Imagem: Pixabay

Uma condição bem dolorosa e incômoda, com certeza, é a unha encravada. Esse problema de crescimento das unhas é causado por inúmeros fatores.

Existem atitudes que você pode tomar para evitar que essa condição venha a ser um problema constante na sua vida e até impedir que seus dedos sofram com inchaços, danos nas laterais e perda da unha.

Algumas dessas atitudes você pode adicionar ao seu cotidiano, outras são cuidados a mais que você pode incluir no tratamento e fortalecimento das suas unhas com a finalidade de impedir a unha encravada. Veja mais a seguir.

O que pode encravar as unhas?

Como eu havia dito, uma infinidade de fatores pode causar a unha encravada, desde uma simples batida até uma má formação. Acredite, ninguém está livre da unha encravada.

Acredito que muitos, em algum momento, vão acabar passando por isso, então é impossível afirmar que ninguém saiba o que é andar por aí sentindo uma dor enjoativa no dedo do pá, ou até da mão.

Mas, qual o motivo que faz as unhas encravar? Quem usa sapato apertado tem maior propensão a desenvolver essa condição. Já que os dedos dos pés estão tão apertados que leva as unhas a um crescimento anormal.

Muitas vezes as fazendo crescer de forma a adentrar a lateral do dedo, na carne. Outro fator para o surgimento da unha encravada é a malformação, pessoas que têm problemas na parte dos dedos, ou têm dedos muito pequenos ou muito grandes desproporcionais ao crescimento da unha.

Em muitas ocasiões, a unha cresce tanto para frente e para os lados que invade a carne. A falta de cuidados também pode gerar unhas encravadas, cortá-las de forma errada é um motivo bem comum.

Bater o dedo gera uma dor dupla, quando você bate e quando a unha, que pode ter se fragmentado na batida, passa a crescer de maneira errada, gerando a unha encravada.

Como evitar que a unha encrave?

Evitar a unha encravada é muito fácil e vai requisitar apenas um pouco da sua atenção todos os dias. A começar pela higiene. Unhas mal cuidadas podem vir a gerar esse tipo de problema. Você pode optar por deixá-las sempre bem hidratadas e nutridas.

Outra forma é excluir da sua vida os calçados apertados, sejam eles quais forem, opte pelos mais folgados para os dedos, além de serem mais confortáveis, eles vão influenciar também nas dores que você possa sentir nos pés.

O corte da unha é importante. Dependendo da forma como você a corta, pode gerar uma unha encravada bem dolorida. Para começar, você não deve exagerar na hora de cortar as unhas, sempre deve deixar um pedaço que fique rente a ponta do dedo.

Nunca corte curta demais a ponto de chegar a carne e nem os cantos, na hora de lixar, arredonde-a um pouco retirando essas pontas, isso não só ajudará sua unha a ficar mais forte como vai evitar que a ponta lateral adentre a carne e gere a unha encravada.

O que fazer quando a unha encravar?

Unha encravou? Não se preocupe, vamos dar um jeito nisso. Vamos primeiro identificar a condição, se não estiver inchado, avermelhado ou produzindo pus, então você está com sorte.

Casos iniciais da unha encravada podem ser facilmente tratadas em casa. Primeiro, mergulhe o pé em uma bacia, banheira ou qualquer recipiente que caiba os seus pés, em água morna por mais ou menos 20 minutos.

Feito isso, pegue uns pedaços de algodão e gaze e, com a ajuda de um alicate de unha, uma pinça ou o que tiver disponível, levante a ponta da unha que está causando o problema e adicione em baixo dele o pedaço de gaze. Faça isso todo dia até a unha crescer.

Isso deve resolver o problema por hora. Agora, se o seu dedo começar a inflamar, é hora de buscar um profissional da saúde e resolver esse problema. Dependendo do caso, o profissional vai indicar diferentes tratamentos, como medicação e em casos mais graves, cirurgia.

Gostou dessas dicas? Se sim, compartilhe com seus familiares e amigos, e também em suas redes sociais. Receba conteúdo gratuito, diariamente, e siga-nos no Google News.