O número de pessoas que fazem tatuagens está aumentando, assim como o número das que se arrependem de tatuar o seu corpo e acabam procurando um consultório de um dermatologista para obter ajuda. Vemos as pessoas se arrependerem por alguns motivos, mas os principais são: tatuar o nome de uma pessoa que já não faz mais parte da sua vida, razões profissionais, como nos casos em que a pessoa vai trabalhar em uma empresa e percebe que a tatuagem feita não condiz com o local de trabalho, além de estar muito exposta, entre vários outros motivos que as levam a se arrependerem e buscar formas de realizar a sua remoção.

Nos dias atuais, uma das melhores formas de realizar a remoção de uma tatuagem é recorrendo a um laser para remoção de tatuagem. Esse equipamento consegue remover tatuagens que estejam nas camadas mais profundas da pele do paciente, fazendo com que ele obtenha um resultado satisfatório. No entanto, este resultado depende de vários fatores que iremos falar um pouco mais ao longo do texto. Mas é comum ter dúvidas sobre os procedimentos de remoção de tatuagem: A tatuagem saiu completamente? Existem áreas no corpo que são mais complexas para remover o desenho? Essas e outras perguntas serão respondidas no texto abaixo, portanto, para não perder nada, continue a leitura e fique por dentro de tudo que reunimos sobre o assunto.

É possível remover completamente uma tatuagem utilizando o laser?

De forma clara, não! Em determinados casos, ainda que seja utilizado uma máquina de remoção a laser, não é possível remover de forma completa a tatuagem da pele de um paciente. Isso porque o resultado depende de muitos fatores alheios à vontade do profissional responsável pela remoção. Um exemplo de fator que pode contribuir para que a tatuagem seja mais difícil de remover é a cor utilizada no desenho, assim como a tecnologia usada.

Porém, para tranquilizar as pessoas que estão querendo remover completamente uma tatuagem, saiba que existem outros aparelhos capazes de realizar esta remoção de forma completa e sem deixar nenhum resquício da tatuagem, conforme explica um dos maiores dermatologistas do país, o doutor Abdo Salomão.

Conforme o membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, as melhores opções de lasers que podem ser utilizados para remover uma tatuagem são os q-switched. Este tipo de laser atua por meio de disparos de grandes quantidades de energia em pulsos rápidos. Assim, os pigmentos de tinta acabam sendo fragmentados com mais facilidade e em pedaços cada vez menores. Com isso, o corpo da pessoa é capaz de realizar a absorção do restante da pigmentação.

Ainda sim, existem casos em que sobram alguns resquícios da pigmentação presente na pele, no entanto, ao fazer uso desse tipo de laser, em pouco tempo o aspecto da coloração da tinta acaba melhorando, fazendo com que se torne praticamente imperceptível. Sendo assim, o resultado é uma eliminação gradual da tinta e da tatuagem presente no local.

Quanto tempo demora para remover completamente uma tatuagem?

O procedimento é bastante simples e não leva muito tempo até ser concluído. Alguns dos fatores que podem contribuir para um prolongamento no procedimento é o tamanho da tatuagem. De acordo com dermatologistas, o procedimento de remoção de uma tatuagem pequena leva em torno de 20 minutos para ser concluído. Em tatuagens mais simples e discretas, o tempo para a remoção cai para 2 minutos.

Quanto às sessões, elas também são poucas e, em geral, levam apenas 15 aplicações, intervaladas em cerca de um mês entre cada uma delas. Conforme explica o especialista Salomão, não existe um prazo para a realização de um novo tratamento. Isso porque ele poderá ser repetido uma vez a cada dois meses ou três. Isso varia de acordo com a tatuagem e a vontade do paciente.

Dói remover uma tatuagem?

Uma má notícia para quem quer remover uma tatuagem é que o procedimento de remoção é um pouco doloroso. Algumas pessoas afirmam que ele dói mais do que a própria tatuagem. Isso piora ainda mais, caso tenha sido usada uma grande quantidade de tinta no local, fazendo com que seja mais difícil de remover e acabe sendo bastante doloroso, visto que irá necessitar de algumas sessões a mais.

As tatuagens menos dolorosas de serem removidas são as amadoras. Isso porque são feitas em camadas superficiais da pele e não são tão densas quanto as tatuagens profissionais. Porém, se você tem aversão total à dor, saiba que existem algumas alternativas que podem amenizar um pouco o sofrimento na hora de remover uma tatuagem da sua pele.

Para isso, uma boa opção é fazer uso dos chamados cremes anestésicos. Esses itens, aliados a uma bolsa de gelo e aparelhos capazes de emitir ar gelado na pele dos pacientes são capazes de fazer com que a sessão de remoção seja menos dolorosa. Para isso, basta aplicá-los antes da realização do procedimento. Assim, você terá um grande alívio no desconforto e na dor de passar por um procedimento de remoção de tatuagem.

A cor da tatuagem pode influenciar no procedimento de remoção?

Esse é considerado um dos fatores que mais influenciam ao passar pelo procedimento de remoção de uma tatuagem. Isso acontece porque o laser possui uma afinidade um pouco maior com os pigmentos mais escuros. Logo, é muito mais simples remover uma tatuagem preta do que uma clara.

Sendo assim, se você está pensando em remover uma tatuagem com tons de azul-escuro, marrom ou preto, além de vermelho e verde, fique sabendo que elas serão removidas com mais facilidade. No entanto, se a sua tatuagem tiver tons claros, saiba que é necessário passar por algumas sessões a mais para que seja possível obter um resultado satisfatório na remoção da tatuagem.

Ainda que os equipamentos e técnicas tenham avançado de forma significativa nos últimos anos, eles enfrentam algumas dificuldades no que diz respeito a remoção de cores como amarelo, laranja e branco. Sendo assim, ao fazer uma tatuagem colorida, pense bem no desenho e nas cores que serão utilizadas, pois, caso você se arrependa, poderá levar um pouco mais de tempo e dinheiro para removê-la.