Energia eólica registra seu primeiro recorde geração instantânea do ano

Montante somou 14.167 MW, suficiente para atender 123,2% da demanda do Nordeste

A temporada dos ventos começou oficialmente e o monitoramento do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) indicou o primeiro recorde de geração eólica instantânea de 2022.

Os dados, em fase de validação pelos agentes, apontam que no dia 8 de julho, a fonte foi responsável por produzir 14.167MW de energia, sendo suficiente para atender todo o Nordeste, durante um minuto, e ainda sobrar mais de 23,2%.

A força do vento ainda ganha a companhia dos raios solares. Na terça-feira, dia 12, às 10h28, foi registrada a geração instantânea de 2.963MW, montante equivalente a 27,5% da demanda de todo o subsistema Nordeste daquele minuto.