Como fazer uma gestão patrimonial eficiente?

Muitas empresas e organizações têm o desafio de gerenciar seu patrimônio, que é formado por todos os bens materiais, financeiros e intelectuais. 

Esta tarefa pode ser difícil por usar ações para proteger esse patrimônio.

Uma vez que envolve a identificação dos ativos existentes, avaliação do risco potencial associado às suas operações e definição da melhor estratégia.

A gestão patrimonial vem justamente para solucionar este problema!

Ela consiste na análise detalhada dos elementos do patrimônio da organização com objetivo de maximizar seus benefícios. 

Neste artigo, iremos abordar o conceito de gestão patrimonial, suas vantagens e tipos. 

Acompanhe!

O que é gestão patrimonial?

O objetivo da gestão patrimonial é uma prática administrativa que se preocupa com o gerenciamento, controle e fiscalização de bens e direitos patrimoniais. 

Assim ela vai dimensionar, avaliar, registrar, controlar e monitorar os ativos patrimoniais de empresas e indivíduos.

Para garantir que todos os bens sejam usados ​​da melhor maneira possível para atender às necessidades da organização ou pessoa.

Com isso, ela pode ser considerada uma forma de gestão estratégica, pois se preocupa com a verificação e avaliação dos bens patrimoniais.

Visando garantir que os interessados estejam obtendo o máximo benefício deles. 

Esta prática também garante que sejam cumpridas todas as leis e regulamentos relacionados à gestão dos recursos patrimoniais.

Para que serve a Gestão Patrimonial?

A gestão patrimonial tem várias funções importantes. 

Ela cria mecanismos que possibilitam a avaliação e monitoramento dos bens patrimoniais, assim como planejar seu uso de modo a gerar o máximo benefício para os interessados. 

Além disso, ela também possibilita a identificação de problemas e riscos potenciais para que eles possam ser evitados ou minimizados.

A gestão patrimonial também oferece uma visão mais ampla do patrimônio, possibilitando identificar oportunidades de investimento para maximizar os benefícios potenciais. 

E mais, ela pode ajudar na criação de estratégias que permitam maior flexibilidade e controle dos recursos patrimoniais.

Tipos de Gestão Patrimonial

Agora que já sabemos o que é a gestão patrimonial e para que ela serve, vamos falar um pouco sobre os tipos de gestão patrimonial que existem. 

São eles:

#1 Bancos de Investimentos

Essa gestão realizada por bancos de investimentos se baseia no monitoramento e controle de todos os ativos de um portfólio, a fim de que este possa atingir a rentabilidade esperada. 

Os bancos de investimentos também oferecem um conjunto de serviços diversificados, como recursos tecnológicos.

Cada vez mais a tecnologia pode ser usada para auxiliar em todo o processo, desde a tecnologia jurídica para contratos até apoio nas análises de crédito.

Que abrangem, entre outros, assessoria no planejamento financeiro, alocação de ativos e operações de crédito.

É possível investir no mercado financeiro através de um banco, função que esses profissionais podem auxiliar nos processos e sanar dúvidas dos produtos.

Sendo essas ações que eventualmente podem ser corroboradas e complementadas com escritórios de contadores.

Utilizar os bancos de investimentos para realizar a gestão patrimonial se tornou super comum.

Principalmente com a popularização dos bancos digitais, que oferecem serviços ainda mais modernos e com taxas de administração bem menores.

#2 Wealth Management

O Wealth Management é uma área específica de gestão patrimonial que se concentra na administração de grandes fortunas. 

Ela se baseia no planejamento financeiro e estratégico de longo prazo não apenas do dinheiro, mas de todos os ativos da família ou indivíduo.

O objetivo é garantir que os bens patrimoniais sejam administrados corretamente para que a família ou indivíduo receba o máximo benefício possível. 

Este tipo de gestão patrimonial também se preocupa com a diversificação dos investimentos e planejamento estratégico para obter maior rentabilidade.

Os principais serviços oferecidos por este tipo de gestão patrimonial são a avaliação dos bens, a gestão de investimentos e o planejamento de longo prazo. 

Alguns profissionais também oferecem serviços adicionais, como assessoria jurídica e fiscal para garantir que todos os processos sejam executados de forma correta.

#3 Family Office

O Multi Family Office ou apenas Family Office é outro tipo de gestão patrimonial.

E ele oferece serviços personalizados e especializados para atender às necessidades financeiras de famílias. 

Estes serviços incluem a avaliação dos bens, planejamento financeiro e estratégico, gestão de investimentos, proteção patrimonial e assessoria fiscal.

O objetivo deste serviço é ajudar os familiares a obter o máximo benefício possível de seus bens patrimoniais e garantir que estes sejam devidamente administrados. 

Alguns Family Office também oferecem serviços de assessoria jurídica, alocação de ativos, planejamento sucessório, real state, fusões e aquisições.

Bem como orientações sobre questões de governança.

Apesar de serem serviços oferecidos a famílias, é possível contratar um Family Office para trabalhar com apenas uma pessoa. 

O que vai mudar são os escopo dos serviços e o preço que será cobrado.

Vantagens da Gestão Patrimonial

A gestão patrimonial oferece diversas vantagens para quem contrata os serviços. 

Algumas delas são:

Melhor alocação dos ativos: O profissional responsável pela gestão patrimonial ajuda na escolha dos melhores investimentos conforme o perfil do cliente.

Redução de custos: A gestão patrimonial ajuda na redução dos custos financeiros, pois as taxas cobradas são menores que os investimentos mais tradicionais.

Maior rentabilidade: Os profissionais responsáveis pela gestão patrimonial sabem identificar as melhores oportunidades de investimentos e alocar os recursos de forma mais assertiva.

Segurança jurídica: O profissional responsável pela gestão patrimonial ajuda na escolha dos melhores investimentos e orienta sobre aspectos legais para garantir que tudo seja feito dentro da lei.

Maior tranquilidade: A gestão patrimonial alivia a carga de tomar decisões financeiras e permite que o cliente tenha mais tranquilidade para focar em outras questões.

Como se pode ver, a gestão patrimonial oferece diversos benefícios para quem contrata este tipo de serviço. 

Por isso, cada vez mais pessoas e famílias estão optando por contratar profissionais para cuidar do patrimônio. 

Assim, garantem que seus bens patrimoniais sejam devidamente administrados e que possam obter o máximo benefício possível.

Se você estiver interessado em conhecer mais sobre este serviço, não hesite em procurar por profissionais especializados para te ajudar. 

Eles podem lhe dar as melhores orientações e assessorias sobre como administrar os seus bens patrimoniais da forma mais adequada possível.