrar que avaliações negativas compreendem principalmente processos de entrega – e que o consumidor busca por essas avaliações na hora de embasar sua compra.

Outro ponto é que um dos maiores fatores que contribui para o abandono do carrinho de compras em sites e aplicativos gira em torno do frete, seja pelo valor alto ou mais elevado que o esperado pelo consumidor, seja pela demora de entrega. Assim, confira algumas dicas de como o processo de entrega pode impactar o crescimento do e-commerce.

Seja honesto e cumpra o prometido

Todos sabem como é frustrante pedir algum produto pela web, ficar ansioso pela chegada e, no dia, não receber a compra. Ainda mais frustrante é ter que cobrar uma explicação pelo atraso da entrega do produto. 

Esse tipo de situação desgastante para o consumidor faz com que ele pense duas vezes antes de comprar de novo naquele mesmo site ou aplicativo. Os prazos estipulados de entrega devem ser seguidos à risca, e não há problema algum em prever um prazo de entrega maior do que o necessário, a fim de ter alguma margem de erro para imprevistos, mas o contrário deve ser evitado a todo custo.

Gerencie o estoque de forma inteligente

Ao contrário das lojas físicas, o e-commerce funciona 24 horas, podendo ser acessado a qualquer momento do dia, noite ou madrugada. Por isso, é de extrema importância um monitoramento constante do nível de estoque. Mercadorias em excesso geram custos desnecessários de armazenamento e são mais suscetíveis a avarias em suas embalagens, ou, em casos mais extremos, nos produtos contidos nelas. E um produto ou uma embalagem danificada é profundamente impactante na experiência do cliente. 

Por outro lado, pouca quantidade de produtos estocados também pode acarretar em problemas de logística. A depender da demanda, o baixo armazenamento pode impedir o atendimento de todos os pedidos, o que leva à perda de vendas e a um prejuízo para a imagem da empresa.

Invista em profissionais capacitados

Como em todas as áreas, no e-commerce, não poderia ser diferente. O investimento em profissionais capacitados para gerenciar o processo de estocagem e entregas é crucial para um desenvolvimento saudável da marca. Durante o curso de logística, o profissional fica apto a desenvolver métodos mais eficientes e, portanto, mais rentáveis de entregas e gerenciamento do estoque. 

E a vantagem é que um processo de estocagem e entrega mais eficiente torna melhor a taxa de conversão de clientes para o seu e-commerce.

Utilize o rastreio de encomendas

Com o sucesso de um negócio, é muito provável que a grande quantidade de encomendas cause confusão. A recomendação para evitar esse cenário é adotar um sistema de rastreio que, no eventual aparecimento de um problema, pode auxiliar para uma correção rápida e precisa.

Muitos dos chamados de SAC nos e-commerces são relacionados a rastreio de pedidos. Fornecer formas de o consumidor acompanhar a situação do envio de sua encomenda pode evitar boa parte dessas reclamações, liberando, assim, a equipe de atendimento para voltar a atenção à resolução de problemas maiores ou mais emergenciais.

Gostou dessas dicas? Se sim, compartilhe com seus familiares e amigos, e também em suas redes sociais. Receba conteúdo gratuito, diariamente, e siga-nos no Google News.