Telha Ecológica: vantagens e desvantagens

Telha Ecológica

Telha ecológica são aquelas fabricadas com materiais reciclados, como fibra de papel ou natural, e esse tipo de telha pode ser utilizado em coberturas de residências, barracões, galpões e em canteiros de obras.

Com o avanço tecnológico, estão surgindo cada vez mais opções para criar um telhado que seja ecológico e seguro. Por isso, este artigo tem o objetivo de evidenciar quais são elas.

Sabe-se que o telhado ecológico é diferente do telhas aço zincado, pois o ecológico é feito de materiais recicláveis, enquanto o telhado de aço zincado é feito com materiais do tipo aço.

Os chamados telhados ecológicos, ou telhados verdes, são estruturas que estão se tornando cada vez mais populares entre moradores e empresas que se importam com o problema da sustentabilidade e preservação do meio ambiente.

Entretanto, claro, nem tudo se resume a apenas qualidades, como uma clínica veterinária para aves. Se uma pessoa pensa em investir em uma estrutura de telhado deste estilo, há vários contrapontos que podem existir no caminho.

Finalidade desse tipo de telha

Telhas ecológicas são aquelas feitas com material reciclado, como a fibra de papel ou outros materiais que vão ser mencionados, inclusive, todos naturais. Elas podem ser usadas em vários tipos de ocasiões e lugares, como residências e canteiros.

A telha de PVC branca, por exemplo, é muito utilizada por conta da sua durabilidade e que retém calor solar, o que, para lugares frios, é muito bom para esquentar o interior da casa ou empresa.

A telha ecológica foi pensada para suprir uma necessidade muito urgente do setor de construção civil, que é a diminuição da geração de resíduos prejudiciais e emissão de gases poluentes. Esse setor tentou encontrar uma forma para diminuir esse problema e ela veio.

De acordo com um estudo feito pela Abrecon, que é a Associação Brasileira para Reciclagem de Resíduos da Construção Civil, são produzidas diariamente 290,5 mil toneladas de resíduos de construção e só 0,6% do material é reciclado.

Diante deste cenário preocupante, a utilização de telha ecológica com materiais descartados é um grande passo muito importante para redução do impacto da construção civil ao meio ambiente.

O telhado ecológico, vai substituir, por exemplo, o telhado de isopor, pois se esse material cair na natureza marítima, pode causar sérios problemas para os animais aquáticos. A solução do telhado ecológico é eficaz em vários sentidos, principalmente os sustentáveis.

Há inúmeros materiais utilizados na produção de telhas ecológicas e é importante entender um pouco mais sobre eles, e como são comparados aos materiais usados habitualmente no meio da construção civil.

Na construção civil, é comum se usar concreto estrutural avançado e outros materiais, como os que serão citados a seguir.

Os tubos de pasta de dentes são feitos de polietileno de baixa densidade, este material pode até ser utilizado para criar as telhas, e as telhas produzidas com base de tubo de pasta de dente são 75% polietileno de baixa densidade

Um outro material reciclado que tem características muito boas quando aplicado para fabricação de telhas, é a famosa garrafa pet. Esse tipo de garrafa, inclusive, já é bem utilizada dentro de outras coisas para produção de luminárias e sistemas de aquecimento.

A telha de pet, além de deixar o telhado leve, comumente é encontrada por um custo bem mais baixo do que as convencionais que são de barro e amianto. É possível achar telhas de pet em diferentes cores, assim como escolher um estilo de espelho.

Outro grande destaque nas telhas ecológicas, é a telha de fibra vegetal, utilizada como matéria-prima principal da fibra da celulose. Essa espécie de telha não tem amianto, e a celulose é obtida de várias formas, uma delas com papel reciclado.

As telhas são impermeabilizadas com o betume e, posteriormente, recebem uma resina especial para serem protegidas contra os raios UV, além de impedirem a escamação da superfície.

As chamadas telhas ecológicas preenchem uma demanda muito importante do mercado de construção civil, o controle de temperatura do ambiente, e o fato de os materiais recicláveis serem bem aproveitados .

Esses são fatores que enriquecem a telha ecológica como opção moderna para as construções futuras.

Como foi visto, as telhas ecológicas não mostram muitas restrições de utilização, mas é muito importante procurar profissionais qualificados para que eles ajudem na tomada de decisão quanto a selecionar o tipo de telha ecológica mais adequado.

5 materiais utilizados nas telhas ecológicas

A telha ecológica pode ser feita de diferentes materiais, desde as garrafas pet, até embalagens cartonadas de alimentos. E, com o avanço dos estudos e da tecnologia, são produzidas cada vez mais telhas ecológicas com novos tipos de materiais, como:

  1. Embalagens cartonadas;
  2. Fibras vegetais;
  3. Fibras de coco;
  4. Plásticos reciclados;
  5. Fibra de eucalipto.

Em seguida, será detalhado mais a fundo a respeito desses cinco materiais utilizados na fabricação de telhas ecológicas.

