O bebê está com dor de dente: onde entra o colar de âmbar?

Suas virtudes são transmitidas pela sabedoria popular há séculos, o “boom entre os pais” dos métodos naturais trouxe de volta à moda o colar de âmbar, ao qual estão associados muitos benefícios, principalmente para as crianças. Você deve dar um colar a um bebê quando está com dor de dente? Que precauções devem ser tomadas? Descubra o colar de âmbar em 6 perguntas.

O que é um colar de âmbar?

O âmbar é uma resina fossilizada de coníferas, cuja cor varia de acordo com a natureza do solo. Há milênios, o âmbar é creditado com muitos benefícios em contato com a pele, tanto que é comercializado em pulseiras, colares, para adultos e para crianças.

Quais são os benefícios do colar de âmbar?

O princípio: o fóssil emite íons negativos que, em contato com a pele, regulam a circulação de energia no corpo, afetam o humor e a qualidade da circulação sanguínea. 

Atribuímos também ao âmbar o poder de resolver as dificuldades para dormir, acalmar as ansiedades, tratar os problemas articulares, os reumatismos, mas também as afecções cutâneas ( eczema, psoríase…) Nas crianças, é especialmente famoso por suas virtudes calmantes contra a dor de dente.

O que há de errado com o colar de âmbar?

Além de suas virtudes não serem comprovadas cientificamente, o colar ambar é regularmente apontado por aqueles que acreditam que envolveria risco de estrangulamento, caso a criança o prenda inadvertidamente a um objeto, a um galho ou cabeceira. Em uma palavra: o colar gera polêmica porque colocaria em risco a segurança do bebê.

O que devemos pensar sobre o colar de âmbar?

Acidentes deste tipo permanecem, felizmente, muito raros, e ocorreram cerca de vinte anos atrás. Hoje, os fabricantes estão dobrando sua vigilância para garantir que os produtos destinados a bebês sejam seguros.

Como escolher o seu colar?

Prefira um modelo específico para bebês. Gola redonda reduz o risco de “agarrar-se” a um objeto. A linha deve ser fina o suficiente para poder quebrar; por outro lado, as pérolas devem ser separadas por nós de segurança, evitando que se dispersem (e possam ser engolidas pela criança) caso o colar se quebre. Prefira também pérolas redondas, menos irritantes para a pele do bebê. 

O bebê está com dor de dente: como usar um colar de âmbar?

A gola deve estar em contato com a pele: por isso não hesite em colocá-lo no body, pois também evitará que fique presa desta forma. Por precaução, retire o colar de ambar para bebe durante as sonecas e as noites: você pode então aproveitar para deixá-la carregar em íons negativas, colocando sobre uma mesa. Outra opção: amarrar no tornozelo do bebê, reduzindo qualquer risco que possa ocorrer. 

Gostou dessas dicas? Se sim, compartilhe com seus familiares e amigos, e também em suas redes sociais. Receba conteúdo gratuito, diariamente, e siga-nos no Google News.