O Professor Baroni, VP de fundos imobiliários da Suno Research, esclareceu uma das principais dúvidas dos investidores em fundos imobiliários. Ele explica que muitas pessoas tendem a comparar os FIIs com a taxa Selic, que é o juro à vista, mas o mercado mais profissional observa mais os juros futuros. Isso porque esses juros são equivalentes ao prazo médio das carteiras de FIIs.

Para Baroni, é mais sensato fazer uma comparação com o juro real e adicionar um prêmio de risco. Ele exemplifica que se o juro futuro impacta um título público inflação +6,6%, os fundos imobiliários, em média, vão negociar com dividend yield mais próximo de 8,5% a 9,5%, adicionando um adicional entre dois e três pontos percentuais acima do rendimento real pago pelas NTN-Bs.

Quanto à dúvida sobre o cenário onde a taxa Selic cai e o juro futuro sobe, o Professor Baroni destaca que não é simples, do ponto de vista macroeconômico. Ele comenta que é importante entender por que a Selic está caindo e o juro futuro está subindo, já que o mercado pode estar enxergando que esse movimento é artificial e colocando mais risco na ponta longa dos juros.

O especialista ressalta que o investidor precisa entender um pouco disso, e que atualmente, o mercado está “meio insosso”, com o juro futuro muito parecido com o juro à vista, gerando uma certa indefinição. Devido a isso, Baroni alega que “temos que observar, vamos ver como é que vai se desenvolver ao longo dos próximos meses”.

Baroni considera que o PIB é um ponto mais importante para os FIIs do que os juros, apesar de entender que, para a precificação, os juros são ferramentas rápidas. Segundo ele, um movimento de juros que impacta positiva ou negativamente o PIB, a riqueza do país, pode também precificar os FIIs, enfraquecendo ou fortalecendo as empresas, dependendo do movimento de juros observado.

Conhecer e entender o mercado é fundamental para investir em FIIs. O investidor precisa estar atento aos juros futuros, mas também ao PIB e outros indicadores econômicos relevantes. É importante lembrar que cada cenário tem suas particularidades, e uma análise cuidadosa é necessária para tomar a melhor decisão de investimento.