A gravidez é um momento muito importante na vida de qualquer mulher. Assim, é importante saber identificar os sintomas de gravidez, quando eles surgem. 

É também um momento que pode trazer muita alegria ou apreensão, quando a gestante decide contar para familiares e amigos que está esperando um bebê. 

Mas, quais são os primeiros sintomas da gravidez e como a mulher deve contar às pessoas próximas que está gestante. Confira! 

  1. Quando surgem os primeiros sintomas da gravidez? 

Há bastante variação de mulher para mulher. Algumas sentem os sintomas com mais intensidade, mas outras com menos. 

Mas, em geral, os primeiros sintomas de gravidez aparecem entre a segunda e terceira semana de gestação. 

Nesse período, os seios se apresentam mais doloridos. Além disso, a mulher também pode apresentar inchaço abdominal. 

E também é comum a mulher sentir-se mais cansada e com sono. De fato, o sono também costuma ser um sinal bastante comum durante os primeiros meses da gestação. 

Na quinta semana, surgem os primeiros enjoos. 

Vale a pena lembrar que esses primeiros sintomas da gravidez não são uma regra. Conforme já dissemos, algumas mulheres sentem, outras não. 

  1. Quais são os primeiros sintomas da gravidez? 
  • Inchaço nos seios; 
  • Abdômen inchado; 
  • Corrimento cor-de-rosa; 
  • Cansaço excessivo; 
  • Sono fora do normal; 
  • Enjoos, sobretudo pela manhã.
  1. O que fazer quando surgirem os primeiros sintomas da gravidez? 

Gravidez não é doença, mas é importante você estar bem, para uma gravidez saudável. Portanto, o ideal é sempre entrar em contato com seu médico, sobre orientações sobre os sintomas. 

Existem medicações que podem ajudar em minimizar os sintomas. Porém, lembre-se que qualquer medicação, no caso da gestante, tem que ser prescrita pelo obstetra. Ou seja, nunca se automedique, se você estiver grávida. 

Além disso, algumas dicas podem ajudar. 

No caso dos enjoos, eles costumam desaparecer à medida que a gravidez progride e são bastante raros no segundo semestre. 

Assim, procure não ficar muito tempo em jejum. Opte por alimentos que não te causem enjoo, como suco de limão e picolé de limão, por exemplo. 

Caso esteja difícil se alimentar com alimentação sólida, opte por sucos ou vitaminas. Assim, você consegue se manter hidratada e ainda terá as calorias do suco ou da vitamina para te deixar bem.

No caso do cansaço e do sono, não tem jeito: é o seu corpo dizendo que você precisa descansar. Então, aproveite poucos momentos, caso seja possível e tire uma soneca. Esse cansaço e sono excessivo também tendem a diminuir no segundo semestre. 

Qualquer outro sintoma, caso te procure, procure seu obstetra e tire todas as suas dúvidas. 

  1. Como contar que você está grávida?

Contar que você está grávida pode ser um momento de muita felicidade ou também muito estresse para a mulher. Afinal, quando é o momento ideal? Será que é cedo demais? Devo esperar? 

O que muitas pessoas recomendam é esperar até o terceiro mês de gestação para contar. Mas, essa é uma escolha da mulher. Ela também pode optar por contar assim que a gestação for confirmada com um exame de sangue e ultrassom. 

Por isso, mais uma vez, não existe regra, mas alguns conselhos do que pode ser melhor. Vamos dar algumas dicas sobre como passar por esse processo, para que seja uma boa experiência para a gestante. 

  1. Para o parceiro 

Contar sobre uma gestação para o parceiro pode ser um momento de grande alegria, ou tensão. Portanto, algumas ideias podem incrementar ainda mais o momento. Uma ideia é comprar um sapatinho de bebê e dar de presente ao parceiro. 

A mesma ideia, do presente surpresa, pode ser feita com um body de bebê, que também pode ser dado de persente. Certamente, o homem ficará surpreso e essa pode ser uma maneira bastante delicada de transmitir a notícia. 

  1. Para a família 

A família certamente gostará de participar do momento do anúncio da gravidez. Assim, uma boa ideia é marcar um almoço, com os membros da família que você queira que estejam lá nesse momento. 

Uma ideia, caso você não queira fazer você mesma o anúncio, é entregar pequenos mimos, como um sabonetinho em forma de pezinho de bebê para cada membro da família. O presente já deixa claro que em breve a família terá um novo membro. 

  1. No trabalho 

É importante avisar sobre a gravidez no trabalho, visto que muitas vezes, a chefia precisa se organizar para como ficará o trabalho quando você estiver de licença. 

Embora você possa pensar: “isso é vida pessoal, não tem porque contar antes assim!”, na verdade, contar com alguns meses da gestação mostra que você tem preocupação com seu trabalho e não quer deixar ninguém na mão. 

Você pode contar, para seu chefe, primeiramente e depois anunciar para toda a equipe. Assim, você consegue que sua chefia reorganize os processos, com antecipação. 

Por último, lembre-se: a gravidez é um momento especial na sua vida! Aproveite e curta todo esse processo! 

Gostou dessas dicas? Se sim, compartilhe com seus familiares e amigos, e também em suas redes sociais. Receba conteúdo gratuito, diariamente, e siga-nos no Google News.