A decisão de comprar um faqueiro, a primeiro impacto, pode até parecer fácil, mas não é bem assim. A oferta do mercado é grande, em relação a material, quantidade de peças, dentre tantas outras opções.

Por isso, preparamos esse artigo para você, querido leitor, para lhe ajudar a matar a sua dúvida de ‘como escolher um bom faqueiro’. Levaremos em consideração todos os fatores possíveis, para que todos possam ter e escolher um bom faqueiro.

Vamos lá?

Como escolher a melhor marca de faqueiro?

Existem diversas marcas boas disponíveis no mercado, a grande questão é qual melhor se adapta à sua necessidade. Por isso, vamos falar sobre os seguintes pontos, que devem ser levados em consideração no momento da escolha de um faqueiro, para que fique mais fácil a sua escolha:

  •  Número de peças;
  • Material;
  • Ocasião; e
  • Suporta, ou não, ir a lava-louças.

Número de peças

Uma das coisas importantes quando se trata de um faqueiro é o número de peças, pois, ele irá definir até quantas pessoas aquele faqueiro serve e, também, poderá ser definitivo em relação a variedade de peças.

De modo geral, os faqueiros podem variar de 24 até 100 peças. Entretanto, a quantidade de peças nem sempre estará ligada diretamente com a quantidade de pessoas que aquele faqueiro pode servir, visto que um faqueiro com muitas peças pode ser por ter talher de servir, por exemplo.

Dito isso, em relação à quantidade de peças do faqueiro, deve-se levar em consideração que você precisa, como talheres de jantar e sobremesa, ou se você precisa de talheres de servir e até específicos para peixes. Decidido esse ponto, é necessário ver quantas pessoas, em média, poderão participar da mesma refeição. Com isso em mente, ficará fácil saber qual a sua necessidade em quantidade de talheres. 

Material

Outro ponto crucial na escolha de seus talheres é o material, que irá intervir não só na forma que aquele utensílio deve ser cuidado, como, também, em seu design e peso. Para facilitar a visualização das opções disponíveis, confira a lista abaixo, nela temos todos os materiais disponíveis:

  • Prata;
  • Aço inox; e
  • Metal.

 Os materiais mais comuns e indicados, são os que acabamos de citar. Os talheres de prata são extremamente resistentes e duram a vida toda, em contrapartida tendem a serem mais pesados e mais caros, indicados para ocasiões especiais.

Os talheres de metal já foram muito usados e seguem sendo até hoje, das três opções eles são os mais baratos, entretanto, não são tão resistentes e podem escurecer com o tempo. Por fim, tem-se os talheres de aço inox, que são os mais comuns nos dias atuais, causando qualidade e custo benefício.

Ressalto, aqui, que, além destas matérias, existem outros, porém não são tão resistentes, não valendo o investimento. Para mais, existem os talheres de aço inox com cabo de madeira, comumente são indicados para churrasco, visto que possuem facas mais fortes.

Escolha de acordo com ocasião 

A escolha em relação a ocasião é sim de grande importância, mas, de forma geral, ela deve acontecer caso você já tenha um faqueiro para o dia a dia ou esteja disposto a investir em dois.

Geralmente, os faqueiros de aço inox são os mais indicados para o dia a dia, por serem versáteis, não serem tão pesados e possuírem um bom custo benefício. Além disso, é possível encontrar no mercado, faqueiros de aço inox bonitos para ocasiões especiais, porém serão mais caros.

Isso posto, a minha sugestão é que se houver possibilidade financeira, invista-se em um faqueiro de aço inox para o dia-a-dia e um outro faqueiro para ocasiões especiais, de preferência de prata, que costumam ser mais trabalhados e ornamentados.

Porém, se sua procura for por um faqueiro para churrasco, para colocar em uma área gourmet com churrasqueira, a opção mais acertada são os faqueiros de aço inox com cabo de madeira, que possuem essa finalidade e ainda dão a opção de virem em um cepo, excelente para comporem a decoração do ambiente.

Modelos que vão à lava-louças

Por fim, mas não menos importante, é necessário levar em consideração qual o cuidado você poderá ter com o seu faqueiro. Nos dias de hoje é muito comum termos lava-louças em casa e, após aquela reunião em família, nada mais prático que colocar tudo dentro dela, não é?!

Por isso é necessário saber que os talheres de aço inox podem ir à máquina de lavar louças, desde de seu primeiro uso, e irão sair simplesmente brilhando. Vale aqui, ressaltar que, os talheres de aço inox com cabo de madeira não podem ir a lava louças, ok? Elas podem danificar a parte de madeira.

Os talheres de metal também não devem ser colocados na lava louças, visto que podem escurecer. Assim como os talheres de prata, que até podem ser colocados na lava louças, mas, somente, após algumas lavagens normais.

Conclusão

Chegamos ao fim de mais um artigo e tenho certeza que agora você sabe muito mais sobre os faqueiros, porém, sei que você continua aí se perguntando, “Tá, mas e ai, qual é a melhor opção? ”.

Dentre tudo que foi dito, fica claro que, de forma geral, para o dia-a-dia ou até mesmo para reuniões não tão chiques, um bom faqueiro de aço inox é o mais indicado, sendo prático, com bom preço, ótima durabilidade e suportando lavagens na máquina de lavar louças.

Por outro lado, se você deseja um faqueiro para coisas específicas, como churrascos ou reuniões requintadas, há a opção de madeira e, também, os faqueiros em prata.

Bem, por hoje fico por aqui e aproveito para lembrar que, caso ainda reste dúvidas, ou simplesmente você queira sugerir algo, basta colocar nos comentários abaixo que iremos te responder!