quando foi inaugurado o cristo redentor no rio de janeiro
quando foi inaugurado o cristo redentor no rio de janeiro

O Cristo Redentor é um dos monumentos mais famosos do mundo e uma das principais atrações turísticas do Rio de Janeiro, no Brasil. Neste artigo, vamos explorar a história da construção desse simbólico monumento e compartilhar algumas curiosidades interessantes sobre ele. Além disso, daremos 7 dicas para quem deseja visitar o Cristo Redentor.

A história da construção do Cristo Redentor

O Cristo Redentor foi construído para comemorar o centenário da independência do Brasil e para demonstrar a fé católica do país. A ideia de construir um monumento religioso no topo do Morro do Corcovado surgiu no final do século XIX e foi oficialmente aprovada em 1921. A construção do monumento começou em 1926 e durou cerca de 5 anos. Em 12 de outubro de 1931, o Cristo Redentor foi inaugurado em uma cerimônia emocionante, presidida pelo então presidente do Brasil, Getúlio Vargas.

Curiosidades sobre o Cristo Redentor

  1. O Cristo Redentor é uma estátua de concreto revestido com pedras brancas e cobre. Sua altura é de 30 metros e pesa cerca de 1.100 toneladas.
  2. A estátua foi projetada pelo engenheiro brasileiro Heitor da Silva Costa e esculpida pelo escultor francês Paul Landowski.
  3. A cabeça do Cristo Redentor é inclinada ligeiramente para o lado, o que lhe confere uma expressão amigável e acolhedora.
  4. O monumento é iluminado à noite, o que permite que seja visto de longe. Além disso, ele é rodeado por uma plataforma circular, de onde é possível ter uma vista panorâmica da cidade.
  5. O Cristo Redentor é um símbolo de esperança e paz para muitas pessoas ao redor do mundo. Em 2007, ele foi declarado Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO.

7 Dicas para visitar o Cristo Redentor

  1. Chegue cedo para evitar filas e aproveite ao máximo a vista da cidade.
  2. Use roupas confortáveis e calçados adequados para a caminhada até o topo do Morro do Corcovado.
  3. Leve água e alimentos para repor suas energias durante a subida.
  4. Certifique-se de trazer dinheiro suficiente para pagar a entrada no parque e o transporte para o topo do Morro do Corcovado.
  5. Se você tem medo de altura, não se preocupe, pois a subida é gradual e a plataforma circular oferece proteção.
  6. Não se esqueça de levar uma câmera para capturar as belas paisagens e lembrar da visita para sempre.
  7. Se possível, evite dias de muita chuva ou mau tempo, pois a vista pode ser comprometida.

Em resumo, a visita ao Cristo Redentor é uma experiência inesquecível para quem visita o Rio de Janeiro. Com sua história rica, curiosidades interessantes e vista panorâmica espetacular, é uma parada obrigatória para quem deseja conhecer melhor a cidade. Siga nossas dicas e aproveite ao máximo sua visita a esse icônico monumento.