O reiki é uma terapia holística centenária originária do Japão muito utilizada em humanos e vem se tornando cada vez mais forte na vida dos animais devido aos vários benefícios que ela proporciona aos pets. 

Essa técnica ajuda o tratamento de várias doenças e também em comportamentos dos pets, como nervosismo e ansiedade, promovendo a chamada “cura pela mão”. 

Kathleen Prasad, professora de meditação, autora e especialista em Reiki Animal, relata a sua experiência com essa técnica. 

“Quando eu praticava Reiki em mim mesmo, meu cachorro e cavalo eram atraídos como ímãs para mim. Meu cachorro deitava desajeitadamente sobre meus pés para estar perto, um comportamento que ele nunca havia mostrado antes. 

Meu cavalo se aproximava e se inclinava para mim, muitas vezes caindo em um sono profundo. Este era um comportamento que eu nunca tinha experimentado com ele antes.”, explica.

“Parecia que o Reiki lhes dava, assim como a mim, uma sensação semelhante de bem-estar e paz. Isso foi emocionante porque os animais pareciam ser capazes de se beneficiar do espaço pacífico do Reiki mesmo quando eu não estava propositalmente “dando” Reiki ou mesmo tocando neles”, completa. 

Quer aprender mais sobre o Reiki para os animais? 

Continue a leitura deste artigo e tire todas as suas dúvidas. 

Quais são os benefícios do Reiki em animais? 

Antes de mais nada, é importante que você entenda quais são os benefícios do Reiki para os animais. Assim, saberá se a técnica é adequada para o seu pet. 

De maneira geral, os animais convivem muito com os seres humanos, por isso, é normal que eles absorvam nossas energias, o que pode ser prejudicial. 

Logo, o Reiki ajuda a reorganizar a energia do seu melhor amigo. 

Em outras palavras, ela contribui para que o pet se sinta mais calmo e menos ansioso. Além disso, a técnica auxilia no tratamento de várias doenças físicas nos animais. 

Entre as principais vantagens do Reiki para os animais estão:  

  • Equilíbrio de distúrbios comportamentais: ansiedade, tristeza, medo, depressão, agressividade; 
  • Alívio da dor;
  • Melhora no sistema imunológico;
  • Redução dos efeitos colaterais de quimioterapia e medicamentos;
  • Abrevia o tempo de recuperação após cirurgias;
  • Auxilia no tratamento de cardiopatia, nefropatia e neoplasia;
  • Traz mais conforto e tranquilidade a animais com doenças terminais;
  • Ajuda no tratamento de inflamações;
  • Reduz o stress em momentos perturbadores como mudança de casa, ida ao veterinário e realização de exames.

Enfim, introduzir as técnicas do Reiki na vida do seu pet é um ato de amor e garantia de mais conforto e bem estar para o animal. 

Contudo, para ter sucesso nessa terapia, é fundamental que ela seja feita por um especialista qualificado na área. 

Como é realizado o Reiki em animais? 

Em síntese, o Reiki em animais é feito da mesma maneira que nos humanos, isto é, com o uso das mãos. Porém, para não causar estresse ao pet, as mãos ficam mais distantes do seu melhor amigo. 

Isso porque cada pet é diferente e alguns podem se sentir incomodados com o calor das mãos em sua pele. 

Contudo, alguns animais sentem a sensação de conforto com o toque. Podemos concluir que, a forma como o Reiki será aplicado dependerá exclusivamente do comportamento do animal.

Existe contraindicação? 

Não. A propósito, o tutor pode escolher o momento que deseja realizar a técnica em seu pet, garantindo mais segurança e o bem estar do animal. 

Lembre-se que o Reiki é um tratamento auxiliar e não deve ser feito isoladamente em casos de problemas de saúde do animal. 

Por isso, sempre consulte um médico veterinário e siga o tratamento indicado em conjunto com essa técnica. 

Quais são os tipos de Reiki? 

Basicamente, há dois níveis de Reiki, que se diferenciam de acordo com o nível de conforto do animal em relação a terapia. São eles: 

Reiki Nível 1

Aqui ocorre o primeiro contato do animal com o Reiki. No início, é comum o pet não se sentir muito confortável e, por esse motivo, a técnica é realizada sem o contato com o animal. 

Geralmente, seu melhor amigo sente um desconforto com a energia que é enviada nas primeiras sessões de Reiki. Porém, tudo feito com muita calma e carinho para que ele se sinta bem e vá para a próxima etapa com tranquilidade. 

Reiki Nível 2

Agora, o animal já se acostumou com a técnica e permite a realização do contato direto, sem limite de distância. 

O avanço de nível, por sua vez, não ocorre de um dia para o outro. Para isso, é necessário ter bastante calma com o animal e ir diminuindo a distância aos poucos, até que ele se sinta completamente à vontade. 

Parece interessante? 

Se você busca por um terapeuta Reiki em João Pessoa, Eric Flor é uma boa pedida. Além dessa técnica, ele é especialista em outras terapias, como acupuntura, laserterapia, florais de bach, entre outros.