Economia circular
Economia circular / foto: Envato

Comprar dispositivos recondicionados como novos a preços acessíveis está se espalhando pelo mundo. Os aparelhos usados e remoldados vêm ganhando mercado, já que são opções mais econômicas para os consumidores. Em 2021, o mercado de smartphones reformados registrou um crescimento de 15% e a previsão é testemunhar uma nova tendência de compras nos próximos anos.

O aumento dos preços dos smartphones está levando os consumidores para telefones reformados. Segundo pesquisas, a demanda por smartphones recondicionados vem crescendo e pode, em breve, superar a venda de novos aparelhos, já que o preço médio dos telefones continua a aumentar. Para Raúl Bustamante, gerente de comunicação e marketing da América Latina do eBay, é possível notar o interesse por itens usados pelo aumento de buscas por artigos reformados no site do comércio eletrônico. Desde o lançamento, em 2020, a categoria recondicionados, do eBay, cresceu mais de 150% no Brasil. Com o aumento do número de compras por itens recondicionados, a Companhia passou a adicionar novos produtos nas prateleiras do e-commerce.

Impacto positivo no meio ambiente

A obsolescência programada é real e faz com que os smartphones tenham durabilidade de cerca de dois anos, quando na verdade poderiam durar de 12 a 15 anos, sem contar que é um dos piores inimigos da natureza. Segundo Bustamante, a adesão em massa aos aparelhos pode gerar consequências no meio ambiente, portanto comprar tecnologia recondicionada não é apenas uma ótima maneira de economizar dinheiro, mas também é uma ótima iniciativa para a preservação do meio ambiente.

De acordo com o Relatório Recommerce, do eBay, além do valor, a sustentabilidade é outro motivador para comprar como novo. Cerca de 20% dos compradores disseram que a economia circular é a sua principal razão para comprar itens usados e 34% dos vendedores citaram a sustentabilidade como um dos principais motivos para participar do recommerce. Os artigos renovados disponíveis no site de comércio eletrônico variam, são os iPhones (mais comprados no Brasil durante o ano de 2022), iRobot Roomba, Apple Watch, Lenovo Chromebook, Samsung Galaxy, Laptop Dell, entre outros.

“O mundo de hoje enfrenta uma variedade de problemas ambientais e o nosso maior comprometimento é construir e incentivar um futuro mais sustentável. Na compra de produtos recondicionados, o consumidor está efetivamente contribuindo para uma economia circular, já que os equipamentos tecnológicos são reutilizados em vez de serem desperdiçados”, comenta Bustamante. Mais de 40 milhões de toneladas de aterros são causadas todos os anos por produtos tecnológicos descartados que poderiam ter sido reformados e vendidos novamente. Dessa forma, comprar produtos recondicionados em vez de optar por comprar novos contribui para a preservação do ecossistema, pois dá uma segunda vida a um produto que teria sido jogado em um aterro sanitário.

Empresa neutra em carbono, reduzindo as emissões para os escritórios e data centers e compensando a pegada de carbono restante em 2021, as metas do eBay incluem fornecer 100% de fornecimento de eletricidade a partir de fontes de energia renovável até 2025 para data centers controlados pela Companhia e escritórios, reduzindo 90% das emissões de carbono das operações até 2030. E até 2025, a meta de recommerce do eBay é criar US$20 bilhões em impactos econômicos positivos e evitar 7 milhões toneladas métricas de emissões de dióxido de carbono — o equivalente a tirar mais de 1,5 milhão de carros da estrada por um ano.

“Como nossos objetivos mostram, o recommerce não apenas mantém os objetos não utilizados fora dos aterros, ele também conserva energia, recursos e os custos de criação de novos itens de todo o ciclo da vida. Em suma, os consumidores ao redor do mundo reconhecem que o recommerce pode ser uma fonte potencial de grande renda com o benefício adicional de contribuir para um planeta mais verde”, explica Bustamante.