Presidente Lula Propõe Moeda Única para Transações Comerciais entre Países do Brics e Critica Modelos de Financiamento Globais

Em um pronunciamento proferido na sessão plenária ampliada da XV Cúpula dos Brics, realizada nesta quarta-feira (23), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva apresentou uma proposta ousada visando fortalecer a cooperação econômica entre os países do bloco. Lula defendeu a criação de uma moeda única destinada a transações comerciais entre os integrantes do grupo, que inclui Brasil, China, Índia, Rússia e África do Sul, esta última sendo a nação anfitriã do evento.

“Com a implementação de uma moeda dedicada às transações comerciais e investimentos entre os membros do Brics, estaremos ampliando nossas capacidades de pagamento e, ao mesmo tempo, reduzindo as vulnerabilidades que afetam nossas economias”, declarou Lula durante seu discurso na plenária.

O presidente também destacou a crescente importância do bloco, ressaltando que o interesse de outras nações em se unir ao Brics evidencia a relevância internacional que o grupo tem adquirido ao longo do tempo.

Além da proposta da moeda única, Lula abordou a questão dos financiamentos globais, criticando os modelos atuais por seu impacto prejudicial sobre as nações em desenvolvimento. Ele enfatizou o papel do Novo Banco de Desenvolvimento (NDB) do Brics em oferecer alternativas de financiamento mais alinhadas com as necessidades dos países do Sul.

“É inaceitável que os países em desenvolvimento sejam sobrecarregados com taxas de juros até oito vezes superiores às aplicadas às nações ricas. Urge aumentar a liquidez, expandir o financiamento com concessões e eliminar as condições restritivas. O sistema multilateral de comércio precisa ser revitalizado para servir novamente como uma ferramenta a favor do comércio justo, equitativo, previsível e sem discriminações. A transição para economias mais sustentáveis deve ser acompanhada pela criação de empregos dignos, estímulo à industrialização, adoção de infraestruturas verdes e garantia de serviços públicos acessíveis a todos”, sublinhou o presidente.

O pronunciamento de Lula na cúpula do Brics não apenas trouxe à tona propostas inovadoras para o fortalecimento econômico dos países do bloco, mas também evidenciou a urgência de revisar os paradigmas de financiamento global, buscando um cenário mais equitativo e colaborativo entre nações desenvolvidas e em desenvolvimento.

Nesse sentido, a presença do presidente brasileiro na cúpula ressalta a busca por soluções criativas e integradoras, destacando a importância do Brics como uma força impulsionadora de mudanças positivas no cenário econômico global.

Artigo anteriorPresidente Lula Cobre Maior Financiamento de Países Ricos para Combate à Crise Climática, durante Cúpula do BRICS
Próximo artigoIncra Estabelece Projeto de Assentamento Cícero Guedes em Área Histórica de Campos Goytacazes, RJ
Avatar
Para falar conosco basta enviar um e-mail para redacaomeioambienterio@gmail.com ou através do nosso whatsapp 021 989 39 9273.