1. Embalagens cartonadas

As telhas de embalagens de papelão já são utilizadas na construção civil há alguns bons anos, em projetos envolvendo habitações sociais e por empresas do setor que promovem a chamada arquitetura sustentável. São produzidas com alumínio, pet, polietileno e polin ylon.

2. Fibras vegetais

Este tipo de telha ecológica, assim como as telhas de embalagens cartonadas, já é muito comum na construção civil. A mais famosa do mercado é produzida com fibras vegetais e impermeabilizada com asfalto e resina termofixa.

A composição da cor no telhado é criada com pigmentos naturais e se torna bonita como um drywall para área externa de uma residência.

3. Fibras de coco

Dois estudantes de uma escola técnica de São Paulo construíram um bom projeto de telhas ecológicas que é bem interessante. O material é feito com embalagens de papelão e junto com a fibra de coco. A adição da fibra vegetal vem para ser um isolante acústico.

Essa telha ecológica ainda não foi comercializada, mas vale muito destacar o projeto para que se perceba como há várias escolhas de materiais que devem contribuir para o meio ambiente.

4. Plásticos reciclados

Há também no mercado as telhas ecológicas de plástico reciclado, que são produzidas com materiais geralmente doados por empresas ou são comprados de cooperativas que fazem esse tipo de reciclagem.

5. Fibra de eucalipto

Com a proibição da comercialização do amianto no Brasil, em 2018, alguns pesquisadores em Lavras, Minas Gerais, começaram a buscar uma nova escolha mais sustentável para fabricar as telhas.

Após alguns estudos, eles descobriram que a fibra de eucalipto, misturada ao calcário e junto ao cimento, apresenta muita resistência.

E, segundo os pesquisadores, a telha ecológica de fibra de eucalipto utiliza menos água em sua fabricação, transformando-se em uma escolha sustentável.

Na produção de telhas de eucalipto, a água se refere a 40% da massa de cimento. No processo normal, é preciso o dobro dessa quantidade.

Vantagens e desvantagens do telhado ecológico

Já foram destacados vários aspectos envolvendo os telhados ecológicos, mas também é preciso tratar de pontos mais voltados aos prós e contras da utilização desse tipo de telhado. Algumas das vantagens podem ser:

Sustentabilidade

As telhas ecológicas possuem muitos materiais reciclados, ajudando, assim, com a diminuição de entulhos, reciclagem do lixo e a preservação do meio ambiente.

Em um exemplo prático, a utilização da telha ecológica diminui o uso de água e madeira. Como consequência, há também uma redução de custo na obra.

Redução de custos

As telhas ecológicas diminuem o uso de alguns materiais comuns na construção de coberturas, como a madeira, água e o concreto.

Porém a economia da telha ecológica vai muito além disso. Como se trata de um material muito menos pesado do que as telhas de cerâmica e barro, seu transporte é muito mais facilitado, o que vai evitar quebras durante o deslocamento.

E, também, a instalação de um telhado ecológico pode muito bem ser feita por equipes menores, o que vai reduzir os custos com a mão de obra de acordo com o tamanho da construção.

Segurança e resistência

Mesmo sendo um material mais leve, a telha ecológica mostra bastante resistência à quedas de objetos, goteiras, entre outras coisas. No entanto, para garantir a firmeza de um telhado ecológico, é fundamental ter alguns cuidados na instalação.

É essencial guiar-se pelas recomendações do fabricante referente aos materiais, a inclinação do telhado e os locais para perfuração. 

Visto isso, também é importante salientar as possíveis desvantagens para evitar que se cometa um erro ao optar pelas telhas ecológicas. Elas podem ser:

Necessidade de mão de obra especializada

A telha ecológica tem propriedades que exigem muitos cuidados, como a inclinação diferenciada, o peso e o espaçamento exatamente perfeito. Por esse motivo, é muito necessário contratar mão de obra profissional e especializada.

Estética que não agrada os clientes

Alguns materiais utilizados em telhas ecológicas acabam criando uma estética que não agrada muito os consumidores. Então, como não há tantas referências desse tipo de telhado, as pessoas escolhem outros telhados mais comuns.

Mas, dependendo da casa, a cobertura pode ficar esteticamente agradável. Em uma residência para idoso pode ficar muito bonito, visto que idosos, normalmente, gostam de deixar as coisas simples.

Considerações finais

O artigo apresentou várias vantagens e desvantagens de ter um telhado ecológico, e também mostrou quais são os materiais usados na construção dessas telhas.

Então, sabendo de todos esses detalhes, fica a critério de cada indivíduo a análise para decidir se esse tipo de telha será funcional para determinados objetivos.

No entanto, vale a pena lembrar-se que as telhas ecológicas trazem sustentabilidade e ajudam o planeta, além de que o investimento não pesa muito no bolso.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.