Shinzo Abe: Entenda a importância e o legado deixado pelo primeiro-ministro no Japão

Shinzo Abe
Uma figura muito importante para a história do Japão, o ex-primeiro-ministro Shinzo Abe foi brutalmente assassinado em um comício de campanha, pouco antes das eleições para a alta câmara do parlamento do país.

Uma figura muito importante para a história do Japão, o ex-primeiro-ministro Shinzo Abe foi brutalmente assassinado em um comício de campanha, pouco antes das eleições para a alta câmara do parlamento do país.

O evento teve comoção mundial, e chocou principalmente a população local, uma vez que o Japão é conhecido por sua política extremamente rígida contra armas e pela taxa de violência muito baixa no país.

O ex-primeiro-ministro era uma figura muito importante para a política local, e aos 67 anos, havia acabado de deixar o cargo de primeiro-ministro, que exerceu até o ano de 2020. Abe criou uma série de políticas de segurança e externas que até hoje estão em atividade e são estudadas.

Além disso, Shinzo Abe era um dos maiores aliados dos Estados Unidos, principalmente em questões de enfrentamento a ameaças de países como a China e a Coreia do Norte, tornando-se um forte alvo político.

Com o fortalecimento dessa parceria empresas de diversos segmentos conseguiram se desenvolver mais rapidamente, até mesmo empresas que prestam serviço de consultoria técnica ambiental conseguiram se beneficiar com essas novas políticas internacionais.

Abe foi baleado durante um discurso de campanha por duas vezes, e foi levado até o hospital, mas não conseguiu resistir aos ferimentos. Ele apoiava um dos candidatos na Câmara dos Conselheiros do Japão.

O atirador foi detido pela polícia ainda no local, e embora os relatos iniciais apontaram o uso de uma espingarda no atentado, uma análise mais cuidadosa identificou que a arma era artesanal, o que gera ainda mais risco em sua utilização.

Ao ser detido, o atirador alega descontentamento com Shinzo Abe, mas disse que não alimentava nenhum tipo de ódio contra suas posições políticas, e que se tratava de um caso particular.

O Japão possui uma população de 125 milhões de habitantes, mas suas políticas contra armas têm sido extremamente funcionais. No ano de 2021, por exemplo, o país registrou apenas uma morte por armas de fogo.

Ainda que as pessoas possam comprar espingardas e carabinas de ar comprimido, é necessário passar por um rigoroso processo de autorização, que se enquadre nas regras de proteção e controle de armas do país.

Processo semelhante ao que ocorre com um controlador de acesso empresas, onde todas as pessoas que tem autorização são previamente cadastradas e monitoradas, além de ter suas informações no banco de dados da instituição.

Fuzis e revólveres estão fora de cogitação, não havendo nenhuma maneira de comprar esse tipo de equipamento em qualquer lugar do país. Caso uma pessoa se candidate a possuir uma arma, é preciso passar por algumas etapas como:

  • Um dia inteiro de aulas;
  • Teste escrito;
  • Avaliação de saúde mental;
  • Antecedentes criminais;
  • Entrevista com a polícia para o usuário e familiares.

Todos estes elementos têm como principal função proteger a população de crimes com armas de fogo, principalmente ao acesso de forma não controlada.

E mesmo com um despachante aduaneiro logística não é possível importar um armamento legalmente sem autorização do governo.

Uma pessoa que deseja ter posse de arma no japão deve possuir um armário fixado na parede com três fechaduras diferentes para guardar a arma, e a munição deve ser guardada em um local separado.

Quando o proprietário de uma arma morre, o direito de uso não passa para seus parentes. É de responsabilidade da família entregar a arma às autoridades, e caso outra pessoa da família deseje, deve passar pelo mesmo processo e comprar uma nova arma.

O legado de Shinzo Abe

O político passou por períodos como primeiro-ministro, onde teve atuação exemplar e foi um dos principais profissionais no fortalecimento das relações entre Japão e Estados Unidos, tendo uma atuação fora do comum com relação à segurança nacional.

 Assim como ao pesquisar nos buscadores por “datador novos” é possível encontrar diversos resultados, ao pesquisar sobres os feitos de Shinzo Abe é possível encontrar uma grande lista do legado de que ele deixou para a população de seu país e do mundo.

Suas políticas foram tão eficientes que os sucessores de Abe continuaram seus esforços, enquanto ele se manteve um membro ativo dentro da Dieta, o legislativo nacional do Japão. Sua liderança política e partidária foi muito influente.

Durante o período de 2006 a 2007, ele foi o primeiro-ministro mais jovem do Japão no pós-guerra, e reassumiu de 2012 a 2020, sendo considerado o líder mais longevo do país. Shinzo Abe sofria de colite ulcerativa, o que acabou levando-o à renúncia em ambas as oportunidades.

Em sua segunda gestão, por conta do tempo que passou no cargo, acabou conseguindo mais estabilidade e coerência política, garantindo que o Japão se tornasse um ator importante no cenário mundial.

