Como tratar as varizes?

As varizes são veias dilatadas e tortuosas que aparecem nas pernas e nos pés, causando dor, inchaço, cansaço e desconforto estético.

Elas podem ser causadas por fatores genéticos, hormonais, obesidade, gravidez, sedentarismo, uso de anticoncepcionais ou tabagismo.

As varizes também podem ser agravadas pela falta de exercício físico, pelo uso de roupas apertadas ou pelo hábito de ficar muito tempo em pé ou sentado.

Com isso, elas podem trazer complicações para a saúde, como trombose, úlceras, infecções ou hemorragias.

Por isso, é importante procurar um médico angiologista ou cirurgião vascular para fazer um diagnóstico e um tratamento adequados.

Existem diversos tipos de tratamentos para as varizes, que podem ser cirúrgicos ou não cirúrgicos, dependendo do grau, da localização e da extensão das veias afetadas.

Neste texto, vamos apresentar 6 melhores tratamentos para as varizes que podem te ajudar a aliviar os sintomas e a melhorar a aparência das suas pernas.

Confira!

Tratamentos cirúrgicos

Os tratamentos cirúrgicos são indicados para as varizes de maior calibre ou que causam mais sintomas ou complicações.

Eles consistem na remoção das veias doentes por meio de pequenas incisões na pele ou de cateteres inseridos nas veias.

Os principais tipos de tratamentos cirúrgicos são:

Cirurgia convencional

A cirurgia convencional é o método mais antigo e mais utilizado para o tratamento das varizes.

Nesse processo é feita a retirada das veias safenas (as principais veias superficiais das pernas).

E das suas colaterais (as veias que se comunicam com as safenas) por meio de pequenos cortes na pele.

A cirurgia é feita sob anestesia geral ou raquidiana e requer internação hospitalar e repouso pós-operatório.

A cirurgia convencional é eficaz para eliminar as varizes, mas pode causar alguns efeitos colaterais, como dor, inchaço, hematomas, infecção, sangramento ou trombose.

Laser endovenoso

O laser endovenoso é um método mais moderno e menos invasivo para o tratamento das varizes.

Aqui é feita a introdução de um cateter com uma fibra óptica na veia safena por meio de uma punção na pele.

A fibra óptica emite uma luz laser que aquece e fecha a veia doente por dentro, impedindo a passagem do sangue.

A cirurgia é feita sob anestesia local e não requer internação hospitalar nem repouso pós-operatório.

Radiofrequência

A radiofrequência é um método semelhante ao laser endovenoso, mas utiliza ondas de rádio em vez de luz laser para fechar as veias doentes por dentro.

O procedimento é feito da mesma forma, com a introdução de um cateter com um eletrodo na veia safena por meio de uma punção na pele.

O eletrodo emite ondas de rádio que aquecem e selam a veia doente, impedindo a passagem do sangue.

A cirurgia é feita sob anestesia local e não requer internação hospitalar nem repouso pós-operatório.

Tratamentos não cirúrgicos

Os tratamentos não cirúrgicos são indicados para as varizes de menor calibre ou que causam menos sintomas ou complicações.

Eles consistem na aplicação de substâncias ou de energia nas veias doentes por meio de agulhas ou de aparelhos externos.

Os principais tipos de tratamentos não cirúrgicos são:

Escleroterapia

A escleroterapia é o método mais comum e mais antigo para o tratamento das varizes.

Ela consiste na aplicação de uma substância esclerosante (como glicose, polidocanol ou espuma) na veia doente por meio de uma agulha fina.

A substância esclerosante provoca uma reação inflamatória na parede da veia, fazendo com que ela se contraia e se feche, impedindo a passagem do sangue.

A escleroterapia é eficaz para eliminar as varizes e apresentar efeitos colaterais, como dor, inchaço, vermelhidão, coceira, manchas ou alergia na pele.

Laser transdérmico

O laser transdérmico é um método mais moderno e menos invasivo para o tratamento das varizes.

Aqui é feita a aplicação de uma luz laser na pele sobre a veia doente por meio de um aparelho externo.

A luz laser penetra na pele e atinge a veia, aquecendo e fechando a veia doente por fora, impedindo a passagem do sangue.

Remédios

O tratamento com remédios para as varizes pode ser feito com medicamentos de farmácia ou com remédios naturais e caseiros.

Esses remédios, como os da linha Varicell, ajudam a diminuir a dilatação e aumentar o tônus dos vasos sanguíneos.

Melhorando a circulação e diminuindo os sintomas associados à doença, como dor, inchaço ou o aparecimento de úlceras.

Os remédios naturais e caseiros podem ajudar a reduzir os sintomas causados pela má circulação.

E contêm geralmente extratos de plantas que melhoram a circulação sanguínea e reduzem o inchaço nas pernas, como a videira vermelha, a centella asiática ou a castanha da índia.

Além disso, existem também algumas receitas caseiras que podem ser feitas em casa, como tomar chá de castanha da índia ou aplicar extrato de hamamélis na pele.

O tratamento com remédios para as varizes deve ser orientado pelo médico, que pode indicar a dose, a forma e a duração mais adequadas para cada caso.

Jamais utilize qualquer método sem a orientação de um médico, mesmo que sejam caseiros.

Os remédios podem ajudar a aliviar os sintomas e a melhorar a aparência das varizes, mas não eliminam as veias doentes.

Por isso, eles devem ser usados em conjunto com outras medidas, como o uso de meias de compressão, os cuidados com a pele e os hábitos saudáveis.

Recidiva das varizes

É importante ressaltar que infelizmente nenhum tratamento para as varizes é definitivo ou garante que elas não voltem a aparecer.

Isso porque as varizes são causadas por fatores genéticos e ambientais que podem persistir ou se modificar ao longo da vida.

Por isso, é possível que as varizes apareçam em outras veias ou nas mesmas veias que foram tratadas.

Para evitar ou retardar a recidiva das varizes, é preciso adotar hábitos saudáveis.

Como praticar exercícios físicos, manter o peso ideal, evitar o uso de roupas apertadas e elevar as pernas sempre que possível.

Também é recomendado fazer um acompanhamento médico regular e realizar exames de imagem para avaliar a circulação sanguínea nas pernas e nos pés.

Além disso, cada tratamento tem seus efeitos colaterais.

Conclusão

Os tratamentos para as varizes podem melhorar a circulação sanguínea nas pernas e nos pés, aliviar os sintomas e melhorar a aparência das varizes.

Existem diversos tipos de tratamentos, que podem ser cirúrgicos ou não cirúrgicos, dependendo do caso.

O mais importante é consultar um médico especialista para fazer um diagnóstico e uma indicação adequados.

Não se esqueça também de adotar hábitos saudáveis, como praticar exercícios físicos, manter o peso ideal, evitar o uso de roupas apertadas e elevar as pernas sempre que possível.

Artigo anteriorVitaminas para o cabelo: quando tomar?
Próximo artigoPor que comer proteínas? Veja as vantagens
Avatar
Estudante de marketing, redatora freelancer e fã de SEO. Amante da comunicação e de ajudar o público a ler boas matérias! E-mail: redatora.paula@gmail.com