Mulher está no celular, sem erguer os olhos para a foto
Crédito: iStock

A App Annie, empresa voltada para a análise de mercado digital, fez um estudo recentemente apontando que, dos 17 países analisados, o Brasil é o país que tem maior destaque no uso de aparelhos celulares, conforme dados coletados das lojas online iOS App Store, Google Play, entre outras, informando também que os brasileiros acessam os seus aparelhos em uma média diária de 5,4 horas em 2021 – vale destacar que a média diária mundial está em torno de 4,48 horas diárias diante da tela do celular. Isso representa um crescimento, visto que, em 2019, o tempo era de 4,1 horas diárias; em 2020, representava 5,2 horas diárias; informações que supõem as medidas restritivas em razão da pandemia do COVID-19, proporcionando às pessoas um maior tempo em casa, como as atividades em home office. Dessa forma, pode-se concluir que a maioria da população brasileira passa um terço do seu tempo conectada, considerando um período de repouso de 8 horas diárias.

Nota-se também que o uso de tablets e smartphones teve um aumento de 50% nesse período pandêmico, com acesso a diferentes tipos de aplicativos, incluindo as redes sociais e os jogos online. Comparando com os dados dos demais países pesquisados, o Brasil compara-se à Indonésia, já que sua população utiliza o celular em uma média diária de 5,3 horas. Outra observação interessante é quanto aos aplicativos acessados, despontando os das redes sociais Facebook, Twitter e Instagram, mas, sem dúvida, o TikTok supera o número de acessos, inclusive pela possibilidade de renda oferecida pelo mesmo.

Aplicativos relacionados a finanças também são bastante acessados pelos brasileiros, além de aplicativos de jogos na versão mobile, como League of Legends, Fortnite e o famoso Free Fire. Outro destaque são os acessos no YouTube, tanto para a criação de canais de  vídeos, quanto para a busca de informações. Com isso, a busca em adquirir smartphones com mais recursos se faz necessária. Há uma década, não se imaginava que fosse possível ter uma renda financeira apenas com a gravação e divulgação de vídeos para internet, como aulas de artesanato, marcenaria, culinária ou até mesmo como trocar um pneu, sem contar que situações inusitadas como seu gato espiando na janela ou seu irmão cantando no chuveiro seriam divulgados e muito vistos no YouTube ou no TikTok.

Com o avanço tecnológico cada dia mais veloz, se faz necessário um aparelho celular com diferentes recursos, principalmente com capacidade de armazenamento de aplicativos de alta qualidade, tanto é que eles podem ser adquiridos de diversas formas, desde a compra em um e-commerce até mesmo em um leilão de celulares, sempre com a garantia do aparelho e do processo de compra e venda. Enfim, seja para sua diversão, seja para ter uma fonte de renda, procure assegurar-se sempre da confiabilidade na compra de um novo aparelho e no uso de aplicativos.

Gostou dessas dicas? Se sim, compartilhe com seus familiares e amigos, e também em suas redes sociais. Receba conteúdo gratuito, diariamente, e siga-nos no Google News.