Assim como uma assessoria contábil empresarial ao contribuir para a gestão da empresa consegue com o tempo otimizar os processos, com o tempo na gestão do país, Shinzo Abe obteve grandes avanços políticos.

Abe foi um grande estrategista, criando vários acordos e laços diplomáticos, e expandindo suas negociações e exercícios militares com uma série de países da Ásia, Europa e Oceania, tornando-se um importante aliado destas regiões.

No que tange a segurança do país, Shinzo Abe teve também um impacto real. Ele foi o responsável pela instituição do Conselho de Segurança Nacional, aumentando o orçamento de defesa do país e criando uma série de mudanças na legislação do país.

Com Abe, as defesas contra as incursões territoriais da China aumentaram consideravelmente, garantindo ao Japão muito mais resistência e permitindo a legítima defesa do país.

Assim como uma autorização ambiental é necessária para comprovar que todas as normas estão sendo cumpridas, Shinzo Abe estabeleceu limites necessários para a soberania nacional.

Após um longo período de crescimento lento na economia, Shinzo Abe criou as políticas conhecidas como Abenomics, para incentivar uma melhora mais expressiva e rápida da economia japonesa.

Essa abordagem passava por três frentes, e combinou uma série de reformas na estrutura do país com gastos em infraestrutura e liberdade de política monetária. Abe também liderou uma série de negociações de acordos comerciais com a União Europeia e os Estados Unidos.

O futuro do Japão

Existe muita especulação sobre o futuro do país após o assassinato de Shinzo Abe. Algumas pessoas estão muito temerosas que o cenário político volte a ficar violento, como era no período anterior à guerra.

Entretanto, é preciso pensar que o Japão de hoje é bem diferente daquele período, e existem grandes chances de o cenário político se manter estável, sem nenhuma complicação nesse sentido, além de fortalecer elementos como o monitoramento ambiental.

O atual primeiro-ministro, Fumio Kishida, já anunciou que as eleições para a câmara alta ocorrerão sem nenhum problema, e que haverá um aumento na segurança durante todo esse processo.

Além disso, o evento, embora seja trágico e tenha surpreendido a nação, não fará nenhuma alteração em suas políticas de segurança, principalmente as externas. Kishida reafirmou as linhas que o país irá seguir quando foi visitado pelo presidente americano Joe Biden.

O presidente dos Estados Unidos visitou o Japão na primeira reunião trilateral que aconteceu em quase cinco anos. Esse evento une os líderes do país com as lideranças da Coreia do Sul e do Japão.

O primeiro-ministro Kishida também já deixou claro que pretende ampliar as responsabilidades do Japão no que diz respeito à segurança, principalmente na região Indo-Pacífico.

Recentemente, Tóquio tem reforçado suas capacidades militares, trabalhando em cooperação com exércitos regionais e outros aliados políticos, como a Austrália, França e o Reino Unido, ficando muito mais preparado para defender a região.

Agindo assim como uma defensa metálica simples em uma grande rodovia, na qual ela guia o caminho e previne acidentes mais graves.

Kishida defende ainda que o orçamento para a defesa do país deve ser ampliado, provavelmente dobrando os gastos desse setor, além de desenvolver ferramentas de retaliação para ataques vindos da China e Coreia do Norte.

As preocupações do Japão com ataques chineses têm ficado cada vez maiores, e por conta disso, o país começa a se preparar para defesas, principalmente no setor militar, que conta com equipamentos avançados e treinamento mais efetivo.

Um dos principais alvos ameaçados é Taiwan, que depende do apoio japonês para conseguir passar por um potencial ataque da China, e oferecer uma resposta militar a altura desse tipo de complicação.

Para conseguir controlar a situação, aviões e navios militares americanos estão sendo negociados para a defesa da ilha, garantindo uma segurança maior para a região e protegendo o país de ataques externos.

Shinzo Abe era, em sua essência, um nacionalista, e a defesa de sua pátria era uma de suas principais convicções. Por conta disso, quando deixou o cargo de primeiro-ministro, para cuidar de sua saúde, ele alegou que se sentia insatisfeito por deixar assuntos inacabados.

Mesmo com diversos opositores de seu governo e de seus ideais, Shinzo Abe era uma figura muito respeitada, e seu trabalho foi muito importante para estreitar laços entre o Japão e diversos aliados políticos que seguem até hoje realizando uma série de acordos importantes.

Considerações finais

Um legado político deve ser medido pela capacidade que a pessoa teve de fazer o bem para uma nação. Nesse aspecto, Shinzo Abe será sempre lembrado como um político importante e influente, que tinha muita solidez em sua carreira.

Durante seu período de atividade, Abe venceu seis eleições nacionais, mostrando que o povo estava em sua grande maioria com ele, buscando suas estratégias e mudanças para fortalecer ainda mais o Japão.

Assim como outros membros de sua família, Shinzo Abe trabalhou para a recuperação e fortalecimento de seu país de origem, tornando-se uma figura muito ilustre da nação, que sempre será lembrado.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.