Recuperação judicial no agro: instrumento permite continuidade do negócio

Embora venha apresentando certo crescimento, esse recurso é ainda pouco conhecido no segmento

A quebra de safra causada pelas mudanças climáticas e o contexto mundial de guerra provocando a alta dos custos de produção assustam o agronegócio.

A aderência do segmento à recuperação judicial tem apresentado um crescimento tímido, porém já preocupa os credores.

Contudo, o instrumento é apontando como positivo por poder salvar o negócio.

Os casos mais comuns de necessidade de recuperação judicial de empresas do agronegócio observados no Brasil se referem principalmente aos impactos da economia nacional e mundial,

reitera a advogada Thaís Rodrigues, do escritório MBT Advogados.

Gostou? confira mais: