Renato Gaúcho
Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Apresentado nesta terça-feira (5) como novo técnico do Grêmio, Renato fez questão de anunciar que priorizou o Tricolor para a temporada 2022.

Sem clube desde quando deixou o Flamengo após perder a final da Libertadores para o Palmeiras, no Uruguai, Renato rejeitou ofertas na casa dos milhões do futebol árabe neste ano. Nos últimos meses, este treinador também foi especulado como possível técnico do Boca Juniors, depois que a equipe demitiu o treinador Battaglia.

Ìdolo do Grêmio, o nome de Renato era o mais pedido pelos torcedores do Grêmio desde o início da Série B, quando o time de Roger Machado jogava mal em campo. No entanto, depois de alguns bons resultados, principalmente em casa, o ex-técnico finalmente encontrou apoio e o nome do Portaluppi começou a perder força entre a torcida.

Entretanto, após quatro jogos sem vitória, a situação de Roger mudou, deixando o Tricolor com a decisão de reintegrar Renato à equipe.

Renato Gaúcho retrospecto no Grêmio

No time gaúcho, Renato disputou 411 partidas como técnico, conquistando a Copa do Brasil (2016), Copa Libertadores da América (2017), Recopa Sul-Americana (2018) e Campeonato Gaúcho em 2018, 2019 e 2020. .

Com contrato até o final de novembro, o técnico não estabeleceu multa à direção em caso de rescisão do contrato, mantendo assim a linha de seus princípios de nunca colocar no contrato qualquer obrigação ao seu clube de coração