Com a sustentabilidade sendo um termo cada vez mais usado e procurado, as pessoas estão procurando novas práticas e maneiras tanto de ajudar o meio ambiente, como também, encontrar oportunidades de negócio que sejam lucrativas dentro dessa área. 

Uma das principais, sem dúvidas são as empresas de reciclagem.

Cada dia que passa, a preocupação por conseguir reciclar as coisas, desde uma caixa de papelão até uma lata de energético, tem se tornado cada vez maior, por este motivo, as empresas de reciclagem têm ganhado cada vez mais espaço dentro do mercado. 

Para se ter uma noção do seu impacto, o Brasil perde por ano, cerca de R$3 bilhões de reais por não reciclar resíduos sólidos, mas mesmo com todo esse desperdício, o mercado de reciclagem consegue movimentar anualmente cerca de R$12 bilhões de reais. 

Um negócio extremamente rentável, certo? Além é claro, de ajudar o meio ambiente e ajudar a prevenir qualquer dano à natureza, realmente, ter uma empresa de reciclagem é um empreendimento bem interessante em todos os aspectos.

Por este motivo, separamos um passo a passo para você aprender como ter sua própria empresa de reciclagem, está pronto? Então vamos lá!

Passo 1 – Defina o seu nicho

O primeiro passo para montar uma empresa de reciclagem é definir qual será o seu nicho de atuação, ou seja, quais tipos de materiais você irá reciclar dentro de seu negócio.

Qual o resíduo que a sua empresa irá trabalhar? Existe algum específico ou você atuará com vários?

Como todos sabemos, a reciclagem conta com diversos materiais diferentes, então é preciso saber qual deles será o mais rentável e se enquadra melhor com aquilo que você deseja, quase tudo pode ser reciclado, e as pessoas podem até levar uma luva de vaqueta para a sua empresa, então é sempre importante ter conhecimento do que você deseja reciclar. 

Passo 2 – Escolha sua localização

Depois de escolher sua área de atuação, é hora de selecionar a sua localização, empresas de reciclagem não são encontradas em cada esquina, mas podem ser consideradas, até certo ponto, um negócio relativamente comum, então é fundamental saber exatamente qual ponto você quer que o seu negócio fique localizado. 

É sempre importante ficar de olho em dois fatores: um local próximo de uma boa produção do seu nicho escolhido, e se atentar às regras municipais estabelecidas na localidade escolhida, além é claro, da concorrência do local. 

Passo 3 – Confira as exigências legais

Como citado acima, as exigências legais e leis municipais, são parte fundamental para saber se uma empresa pode ou não atuar em determinada região, mas mais do que isso, você precisa reunir alguma documentação obrigatória para conseguir abrir sua própria empresa de reciclagem.

Primeiro é preciso ver se o nome que você deseja já está sendo utilizado junto a Junta Comercial ou Cartório e Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI).

Depois, é preciso fazer a solicitação do CNPJ, da inscrição estadual, alvará de licença e matrícula do INSS, além de consultar quais leis e normas devem ser seguidas. 

Passo 4 – Monte sua estrutura e confira os equipamentos

Você já definiu sua atuação, sua localização e já separou toda a documentação, é hora de começar a planejar a estrutura e os equipamentos que serão utilizados na sua empresa de reciclagem, a decisão do galpão é única e totalmente definida pelo empresário, porém existem alguns tamanhos mínimos que são indicados. 

700m² é ideal para a reciclagem de pneus, enquanto 1.500m² é o tamanho para reciclagem de plástico filme e pet.

Também é preciso ficar de olho nos equipamentos que serão utilizados, e claro que depende muito do tipo de material que será reciclado. 

Um exaustor centrífugo, balanças, prensas hidráulicas, trituradores, enfim, esses são alguns equipamentos que podem estar presentes na sua empresa, dependendo do tipo de nicho escolhido, lembre-se, o investimento inicial pode variar de R$120.000,00 até R$250.000,00, afinal, grande parte dos equipamentos são caros, então esteja preparado para isso.

 

Passo 5 – Faça a contratação de colaboradores e planeje todo o processo produtivo

O último passo é fazer a contratação dos funcionários que irão atuar dentro da sua empresa, operador de máquina, encarregado da produção, motorista, vigia, ajudante de carga e descarga, representante comercial, enfim, existem vários cargos dentro de uma empresa de reciclagem. 

O processo produtivo também deve estar bem alinhado, saiba como irá funcionar a sua reciclagem, estipule uma metodologia, e aplique isso em seu planejamento e no seu projeto. 

O que achou do texto de hoje? Acha que com esses 5 passos você vai conseguir abrir sua empresa de reciclagem de maneira muito mais prática e fácil?

Comente o que achou e não se esqueça de compartilhar com seus amigos!

Gostou dessas dicas? Se sim, compartilhe com seus familiares e amigos, e também em suas redes sociais. Receba conteúdo gratuito, diariamente, e siga-nos no Google News.