Como o Brasil pode diminuir sua posição no ranking de sustentabilidade mundial?

Nos dias atuais muito se fala sobre sustentabilidade, e quão é importante que cada um dos indivíduos assuma uma postura cada vez mais sustentável para si, para que como consequência toda sociedade seja beneficiada.

Mesmo com toda essa comunicação ao redor desta prática e da palavra, mesmo assim, não são todas as pessoas que compreendem o que é sustentabilidade e qual a sua importância.

A sustentabilidade é um dos principais pilares que garantem a sobrevivência da raça humana como um todo, sendo ela, uma das palavras mais importantes da atualidade, afinal, assegura a existência de todo o ecossistema como nós conhecemos, sendo assim, há sempre muito debate, estudo e buscar por melhores e mais sustentáveis práticas.

O conceito como é cunhado é extremamente aberto e ele pode ser aplicado nas mais diversas áreas do dia a dia, de modo que gere grandes impactos na vida cotidiana.

Uma coisa é certa, o modo como nossa espécie está lidando com o planeta é insustentável, há muito se fala que é preciso tomar medidas drásticas para que a situação não se torne irreversível, porém, nada ou quase nada foi feito, e por mais que a maioria das pessoas não perceba, já estamos trilhando caminho que não há mais volta, ou seja, só nos resta tomar medidas para amenizar os danos.

Por mais que na maioria das vezes as pessoas se refiram aos problemas de sustentabilidade, como poluição e aumento da temperatura como eventos futuros,  os efeitos da má gestão e das mudanças já podem ser sentidos e se agravam ano após ano.

O que é sustentabilidade

Como já foi dito, o conceito pode ser até mesmo um pouco vago, principalmente graças a sua pluralidade, que pode possuir em uma mesma empregabilidade diversos outros sentidos,  porém de um modo geral, a palavra sustentabilidade deve significar ou pode ser traduzida como habilidade de atender às demandas da sociedade atual sem que isso gere impactos negativos na vida ou na sociedade futura.

A origem da palavra vem do latim “sustentare” que significa algo como suportar ou manter, sendo remetida imediatamente ao fato de manter algo em bom estado ou na sua forma original através do tempo, mesmo que ocorra interferências externas sobre o objeto alvo da sustentabilidade.

Em palavras mais simples, se refere a capacidade que algo possui de ser utilizado e prover o que tem de ser proporcionado que sofra danos ou problemas superiores ao que é proposto.

No contexto atual a palavra é empregada relacionada aos recursos naturais do planeta, de modo que é empregada para conscientizar a população para que haja sempre a utilização consciente.

Ou seja, os recursos devem ser sim, utilizados pelas gerações atuais, mas com a consciência que não somos e nem seremos os únicos a necessitar do item em questão.

A sustentabilidade pode ser muito bem empregada no quesito dos minérios que exploramos há séculos como cobre, ferro e ouro indo também para questões mais delicadas como o combustível fóssil que é derivado do petróleo, que possui uma quantidade finita e a cada dia que se passa ele é mais e mais extraído, sendo utilizado por todos os cidadãos, desde um simples processo de usinagem, até movimentar o carro para nos deslocarmos no planeta, ou até mesmo, utilizado para alimentar os aparelhos mais essenciais para a sociedade.

As boas práticas relacionadas à sustentabilidade se fazem ainda mais necessárias quando levamos em questão os recursos mais básicos e indispensáveis como alimentos, solos férteis, fauna, flora ou até mesmo o item mais necessário para a existência da água.

Como o Brasil pode se tornar mais sustentável

O Brasil por ser um dos países mais relevantes no cenário mundial, faz-se necessário que haja uma grande consciência por parte dos cidadãos e das autoridades do país, para que sejam implementadas as melhores medidas buscando estar de acordo com a sustentabilidade.

O país pode se tornar muito mais sustentável de maneira rápida e simples apenas controlando algumas esferas da vida cotidiana de seus cidadãos ou até mesmo investindo mais para que faça valer as legislações presentes que já são muito precisas e restritivas.

Desmatamento

Nos últimos anos muito se fala sobre a questão do desmatamento e das queimadas que são cada vez mais frequentes e devastadoras, apenas no ano de 2021, as queimadas foram noticiadas no mundo todo, pois saiu completamente do controle e devastou grande parte do pantanal, de modo que a fumaça escureceu completamente o centro da cidade de São Paulo a milhares de quilômetros de distância.

Os prejuízos naturais não se concentram apenas na região centro-oeste,  o desmatamento por mais que seja o foco da sustentabilidade brasileira e existam diversas leis e regras que o proíbe, na realidade, ele é o que mais prejudica, principalmente na região norte, onde a fiscalização é menor, dados apontam que o desmatamento mais que dobrou nos últimos anos.