Controle de pragas com CO2 minimiza uso de agrotóxicos e produtos químico

Solução garante um resultado mais saudável e sustentável para o processo de armazenagem e transporte dos grão

Segundo pesquisas, os brasileiros consomem, em média, cinco litros de agrotóxicos por ano. Estes produtos são utilizados para proteger as plantas da ação das doenças e das pragas,  

como toxinas produzidas por fungos e bactérias que estão presentes naturalmente em cereais, legumes e frutas. Se utilizados conforme a recomendação dos fabricantes, os agrotóxicos são seguros.

Porém, após a aplicação destes defensivos agrícolas, é possível que permaneçam alguns resíduos. 

A legislação brasileira estabelece o Limite Máximo de Resíduos (LMR) em alimentos, levando em conta a quantidade de ingestão diária aceitável, acumulada por toda a vida, que não oferece riscos para a saúde humana. 

As regras são fiscalizadas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e estabelecem a Dose de Referência Aguda (DRA), que é a quantidade de resíduos de agrotóxicos que pode ser consumida por uma pessoa em um período de 24 horas sem prejudicar a sua saúde. 

Gostou? confira mais: