Dicas para um panetone perfeito: Como fazer panetone?

Um panetone bem feito deixa qualquer Natal melhor. E não é preciso gastar muito dinheiro comprando a iguaria nos mercados, é possível alcançar em casa a mesma suculência e maciez das massas industrializadas.

Continue lendo para saber o que caracteriza um panetone perfeito e quais são os passos que devem ser seguidos para que não aconteça nenhum erro na execução da receita.

Como é o panetone perfeito?

O panetone é um pão doce muito aerado, macio e úmido. Ele só é perfeito se for leve e desmanchar na boca. Para isso, a massa deve ser feita com fermento biológico e precisa descansar por horas antes de assar.

Outra característica comum de um panetone bem executado é possuir uma quantidade equilibrada de gordura, suficiente para que ele fique molhadinho, mas sem pesar a massa e torná-la densa. Por esse motivos, pode ser difícil alcançar um panetone perfeito de primeira.

Dicas para um panetone perfeito

Apesar de ser uma receita complexa, fazer panetone pode ficar um pouco mais fácil seguindo as dicas a seguir.

Utilize uma balança de cozinha

Você pode até encontrar na internet uma receita mais “fácil”, em que as medidas sejam em xícaras e colheres. Porém, elas não são tão precisas, já que você pode acabar usando um utensílio que não tenha exatamente as mesmas dimensões do que as indicadas pela receita.

Para conseguir uma massa fofinha, mas não molenga e gordurosa, cada ingrediente precisa ser pesado em uma balança e as quantidades devem ser exatas.

Sove bem a massa

O que faz uma massa de panetone crescer é a utilização de fermento biológico, que são leveduras que formam bolhas de ar na massa ao se alimentarem dos outros ingredientes. As bolhas de oxigênio vão criar cavidades, aumentando o volume da receita e deixando-a menos densa.

A sova, que deve durar de 10 a 20 minutos, ajuda a espalhar as leveduras, deixando a massa mais uniforme e lisa. Ela também é essencial para produzir glúten, que vai reter o oxigênio formado na fermentação.

Não exagere no recheio

O excesso de frutas cristalizadas ou de gotas de chocolates pode atrapalhar a formação de ar e, consequentemente, o crescimento da massa. Por isso, se fizer muita questão de colocar mais ingredientes no panetone, faça isso depois que ele for finalizado.

Enrole a massa no plástico filme

Outra etapa indispensável para fazer um panetone perfeito é deixar a massa descansar após sová-la. Ela deve ficar entre 3 e 5 horas fermentando. Para que o panetone não perca a umidade no processo, é só enrolá-lo em um plástico filme.

Pré-aqueça o forno

Se quiser que a massa asse uniformemente, você deve pré-aquecer o forno por cerca de 30 minutos a 180 graus. Também não se esqueça de usar uma forma própria para panetone, produzida em papel kraft. Elas aguentam altas temperaturas, evitam que o pão agarre na forma e servem de suporte para guardá-lo

Deixe o panetone “morcegar”

Você costuma deixar o panetone morcegar? Quer dizer, você deixa o panetone esfriar de cabeça para baixo? Essa é uma etapa importante antes de servir a receita, pois faz com que o panetone endureça mantendo as bolhas de ar dentro dele. Deixá-lo esfriar na posição normal fará com que a gravidade condense a massa e ela murche.

A maior parte dos erros na produção de um panetone acontece porque a sua preparação inclui etapas que não são comuns a outras receitas. Mas, agora que você as conhece, dificilmente terá algum problema na realização da sobremesa. Deixe nos comentários se você já tentou fazer panetone e se deu certo.

Gostou? Então compartilhe esse conteúdo nas suas redes sociais!