X-66: saiba tudo o que envolve a produção da aeronave sustentável

aeronave sustentável
aeronave sustentável

Saiba mais sobre a nova aeronave da NASA e veja como fazer uma viagem sustentável

 

A NASA e a Boeing deram início à primeira etapa de produção do X-66, o pioneiro avião do “Projeto X” dedicado à meta de zerar emissões até 2050. A equipe de desenvolvimento já está imersa na criação de visualizações que ilustram o avião “flutuando” acima das nuvens.

Exploraremos, neste artigo, a inovação no campo da aviação representada por essa aeronave e também como você pode aproveitar suas próximas viagens de forma sustentável, com passagens aéreas acessíveis.

A aeronave da NASA

Uma nova representação do X-66 exibe suas características distintivas: asas extralongas e finas estabilizadas por suportes diagonais, conhecidos como o conceito “Transonic Truss-Braced Wing”. Essa configuração, combinada a avanços em sistemas de propulsão, materiais e arquitetura de sistemas, promete reduzir o consumo de combustível em até 30% e diminuir as emissões em comparação com os melhores aviões atuais.

A Boeing e a NASA uniram-se no “Projeto Demonstrador de Voo Sustentável” para construir, testar e voar um avião demonstrador X-66 em tamanho real. O objetivo é desenvolver uma nova geração de aeronaves sustentáveis de corredor único, fundamentais para as companhias aéreas de passageiros em todo o mundo.

Cinco grandes companhias aéreas americanas, além da NASA, estão colaborando no desenvolvimento do X-66A, fornecendo à fabricante de aeronaves informações práticas. Alaska Airlines, American Airlines, Delta Air Lines, Southwest Airlines e United Airlines se associaram ao projeto para oferecer sugestões sobre operações em aeroportos, manutenção e características de voo.

Para isso, pilotos dessas companhias aéreas participarão de simulações para experimentar a experiência de voar com o X-66A. Prevê-se que os primeiros testes com o X-66A ocorram entre 2028 e 2029, partindo da Base da Força Aérea de Edwards.

O que é fazer uma viagem sustentável?

Fazer uma viagem sustentável significa viajar de forma consciente, minimizando o impacto negativo no meio ambiente e na comunidade local. Isso envolve escolher opções de transporte eco-friendly, hospedar-se em acomodações sustentáveis, adotar hábitos que reduzam o consumo e o desperdício, e respeitar a cultura local. Essas práticas promovem o desenvolvimento sustentável dos destinos visitados e contribuem para a preservação dos recursos naturais.

3 dicas para focar em uma viagem sustentável

Viajar de forma sustentável é uma maneira importante de reduzir nosso impacto ambiental e contribuir para a preservação do planeta. Aqui, estão três dicas principais para fazer uma viagem sustentável:

Escolha meios de transporte sustentáveis

Escolha meios de transporte que causem menos impacto ambiental, como ônibus, trens ou carros elétricos, sempre que possível. Essas opções geralmente emitem menos gases de efeito estufa do que os voos de avião ou viagens de carro utilizando combustíveis fósseis. Quando voar for inevitável, prefira voos diretos, pois eles consomem menos combustível do que voos com escalas.

Hospedagem consciente

Escolha acomodações que tenham práticas sustentáveis, como hotéis que usem energia renovável, reciclem seus resíduos, ofereçam opções de reutilização de toalhas e lençóis, e evitem o desperdício de água. Considere também hospedagens alternativas, como aluguel de casas ou apartamentos, que podem ter impacto ambiental menor do que grandes hotéis.

Reduza o consumo e o desperdício

Durante sua viagem, procure reduzir o consumo de recursos naturais e evite o desperdício sempre que possível. Leve consigo uma garrafa de água reutilizável e recarregável, evitando o uso de garrafas plásticas descartáveis. Opte por refeições em restaurantes que sirvam alimentos locais e orgânicos, apoiando a economia local e reduzindo a pegada de carbono associada ao transporte de alimentos.

Encontrando passagens baratas e sustentáveis

É perfeitamente viável encontrar passagens aéreas com preços acessíveis sem comprometer os princípios de sustentabilidade. Abaixo, compartilhamos algumas estratégias que não só ajudarão você a economizar, mas também a adotar práticas mais conscientes ao planejar suas viagens:

Opte por voos diretos

Escolha voos diretos sempre que possível. Voos com escalas ou conexões adicionam mais emissões de carbono devido aos desembarques e decolagens adicionais. Além disso, voos diretos geralmente consomem menos combustível do que voos com múltiplas paradas.

Compense suas emissões de carbono

Muitas companhias aéreas oferecem a opção de compensar suas emissões de carbono ao comprar passagens aéreas. Esses programas de compensação de carbono financiam projetos de energia renovável ou conservação de carbono para compensar as emissões geradas pelos voos. Embora isso não reduza diretamente o custo das passagens, é uma maneira de tornar sua viagem mais sustentável.

Evite voos de baixo custo com taxas extras

Algumas companhias aéreas de baixo custo podem parecer oferecer passagens mais baratas, mas cobram taxas extras por serviços adicionais, como bagagem despachada, escolha de assento e alimentação a bordo. Certifique-se de considerar todas as taxas extras ao comparar os preços das passagens aéreas para garantir que esteja realmente economizando dinheiro.

Sem avaliações ainda
Avatar
Adriano Luz é fundador da Agência Digital Webtrends e responsável pela manutenção de portais de conteúdo como o Trendszone. Adora compartilhar conhecimento obtido ao longo de sua vivência nos últimos anos no mundo do Marketing e do Empreendedorismo.